Itabuna: tudo certo para o espetáculo “Paixão de Cristo”


O espetáculo teatral a “Paixão de Cristo”, um dos eventos religiosos promovidos pela Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC), já tem data marcada para acontecer. Com previsão para o dia 19 de abril, a encenação que revive a vida e morte de Jesus Cristo, conta com a coordenação do diretor de Turismo e produtor cultural, Ari Rodrigues, e direção geral, Marquinhos Nô.

Uma reunião entre a coordenação do espetáculo e elenco, realizada na última segunda-feira (11), no Teatro Zélia Lessa, teve como objetivo debater diversos assuntos em torno do evento, que este ano, terá algumas mudanças, segundo o presidente da FICC, Daniel Leão. Ele revelou que “por conta da interdição do Estádio Luiz Viana Filho”, o espetáculo foi transferido para a praça Camacan, centro de Itabuna.

O atual diretor de Turismo da FICC, Ari Rodrigues, ressaltou que a montagem promete trazer diversas novidades. “Toda encenação acontecerá no centro da praça Camacan, entretanto, teremos uma novidade, que ainda não podemos contar”, informou, enfatizando que será um grandioso evento e que o público se surpreenderá.

Diretor geral do espetáculo, Marquinhos Nô, avaliou o empenho e a entrega artística dos participantes como ponto positivo para o sucesso contínuo do evento. Nô observou, também, “que apesar da história já ser conhecida do público, a cada edição é preciso inovar.”

Cerca de 70 atores participarão da encenação, dentre eles, profissionais de Itabuna, Itapé, Itajuípe, Buerarema, Camacan, além dos alunos do curso de teatro da instituição. A cenografia do espetáculo está sob a responsabilidade do artista plástico, Diovani Tavares; produção executiva e assistência de direção, Eva Lima; texto e figurino, Marquinhos Nô.

 

 

Itapé: “Paixão de Cristo’ será encenada no dia 27


Itapeenses e visitantes têm um compromisso interessante. Trata-se do espetáculo “Paixão de Cristo”, que será apresentado na noite do dia 27 de março. O evento é realizado pela Prefeitura Municipal de Itapé, através da Diretoria de Cultura, em parceria com a Igreja Católica e Secretaria de Assistência Social, e o apoio do deputado estadual Carlos Robson Rodrigues da Silva (Robinho) do PP (Partido Progressista), e comercio local. A apresentação ficará a cargo do Grupo Jovens em Cristo.

PaixaoCRISTO

Ilhéus: Teatro apresenta Natal Musical Solidário, no dia 14 de dezembro


O Rotary Club de Ilhéus Jorge Amado, em parceria com a Secretaria de Cultura (Secult), promove a apresentação do espetáculo Natal Musical Solidário, no próximo dia 14 de dezembro, no Teatro Municipal, às 19h30min. O evento beneficente, em prol da Escola Dom Bosco, contará com a participação do pianista Márcio Thadeu e músicos da banda Salvador Jazz Quarteto. Além dessas atrações, também acontecerá as apresentações de duas peças teatrais “Fantasia Improviso”, de Chopin, e “Fantasia Triunfal”, encenação com três atos que simulam a Independência do Brasil, de Louis Moreau Gottschalk.

A noite será terá um mix de música clássica, jazz, samba, música cubana, salsa e outras surpresas. De acordo com a integrante do Rotary, Luana Maré, “a ideia do Natal Musical Solidário é aproveitar o espírito natalino para revigorar o sentimento de solidariedade nas famílias, com a mistura mágica de música e filantropia, para transformar vidas”.

cine teatro

Para o pianista Márcio Thadeu, “o grande diferencial desse show são os instrumentos orgânicos, pois não utilizaremos o eletrônico. Coisa que hoje pouco se vê. Estou ansioso por esse dia”. Já o multi-instrumentista Everaldo Passarinho, conhecido como Irmão, da banda Salvador Jazz Quarteto, comentou “o público irá se emocionar. Para mim, é muito gratificante tocar na nossa região, que é rica de bons músicos”.

A venda dos bilhetes para entrada no Natal Musical Solidário terá sua renda revertida 100 por cento, em prol da Escola Dom Bosco, que atende mais de 90 crianças carentes, e outros projetos sociais do Rotary. Durante a ação as pessoas poderão tirar fotos com o Papai Noel, que ficará no saguão do teatro e aqueles que desejarem, poderão levar um brinquedo para doação às crianças carentes do município.

Silvana Tapioca, presidente do Rotary Club de Ilhéus Jorge Amado, comentou que a noite será muito especial e agradeceu a parceira da Prefeitura Municipal, da Secult, do vice-prefeito Carlos Machado (Cacá), dos músicos, pela disponibilidade e gratuidade da apresentação, e a todos os amigos apoiadores. Para o secretário de Cultura de Ilhéus, Paulo Atto, “a Secult Ilhéus se sente honrada em participar de mais uma iniciativa solidária do Rotary, que reafirma a cultura da paz no período natalino”.

Ilhéus: encenação da Paixão de Cristo nas escadarias da Catedral emociona


Um dos momentos mais belos, reflexivos e emocionantes do Aleluia Ilhéus Festival, considerado como o maior evento da Semana Santa na Bahia, aconteceu na noite desta última sexta-feira, dia 25. Na oportunidade, a praça Dom Eduardo, na avenida Soares Lopes, ficou lotada para a encenação da Paixão de Cristo, espetáculo realizado há 27 anos pelo Grupo Jovens em Cristo, de Itabuna. A apresentação do espetáculo teatral foi um compromisso do prefeito Jabes Ribeiro, ao final da última edição do Aleluia Ilhéus.

“Em 2014, durante a segunda edição do evento, sentimos a necessidade de termos um produto que aproximasse ainda mais o Aleluia de toda a religiosidade que caracteriza a Semana Santa. Além disso, o espetáculo representa um resgate das nossas tradições cristãs e espirituais”, comentou o prefeito ilheense, que assistiu ao espetáculo ao lado da primeira dama Adryana Ribeiro, da filha Bárbara e outros familiares, além do vice-prefeito Carlos Machado, que também esteve acompanhado de sua esposa, Dean Machado.

O diretor do espetáculo, Márcio Oliveira, informou que a encenação da Paixão de Cristo já passou por diversas cidades baianas, como Itajuípe, Una e Canavieiras. Segundo ele, “para participarmos do Aleluia Ilhéus Festival, reunimos 98 pessoas, sendo 30 atores e 68 figurantes”, disse. Ele acrescentou que a encenação ao ar livre dura cerca de 1 hora e meia e retrata as últimas 12 horas da vida de Jesus, incluindo o  nascimento, a vida, a pregação pública, os milagres, a morte e, por fim, a ressurreição.

Ao falar sobre a encenação da Paixão de Cristo no âmbito do Aleluia Ilhéus Festival, Márcio Oliveira elogiou a festa e a iniciativa do prefeito Jabes Ribeiro. “É um belo evento, mas que também mostra a sua preocupação com o plano espiritual. Afinal de contas, ainda estamos na quaresma, período que marca os 40 dias de sofrimento de Jesus no deserto e todas as dores que Ele suportou na cruz do calvário”, lembrou o diretor.

Opiniões – Na opinião do ator Edelvan de Jesus, que interpretou Pôncio Pilatos e o Rei Herodes, o espetáculo simboliza o amor de Cristo pelos seres humanos e, sobretudo, a sua imensa misericórdia pela humanidade. “Por isso, é fundamental que trabalhos como esse estejam presentes em todo o mundo. As novas gerações precisam conhecer o sacrifício expiatório e redentor de Jesus”, enfatizou Edelvan.

Bastante emocionada, a dona de casa Valdecy Aragão, de 67 anos, que reside no bairro Conquista, declarou que a encenação da Paixão de Cristo foi uma das coisas mais bonitas que ela já viu em Ilhéus. “A juventude precisa se divertir. Mas também precisa conhecer a história do homem mais importante que já veio a este mundo”, salientou.

Aleluia – Além de grandes nomes da música nacional, como Jorge Vercillo e Paralamas do Sucesso, o Aleluia Ilhéus Festival, que acontece na avenida Soares Lopes até este sábado, dia 26, também é marcado por uma série de atividades, como exposições literárias, pavilhão de marcas de chocolate, vernissages de artistas plásticos         baianos, e exposição de agricultura familiar e de artes e feiras de economia criativa.

O Aleluia Ilhéus Festival, maior evento de artes integradas do Estado da Bahia, é uma realização da Prefeitura Municipal de Ilhéus, do Convention Bureau Costa do Cacau e Associação de Turismo de Ilhéus (Atil), com o patrocínio do Governo do Estado, através da, Secretaria de Turismo da Bahia, Bahiatursa, Bahiagás, Bahiapesca, Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (Car), Sebrae, Supermercados Meira, entre outros parceiros institucionais. (Fotos: Alfredo Filho)

A Cia. Thaetro apresenta o espetáculo “A Princesa Travessa”


princesa2 (1)
A princesa travessa                    Fotos: divulgação

O espetáculo “A Princesa Travessa” da Cia. Thaetro de Performances e Espetáculos faz parte da programação de 145 anos da Biblioteca Pública Arthur Vianna e será apresentado em sessão gratuita no próximo domingo, 20, às 18h, no Teatro Waldemar Henrique, Belém do Pará.

Voltado principalmente para o público infantil, o espetáculo é uma releitura do clássico conto da Cinderela. Com linguagem atual e figurino rico em cores e acessórios, a peça traz ao palco sete personagens: Micaela, Cinderela, Príncipe Felipe, Madrasta, Grabriela, Professor de Música e o Corcunda.

“O espetáculo foi criado para atender todos os públicos e alavancar muitos risos da plateia. E traz em seu elenco nomes do cenário teatral da cidade, como Dél Ventura, Zeffa Magalhães (que também integra a equipe da Biblioteca Arthur Vianna), Wilson Trindade, Caio Tosmam, Jadylson de Araújo e Leyde Trindade”.

Cia. Thaetro – Formado em 1995, o grupo tem como proposta o aprimoramento artístico e estético de seus integrantes na arte de representar, além da tentativa de enriquecer a expressão cênica paraense e brasileira. A partir de 1997, o grupo reduziu o número de componentes e se reestruturou, mas não como grupo e sim, como Companhia Thaetro de Performances e Espetáculos.

Assista:

Espetáculo “A Princesa Travessa”

Quando: Dia 20 (domingo), às 18h.

Onde: Teatro Waldemar Henrique (Praça da República)

Quanto: Gratuito

Entrevistas:

Joseffa Magalhães / Atriz : 98216-0624

Caio Tosmam/ Ator: 98242-4596

Adélia Boaventura / Produtora Cultural: 98155-3845