MP-RJ denuncia 11 pessoas por envolvimento na tragédia do Ninho do Urubu que terminou com 10 mortos


O ex-presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira, agora é réu no caso

André Lucas

O Ministério Público do Rio de Janeiro levou na manhã de  20 de janeiro, uma denúncia ao Tribunal de Justiça (TJ), sobre o incêndio no “ninho do urubu”, local onde os jovens talentos do Flamengo treinavam. 

Após o TJ aceitar a denúncia, 11 pessoas, dentre elas Eduardo Bandeira de Mello, ex-presidente do Flamengo, se tornam réus no caso. Elas vão responder pelo crime de incêndio culposo qualificado pelos resultados morte e lesão grave. 

A denúncia foi protocolada no dia 15 deste mês, porém só agora o processo seguiu em frente nessa semana, a informação inicial partiu do canal Sports News Mundo, e já foi oficialmente confirmada pela autoridade jurídica. 

Muitos envolvidos no caso

Marcel Laguna Duque Estrada, juiz titular da 36ª Vara Criminal, assinou o documento confirmando que a denúncia foi aceita. Os outros 10 envolvidos no caso são o Antonio Marcio Garotti (ex-diretor financeiro do Fla), Carlos Renato Mamede Noval (atual diretor de transição do Fla), Marcelo Maia de Sá (ex-diretor de obras do Fla), Luiz Felipe Almeida Pondé (ex-engenheiro do Fla), Claudia Pereira Rodrigues (diretora da NHJ, fabricante dos contêineres), Weslley Gimenes (engenheiro da NHJ), Danilo da Silva Duarte (engenheiro da NHJ), Fábio Hilário da Silva (engenheiro da NHJ), Edson Colman da Silva (técnico de refrigeração) e Marcus Vinicius Medeiros (monitor).  

A denúncia do  MP-RJ, aponta desobediência aos requisitos de legalização do alvará de onde ficavam os meninos,  além de irregularidades técnicas e descumprimento das normas impostas pelas autoridades. 

Entre os crimes estão, ocultação das reais condições ante a fiscalização do Corpo de Bombeiros, contratação e instalação de contêiner em discordância com regras técnicas de engenharia e arquitetura para servirem de dormitório de adolescentes, a não manutenção técnica do local onde os jovens residiam, e o não cumprimento das ordens vinda do Ministério Público em relação a segurança e integridade física dos meninos. 

No fim do processo os julgados podem pegar pena de 1 ano e 4 messes até 4 anos de cadeia, no regime semi aberto, porém não existe nenhuma previsão de quando o processo chegará ao fim e a decisão do tribunal será anunciada. 

O próximo passo do MP é ouvir 53 pessoas envolvidas no caso, o presidente Rodolfo Landim, atual presidente do Flamengo, o vice Rodrigo Dunshee, o CEO Reinaldo Belotti, e o ex-vice de Patrimônio, Alexandre Wrobel, além de sobreviventes do incêndio, são algumas destas pessoas. 

A tragédia no ninho do urubu

O incêndio no alojamento do Flamengo foi um incêndio ocorrido em um alojamento do time da base rubro negra  , que matou 10 pessoas e deixou 3 feridas Ocorreu nas primeiras horas do dia 8 de fevereiro de 2019, no Centro de Treinamento George Helal, também conhecido como “Ninho do Urubu”, no bairro carioca de Vargem Grande, na Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro. 

Durante a remoção dos primeiros corpos, acreditou-se na possibilidade de funcionários do local estarem entre as vítimas. No entanto, na tarde de 8 de fevereiro, a polícia, com auxílio do Flamengo, informou que havia identificado todos os corpos e, em seguida, divulgou a lista com o nome das vítimas fatais.  

Athila Paixão, de 14 anos, Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas, 14 anos, Bernardo Pisetta, 14 anos, Christian Esmério, 15 anos, Gedson Santos, 14 anos, Jorge Eduardo Santos, 15 anos, Pablo Henrique da Silva Matos, 14 anos, Rykelmo de Souza Vianna, 16 anos, Samuel Thomas Rosa, 15 anos, Vitor Isaías, 15 anos, foram as vítimas do descaso e hoje seus familiares só querem justiça. 

Flu vence o Fla de virada e está vivo na luta pela vaga na liberta


Fluminense consegue uma Vitória importantíssima  em cima do Flamengo que perdeu a chance de colar no São Paulo

André Lucas

Quarta-feira de Brasileirão marcada por clássico no Rio De maneiros x Flu, em jogo com virada aos 48 do segundo tempo, o Fluzão saiu de campo com os três pontos. 

O Flamengo começou o jogo bem, com intensidade e domínio, criou as melhores chances, algumas chances claras de gols. Gabigol e Everton Ribeiro estavam conseguindo atacar o time tricolor carioca. 

O camisa 9 da Gávea obrigou o goleiro do Fluminense, Marcos Felipe, a fazer pelo menos 3 defesas importantes, BH quase fez um sem goleiro mais a zaga chegou antes, e ER7 deu dois chutes ao gol que levaram perigo. 

Mesmo com toda essa pressão foi só aos 40 do primeiro tempo o Flamengo conseguiu o fazer o primeiro gol do jogo, com Arrascaeta de cabeça no rebote que o goleiro deu. 

O jogo foi para o intervalo com um domínio completo do Flamengo, que mandou no jogo é parecia se concretizar como favorito a Vitória. 

Enquanto isso em São Paulo, o Bragantino vencia por 3 a 1, o líder do campeonato perdendo e o Fla ganhando, era a noite dos sonhos de todos os rubro negros, porém o jogo virou. 

No segundo tempo o Fla não jogou, entrou desligado e sem vontade, Everton Ribeiro e Bruno Henrique já não corria mais, o time Rubro Negro parecia estar satisfeito com o resultado e parou de buscar o jogo. 

Foi nesse cenário que o time tricolor cresceu demais em campo, com uma noite de galã, Welinton Silva,  o camisa 17 das laranjeiras, jogou muito, ele subia sozinho e conseguia levar perigo a zaga do Flamengo. 

O Fluminense começou a recuperação fechando o meio campo e obrigando o Flamengo a jogar pelas pontas, o agora terceiro colocado do Brasileirão só conseguia cruzar bola na área do Flu, e a defesa tricolor tirou todas. 

O Flu adiantou a marcação e começou a mandar no jogo. Aos 10 minutos em uma bola parada, o cruzamento perfeito para Lucas Claro fazer o gol do empate, e depois daí um apagão total no meio campo do Flamengo, e o jogo esfriou cada vez mais, não tinha criação, só muitas faltas e cartões amarelo.

O Fluminense deixava o Fla ter a pose mas não dava espaço para o time adversário trabalhar, e quando roubava a bola já acelerava o contra ataque. Antes do segundo gol aos 48 do segundo tempo, um dos contra ataque, Welinton Silva botou uma bola na trave. 

Ao apagar das luzes o meia Yago, interceptou um passe mal feito de Felipe Luís, ficou de cara para o gol e bateu na saída de neneca. O camisa 20 das laranjeiras conseguiu a virada aos 48 do segundo tempo, e colocou o Fluminense firme na briga pela libertadores. 

Agora com 43 pontos, o Fluminense ocupa a 7° colocação e briga contra coríntias, Santos,  Palmeiras e Inter por um vaga no G6, lembrando que vai virar G7. Já o Flamengo que a semanas vem secando o líder São Paulo, quando finalmente o time paulista tropeça o Fla não aproveita, e agora ainda ver o Galo que joga hoje podendo abrir vantagem. 

Próximos jogos do Flamengo: 

Ceará – 10/01 – 16:00 hrs

Goiás – 18/01 – 20:00 hrs

Palmeiras- 21/01 – 19:00 hrs 

Próximos jogos do Fluminense

Corinthians – 13/01 – 21:30 hrs.

 Sport – 16/01 – 19:09 hrs.

Curitiba – 20/01 – 20:30 Hrs.

Além de Gerson, BH também vai processar o jogador Ramires por racismo


O Flamengo contratou especialista em leitura labial que apontaram xingamentos racistas contra BH, proferidos por Ramires

André Lucas

Durante o jogo entre Bahia e Flamengo o jogador Gerson afirmou ter sofrido racismo, segundo o camisa 8 da gávea as ofensas vieram do jogador do Bahia, Juan Pablo Ramires. Depois da confusão dentro de campo o jogador do Flamengo deu uma entrevista explicando sua alteração no campo.  

“Ele falou bem assim: Cala a boca, negro. Eu estou vindo aqui, eu nunca falei nada disso porque eu nunca sofri, mas isso daí eu não aceito. Eu não aceito. O Mano (Menezes) até falou “Ah, agora você é vítima, não é? O Daniel Alves te atropelou e você não falou nada. Claro, porque teve respeito entre eu e ele. Eu nunca falei de treinador, mas o Mano tem que saber respeitar. Estou vindo falar aqui por mim e por todos os negros do Brasil.” 

A partida terminou 4×3 para o Flamengo, no Maracanã, e deixou o time vivo no Campeonato Brasileiro. A próxima partida do time carioca é contra o Fortaleza, no Castelão, no próximo sábado (26). O jogo acontecerá às 19:00 horas, vale pela 27º rodada da competição nacional. 

Após o jogo o jogador rubro negro prestou depoimento contra o jogador do Bahia na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) do Rio de Janeiro, ontem, dia 22 de dezembro. Gerson não falou sobre o caso com a imprensa na delegacia, mas se manifestou mas redes sociais.

“Vim falar sobre o ocorrido, mas não vim falar apenas sobre mim. Quero deixar bem claro que falo pela minha filha, que é negra. Pelos meus sobrinhos, que são negros. Meu pai, minha mãe, amigos .. por todos os negros no mundo. Hoje tenho status de jogador de futebol e voz ativa para poder falar e dar força às pessoas que sofrem racismo ou outros tipos de preconceito”

 O inquérito foi aberto na segunda feira e estar em processo de apuração dos fatos. Além dos atletas Gerson e Ramires, o técnico Mano Menezes e o juiz da partida,  Flávio Rodriguez de Souza.  

O jogador do Bahia nega as acusações, em vídeo publicado pelo clube baiano Ramires fala sobre o mal entendido durante o jogo,  que o atleta rubro negro confundiu o que ele disse por conta do idioma, e que o jogador Bruno Henrique, do Flamengo, ofendeu ele, “ me chamou de gringo de merda”.

“Em nenhum momento fui racista. Nem com Gerson e nem com outra pessoa. Quando fizemos o gol, levamos a bola para o meio para reiniciar o jogo rapidamente. Bruno Henrique segura. Eu começo a correr e digo a ele: “Jogue rápido, irmão. Joga sério”. Ele joga a bola para trás. Gerson me diz algo, mas eu não entendo muito o português. Não entendi o que falou e disse: “Joga rápido, irmão”. Não sei o que ele entendeu e ele começou a me perseguir. E eu sem saber o que tinha acontecido. Eu saí por trás porque não queria brigar com ninguém. Ele disse que eu falei “cala a boca, negro”. Eu não falo português tão fluentemente. Estou há um mês no Brasil. Sobre o fato de ser racista, não estou de acordo. Em nenhum momento falei isso, uma palavra tão ruim”, disse Ramírez. 

O Clube de Regatas do Flamengo enviou imagens da discussão entre Ramires e BH ao Instituto de educação de surdos. Na análise dos especialista o jogador do Bahia disse ao jogador rubro negro “Está falando muito, seu negro”. O clube anunciou que vai abrir processo no STJD acusando o jogador do Bahia de ter sido racista com o Bruno Henrique. 

– O Flamengo encomendou a especialistas do INES – Instituto de Educação de Surdos, uma leitura labial da situação do Ramirez com o Bruno Henrique momentos antes do que se passou com o Gerson. A prova revelou que teria havido a ofensa, vamos apresentar ao STJD e entregar a polícia – anunciou o vice-presidente jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee de Abranches, nas redes sociais. 

O caso está sendo investigado, qualquer nova atualização o Carvalho News (CN) leva até você.

Flamengo vence em jogo com 7 gols, e segue na briga pelo título.


O time rubro negro venceu por 4 a 3 em jogo com polêmicas, acusações de racismo e muitos gols.

André Lucas

Jogo do Flamengo foi “confuso e acelerado”, essa foi a definição de um torcedor nas redes sociais. O Fla entrou em campo ontem ( 20/12) pela 26 rodada do campeonato Brasileiro, o time carioca buscava uma vitória para se aproximar do São Paulo que é o líder do campeonato, a Vitória veio em um jogo eletrizante com 7 gols, 2 viradas, 2 grandes polêmicas e uma denúncia de racismo.   

Índio Ramirez (E) e Gerson, combate intenso e acusação de racismo. Foto: divulgação

Um jogo doido que terminou com o Bahia tendo mais pose e tocado mais a bola, com 52% de bola para o time baiano e 48% para o rubro negro. O Fla abriu o placar cedo, aos 5 minutos do primeiro tempo, com um golaço de Bruno Henrique, em uma bela jogada de contra ataque, a bola foi enfiada para o melhor jogador da libertadores do ano passado, que dominou, cortou para o meio e acertou um belo chute na gaveta. Aos 10 minutos Gabigol caía na área do adversário nada foi marcado, e o 9 do time revoltado falou uma palavrão para o juiz, e foi expulso direto, essa a primeira polêmica do jogo. Aos 33 o lateral Isla fez o segundo, e trouxe tranquilidade para o time da casa, que encaminhava bem a vitória mesmo com um a menos, pelo menos até o segundo tempo. O Fla ganhava de 2 a 0 e tudo corria muito bem parecia um Vitória muito bem encaminhada. O jogo vai para o intervalo, e quando volta, volta o segundo tempo mais intenso de toda a campanha do Bahia na temporada 2021, primeiro aos 5 minutos o meio campo Ramirez faz o primeiro, um bonito gol com um corte dentro da área e a finalização por baixo do goleiro Diego Alves, e diminui para o Bahia. Depois aos 11 minutos do segundo tempo foi a vez do atacante Gilberto acertar um golaço com G maiúsculo, de muito longe ele acerto no ângulo, sem chances para o geleiro rubro negro, e empatou o jogo para o time baiano. O atacante Gilberto que já virou carrasco do Flamengo, também foi o autor do terceiro gol, aos 14 do segundo tempo o 9 do Bahia subiu e fez de cabeça Bahia 3 Flamengo 2. O time do Nordeste fez 3 gols em um intervalo de 9 minutos, voltou elétrico para o segundo tempo. A reação do time da casa veio com o atacante Pedro aos 38 do segundo tempo, o camisa 21 da uma voadora na bola e empata tudo. Aos 90 minutos um herói improvável aparece para virara o jogo, o camisa 11 da gávea Vitinho recebeu um passe lindo de Pedro e ficou na cara do gol, finalizou por cima do goleiro e fez o quarto para o Flamengo, o gol da virada, dos três pontos. E terminou assim, Flamengo 4 x 3 Bahia.  

Polêmica da expulsão do Gabigol.

Logo aos 9 minutos o jogo teve um interferência direta pela arbitragem. Após um lance próximo a área do Bahia, o camisa 9 da Gávea reclamou de uma falta do meio campo Gregore, o Juiz mandou o jogo seguir, o atacante do Fla ficou indignado e xingou um palavrão, e tomou um cartão vermelho direto pelas reclamações. Na sumula o Juiz da partida Flávio Rodrigues de Souza   afirmou ter expulsado o atacante por ele ter desrespeitado o árbitro. Gabigol inconformado demorou mais de 5 minutos para deixar o campo, em entrevista o jogador disse Agora eu mando mesmo. Como eu vou jogar futebol assim?   

A denuncia de racismo contra o Gerson

A maior polêmica do jogo foi a denuncia de Gerson contra o jogador Índio  Ramirez, segundo o camisa 8 rubro negro,  jogador do Bahia disse ‘cala a boca seu negro.” A denuncia estar na mão da CBF, que vai definir a punição para o jogador. O Bahia afastou o jogador Índio Ramirez até o final da apuração e demitiu Mano Menezes. O clube baiano declarou apoio a Gerson nas redes sociais. 

“O Esporte Clube Bahia vem a público se manifestar sobre a denúncia de racismo feita pelo atleta Gerson, do Flamengo, ocorrida na noite deste domingo (20).

O atleta Índio Ramírez nega veementemente a acusação e a ele está sendo dada a oportunidade de se defender de algo tão grave.”

O Flamengo ganhou o jogo e garantiu os 3 pontos, foi a 48 e se aproximou do líder São Paulo que estar com 53 pontos, com um jogo a menos contra o Grêmio (partida adiada), o Fla ver possibilidade de colar de vez no time paulista e retomar luta pelo título Brasileiro:

Próximos jogos do Flamengo: 

Flamengo x Fortaleza – sábado – 19:00 (26/12)

Flamengo x Fluminense – Quarta feira – 21:30 (06/01

Flamengo x Ceará – Domingo – 16:00 – (10/01) 

Hoje tem Mengão, mas o adversário principal são as lesões dos seus jogadores


Rubro negro carioca entra em campo na libertadores com desfalques importantes na decisão para as quartas de finais.

Por: André Lucas

O time do Rio de janeiro joga hoje pela Libertadores da América contra o Racing (Argentina). A partida está marcada para 21h30min. O jogo terá transmissão do SBT, Fox Sport, Facebook, e Conmebol Tv (serviço de pay per view disponível na tv por assinatura da Sky e da Claro).

O jogo mais importante do ano para o Flamengo até aqui, o time já eliminado da Copa do Brasil e que coleciona resultados ruins no campeonato brasileiro busca uma classificação para voltar aos trilhos. O time carioca que tenta o tri da libertadores, atualmente comandado por Rogério Ceni que tenta manter o emprego, vem de uma temporada conturbada, marcada por goleadas que tiveram como consequência a saída do ex técnico Domenec Torrent.

Rogério Ceni tem reforços importante para o jogo de hoje, o zagueiro Rodrigo Caio estar de volta ao grupo e relacionado para o jogo, a zaga que vem sendo o maior alvo de crítica na temporada ganha um nome importante, candidato a resolver o problema. Rodrigo Caio na joga dês de 22 de setembro, quando atuou contra o Barcelona (Equador),o jogo que terminou na Vitória do Fla por 2 a 1, dês de então o jogador sente dor na panturrilha e no joelho.

Outro jogador que volta ao clube é o atacante Pedro, jogador que voltou da seleção com lesão muscular se recupera e estar relacionado para o jogo de hoje. A lesão polêmica do Pedro durante atuação pela seleção revoltou a torcida rubro negra e deixou Pedro fora dos gramados. Já no retorno ao time pode ser titular no lugar do Gabigol. Além de Pedro, Isla também estar de volta hoje, depois de sentir dores na coxa e ser vetado minutos antes da partida é ser substituído por Renér, o lateral chileno estar de volta 100 %. Outro jogador que volta a ser alternativa é o meia Diego Ribas, que estar relacionado para o jogo.

Gabriel Barbos é duvida mais o que tudo indica é que o jogador não entra em campo hoje. O jogador sentiu um problema na coxa e após exames contatou desequilíbrio muscular. O problema aconteceu na partida de ida contra o próprio Racing, depois do gol o artilheiro da libertadores do ano passado, o jogador sentiu e foi substituído aos 12 minutos do segundo tempo. Gabigol é o jogador com mais lesões no clube, jogou somente 19 dos 37 jogos dês da volta das competições pós pandemia. Primeiro se lesionou em setembro lesão na coxa em uma partida no Equador, depois, torceu o tornozelo em um lance sozinho,  depois contra o São Paulo lesionou a coxa direita no Maracanã, e por último na argentina, jogo de ida contra o Racing o jogador teve desequilíbrio muscular. O cenário do departamento médico do Flamengo virou motivo de revolta nas redes sociais contra o Clube. Diante disso o chefe do DM, Márcio Tannure, participou de uma coletiva para responder as perguntas mais frequentes. O jogo é hoje às 21:30, e amanhã você saberá de tudo o que aconteceu jogo aqui no Carvalho News.

Incêndio em alojamento do clube do Flamengo deixa vítimas


Dez mortos e três feridos. Este foi o triste saldo de um incêndio que atingiu o alojamento no centro de treinamento do Flamengo, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro, na madrugada de hoje (8). Equipes de órgãos de segurança pública trabalham no local, conhecido como Ninho do Urubu, que fica no bairro da Vargem Grande. As chamas atingiram principalmente os alojamentos onde dormiam os jogadores de base do time. Os nomes dos mortos ainda não foram divulgados.

O governo do Rio de Janeiro decretou luto de três dias em homenagem às vítimas do incêndio. “Quero manifestar meu mais profundo pesar por essas tragédias e prestar solidariedade às famílias das vítimas. Que Deus os receba e abençoe”, disse o governador.

Witzel determinou uma investigação minuciosa das causas do incêndio e, depois de entrar em contato com a direção do clube, solicitou que o vice-governador Cláudio Castro vá ao Centro de Treinamento do Flamengo para acompanhar os trabalhos das equipes do governo.

O secretário estadual de Esportes, Felipe Bornier, foi um dos primeiros representantes do governo a chegar ao local. “Hoje é um momento muito triste, não apenas para o Flamengo, mas para toda a sociedade carioca”, disse o secretário.

Saldo negativo

Dez atletas morreram e três ficaram feridos, um gravemente. Os feridos estão internados nos hospitais Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, e Pedro II, em Santa Cruz. As chamas atingiram o alojamento dos atletas.

A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) cancelou toda a rodada do Campeonato Carioca. Flamengo e Fluminense jogariam amanhã, às 19h, enquanto Vasco e Resende se enfrentariam no domingo, às 17h. Ambos os jogos estavam marcados para o Maracanã pelas semifinais da competição. A Ferj ainda não informou as novas datas.

A secretaria municipal de Saúde do Rio de Janeiro divulgou os nomes dos três atletas feridos no incêndio, que estão internados do Hospital Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca. Jonathan Cruz Ventura, de 15 anos, está em estado gravíssimo, teve 40% do corpo queimado, foi operado e deve ser transferido ainda hoje para o Hospital Pedro II, em Santa Cruz, especializado em queimados.

Cauan Emanuel Gomes Nunes, de 14 anos, e Francisco Diogo Bento Alves, de 15 anos, também estão no Lourenço Cruz, mas serão transferidos para um hospital particular.

Torcida Jovem do Flamengo está impedida de se aproximar de estádios


O Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes Eventos determinou que a Torcida Jovem do Flamengo seja impedida de se aproximar de locais de eventos esportivos. A decisão da juíza Juliana Benevides de Barros Araújo prevê que os integrantes da torcida organizada sejam impedidos de entrar em estádios e de aproximar deles em um raio de cinco quilômetros em eventos esportivos em todo o território nacional.

Torcida Jovem do Flamengo

Caso a torcida descumpra a decisão judicial, está prevista uma pena de R$ 50 mil por evento. A pedido do Ministério Público, a decisão da magistrada reconsiderou uma decisão anterior que havia determinado o afastamento de apenas oito integrantes da Torcida Jovem do Flamengo.

A medida foi tomada devido ao confronto entre torcedores no dia 12 de fevereiro, durante jogo entre Botafogo e Flamengo, no Estádio Nilton Santos, na zona norte da cidade do Rio de Janeiro, que terminou com a morte do torcedor botafoguense Diego Silva dos Santos.

Fogão não terá boa vida na Libertadores 2017


O sorteio da Copa Libertadores da América de 2017 foi realizado ontem (21/12), em Assunção, no Paraguai. Três clubes brasileiros – Atlético-MG, Chapecoense e Grêmio – já sabem os três adversários que enfrentarão na fase de grupos da competição continental. Pelos rivais, na teoria, a equipe catarinense terá tarefa mais difícil do que atleticanos e gremistas.

O Atlético-MG está no grupo 6, ao lado de Libertad-PAR, Godoy Cruz-ARG e Sport Boys-BOL. A Chapecoense integra o grupo 7, com os tradicionais Nacional-URU e Lanús-ARG, e o desconhecido Zuliá-VEN. Já o Grêmio encabeça o grupo 8, e terá que enfrentar o Guaraní-PAR, o Zamora-VEN e o Deportes Iquique-CHI.

Quem já sabe que terá verdadeiras pedreiras pela frente é o Flamengo. O time carioca caiu no grupo 4 da Libertadores, ao lado de San Lorenzo-ARG e Universidad Católica-CHI. Outras equipes brigarão nas fases preliminares para entrar nessa chave. São elas: Atlético-PR, Millonarios-COL, Universitário-PER, Deportivo Capiatá-PAR e Deportivo Táchira-VEN. O Atlético-PR encara o Millonarios na segunda fase.

O Santos é o cabeça de chave do grupo 2, que terá o Independiente Santa Fé-COL e o Sporting Cristal-PER. O outro componente do grupo ainda está indefinido. Atlético Cerro-URU, Unión Española-CHI, The Strongest-BOL, Universitario de Sucre-BOL e Montevideu Wanderers-URU tentarão ingressar no grupo santista.
libertadores

Já o Palmeiras está no grupo 5, com Peñarol-URU e Jorge Wilstermann-BOL. Carabobo-VEN, Junior Barranquilla-COL, Atlético Tucumán-ARG e El Nacional-EQU lutam nas fases previas para participar desse grupo.

O Botafogo, por sua vez, tem encontro marcado com o Colo-Colo-CHI na segunda fase da Libertadores. O ganhador do duelo vai enfrentar o vencedor de Olimpia-PAR x Deportivo Municipal-PER ou Independiente del Valle-EQU. Se avançar até a fase de grupos, o Botafogo duelará com Atlético Nacional-COL, Estudiantes-ARG e Barcelona-EQU.

A 58ª edição da Copa Libertadores da América terá o maior número de participantes da história. Serão 47 times, e pela primeira vez a competição terá duas fases preliminares.

O principal torneio do continente começará uma segunda-feira, em 23 de janeiro, e terminará ao fim de novembro, com jogos da decisão do título nos dias 22 e 29. As equipes que forem eliminadas antes de chegar à fase de grupos serão encaixadas na segunda fase da Copa Sul-Americana.

E outra novidade na Libertadores de 2017 é o novo sorteio que será realizado para confirmar os confrontos das oitavas de final, assim como acontece na Liga dos Campeões da Europa.

Flamengo não se encontrou no brasileiro


O ataque é um problema do Flamengo no Campeonato Brasileiro. Até a 13ª rodada, o Rubro-negro fez apenas 13 gols. O número deixa os cariocas com o quarto pior desempenho da competição. A performance é ainda mais preocupante. Só três tentos foram assinalados por atacantes – Felipe Vizeu (2) e Paolo Guerrero.

Por que o ataque milionário não deslancha? Juntos, os oito atletas do setor recebem em torno de R$ 1,5 milhão por mês. São eles: Paolo Guerrero, Emerson Sheik, Marcelo Cirino, Gabriel, Fernandinho, Felipe Vizeu, Nixon e Thiago Santos.

Dois pontos são tratados internamente como fundamentais no processo. Um envolve as seguidas convocações do titular Guerrero para a seleção peruana, enquanto outro as lesões.

Para se ter uma ideia, Guerrero atuou apenas em cinco oportunidades por conta da disputa da Copa América Centenário. Já Sheik sofre com os problemas físicos. Ele esteve em campo quatro vezes, sem jogar por 90 minutos.

As constantes substituições interferem e modificam as características de uma equipe que ainda não transmitiu confiança ao torcedor. Além disso, os jogadores vivem longa má fase com a camisa rubro-negra. Marcelo Cirino, por exemplo, não balança as redes desde 20 de abril.

RIO DE JANEIRO, BRAZIL - AUGUST 23: Guerrero of Flamengo during the Brasileirao Series A 2015 match between Flamengo and Sao Paulo at Maracana Stadium on August 23, 2015 in Rio de Janeiro, Brazil. (Photo by Bruna Prado/Getty Images) *** Local Caption *** Guerrero
Guerrero Foto: Bruna Prado/Getty Images

O próprio Cirino, Sheik, Guerrero, Fernandinho e Gabriel são alvos da torcida. Suspensões, lesões e má fase ganham ainda mais força com a pressão de torcedores insatisfeitos. Basta lembrar que o Flamengo teve o predomínio em boa parte dos jogos contra Figueirense, São Paulo, Fluminense e Corinthians.

O time fez três gols nestes compromissos e conquistou apenas um ponto. Não faltaram chances para construir o resultado antes dos adversários. A pontaria não funcionou e o desempenho foi insatisfatório. Três derrotas e um empate que devem cobrar o preço na sequência do Campeonato Brasileiro.

Na avaliação da comissão técnica, a solução passa por treinamentos e conversas diárias com os jogadores no objetivo de transmitir tranquilidade. No que compete aos dirigentes, as situações de Guerrero e Sheik são analisadas e mudanças não estão descartadas até o fechamento da janela de transferências em 19 de julho.

Na outra ponta, o comando do futebol busca reforços. Um nome para a reserva do peruano é desejado. Entretanto, um atacante para jogar com ele pode aparecer como surpresa, principalmente em razão do desempenho recente.

Flamengo 2 X Botafogo 2


Em mais um clássico fora do Rio, Botafogo e Flamengo empataram por 2 a 2, neste sábado, no estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG). É o sexto jogo sem vencer do time rubro-negro, que termina a quinta rodada da Taça Guanabara fora do grupo de classificação para as semifinais do Campeonato Carioca.

Com o empate, o Botafogo tem oito pontos e está entre os quatro que avançam para a próxima fase. Na próxima rodada, o adversário é o Bangu. Já o Flamengo é o sexto colocado, com seis pontos, e pega o Boavista no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Preocupado com o incômodo jejum de vitórias, o técnico Muricy Ramalho mudou o esquema com a saída do atacante Emerson para a entrada de Alan Patrick. O time até iniciou melhor o jogo, mas na primeira vez que foi atacado, sofreu o gol, após falha do goleiro Paulo Victor. Carli recebeu a bola com liberdade e fez 1 a 0, aos 12 minutos.

O gol deixou o Flamengo nervoso e sem muita ação. Sem criatividade, só voltou a ameaçar em falha de Renan Fonseca, que entregou nos pés de Guerrero. O peruano entrou livre na área e parou em Jefferson. Aos 30 minutos, o empate. Rodrigo Lindoso afastou mal a bola, que sobrou para Alan Patrick acertar belo chute de fora da área: 1 a 1.

botafogo-x-fla

Muricy Ramalho não estava satisfeito com a equipe e voltou ao esquema com três atacantes. Não deu certo de novo. O Botafogo voltou mais agressivo e pressionou até Ribamar sofrer pênalti de Wallace. Rodrigo Lindoso cobrou e viu Paulo Victor defender o pênalti, mas no rebote o volante recebeu passe de Fernandes e se redimiu com o 2 a 1.

O Flamengo demorou a se recuperar do golpe. Melhor em campo, Alan Patrick era o único que conseguia articular algo. Aos 23 minutos, o meia lançou Marcelo Cirino, que encobriu Jefferson e só não marcou porque Diogo Barbosa evitou o gol na linha. Quando a torcida já criticava alguns jogadores, novo empate. Gabriel levantou para Marcelo Cirino marcar de cabeça e garantir o empate que ampliou o jejum sem vitórias do time de Muricy Ramalho. (Fotos: Vitor Silva / SS Press)

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 2 x 2 FLAMENGO

BOTAFOGO – Jefferson; Luis Ricardo, Carli, Renan Fonseca e Diogo Barbosa; Airton (Fernandes), Rodrigo Lindoso, Bruno Silva e Gegê; Salgueiro (Neilton) e Ribamar (Luís Henrique). Técnico: Ricardo Gomes.

FLAMENGO – Paulo Victor; Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Cuéllar, Willian Arão, Alan Patrick (Gabriel) e Ederson (Emerson); Marcelo Cirino e Guerrero (Felipe Vizeu). Técnico: Muricy Ramalho.

GOLS – Carli, aos 12, e Alan Patrick, aos 30 minutos do primeiro tempo; Fernandes, aos 12, e Marcelo Cirino, aos 35 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Fernandes, Carli, Bruno Silva, Gegê e Renan Fonseca (Botafogo); Juan e Cuéllar (Flamengo).

ÁRBITRO – Luis Antônio Silva dos Santos.

RENDA – R$ 811.510,00.

PÚBLICO – 16.150 pagantes.

LOCAL – Estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG).