Na Bahia, golpista acaba sendo enganado pela vítima e deposita dinheiro


Erica Soledade já tinha passado por outras duas tentativas de golpe através do WhatsApp

Thais Paim

Um novo caso de tentativa de golpe aconteceu com a Erica Soledade, na Bahia. Um criminoso tentou por um aplicativo de mensagens roubar mais de R$ 2 mil de uma mulher, enquanto se passava pelo filho dela.

O que o golpista não sabia é que a baiana já havia sido abordada por outros bandidos que tentaram fazer a mesma coisa com ela. Assim, já experiente na lida com essa tentativa de golpe por WhatsApp, ela decidiu interagir com o suspeito — e até conseguiu que ele depositasse crédito no seu celular.

“Por coincidência meu filho estava em casa. A gente começou a dar assunto e a alimentar a situação para tentar pegar ele, porque estava sendo muito corriqueiro. Tentamos reverter a história e decidimos pedir dinheiro para o criminoso”, conta Erica.

O filho de Érica, Lucas Soledade, disse que o intuito era fazer o criminoso ter confiança de que a mãe faria a transferência que foi pedida. “Ela ficava falando que estava sem crédito, que precisava de dinheiro para botar crédito, pois só conseguiria fazer a transferência quando chegasse em casa”, comenta.

Ainda segundo Lucas, o golpista acreditou na história contada por Érica e decidiu colocar crédito no celular da mãe dele para poder roubar os R$ 2.350,00 que havia solicitado na tentativa de golpe. “Ele fez o depósito do crédito e ficou esperando que minha mãe transferisse o dinheiro”, completa o jovem.

Tentativas de golpe

Essa foi a terceira tentativa de golpe, em menos de dois meses, que Érica e o filho sofreram. Segundo ela, em outro momento, a foto do filho foi copiada de uma rede social e usada pelo criminoso que tentou se passar pelo jovem.

Com um número desconhecido, o suspeito fingiu ser o filho e começou uma conversa com a mulher dizendo que havia trocado o número do telefone. O desconhecido pediu para ela fazer um depósito no valor de mais de R$ 2 mil.

“Quando você vai abordar ele dizendo que é um golpe, ele começa a usar seus dados pessoais, o que te deixa muito vulnerável. Ele fala o nome da gente, endereço antigo, endereço atual. Eu entrei em um quadro de pânico muito grande e percebi, ali naquele momento, que qualquer pessoa é capaz de ceder ao que eles pedirem”, relata a vítima.

Fonte: G1 

Extensão de navegador altera termo ‘Michel Temer’ para ‘Temer Golpista’


Uma extensão criada para o navegador Google Chrome altera todas as menções ao presidente da República Michel Temer para “Temer golpista”. Após instalar o plugin, os termos são alterados todas as vezes que aparecem. Em buscas, no wikipedia, em notícias e até mesmo nos textos do site da Presidência da República.

A extensão foi criada na última segunda-feira, dois dias antes do Senado definir o destino da então presidente afastada, Dilma Rousseff. O plugin já foi comentado por mais de 750 pessoas. “Deixe seu navegador dizer a verdade com esse plugin que troca ‘Michel Temer’ por ‘Temer Golpista'”, diz a descrição da aplicação.

golpista