Itabuna: Hospital de Base realiza acompanhamento psicológico dos servidores


Visando prestar maior assistência a todos os funcionários, principalmente neste período de enfrentamento ao Covid-19 (Coronavírus), o Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães tem disponibilizado atendimento psicológico regular à sua equipe profissional, no sentido de acompanhar os funcionários que atuam diariamente na linha de frente do atendimento aos pacientes sintomáticos para Coronavírus.
A partir deste acompanhamento que verifica o nível emocional dos profissionais de saúde, o Hospital de Base reforça o compromisso com os servidores, numa medida que beneficia não só os colaboradores, como também os pacientes. De acordo com a diretoria da Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), entidade mantenedora do HBLEM, este suporte psicológico está aliado a outras medidas que avaliam e qualificam todo o corpo profissional da principal porta de entrada do Sistema Único de Saúde na região sul/extremo sul da Bahia.

O atendimento com psicólogo funcionava no Hospital de Base mesmo antes do surgimento dos casos de Coronavírus, e ganhou destaque por oportunizar um acompanhamento aos profissionais de saúde, essenciais ao combate à pandemia. Segundo a direção da FASI, nos processos de admissão, por exemplo, o setor de psicologia tem a responsabilidade de avaliar e qualificar os funcionários no âmbito emocional, deixando o profissional apto ao trabalho.

Itabuna: Hospital de Base passa a atender casos de urgência e suspeitos de Covid-19


O Hospital de Base de Itabuna ficará encarregado de atender casos de urgência e pacientes com suspeita de coronavírus. A decisão, inclusive, motivou o pedido de demissão do antigo diretor da fundação que administra a unidade, Juvenal Maynart. Desde o último sábado (28), apenas casos suspeitos ou confirmados de coronavírus eram atendidos pela unidade. A Secretaria de Saúde do

diretor do Hospital de Base, Eduardo Kowalsky Foto: divulgação
Diretor do Hospital de Base, Eduardo Kowalsky Foto: divulgação

Estado acredita, no entanto, que a ideia de centralizar os demais atendimentos no hospital da Costa do Cacau e na UPA não deu certo, e o Hospital de Base voltou a atender casos gerais.O paciente que chegar com suspeita de coronavírus na unidade será encaminhado para salas que vão acomodar enfermaria e UTI. O acesso a esse local será feito por uma entrada restrita.

O novo diretor médico do Hospital de Base, Eduardo Kowalsky, que foi apresentado na última terça (31), falou sobre a estrutura da unidade para receber os pacientes.  “Temos monitor cardíaco, aparelho de ventilação mecânica, leitos. Então a gente está se adequando à necessidade que vem pela frente. A gente vai ampliando isso conforme demanda da população. Como só tem um caso grave, que está na Santa Casa, a gente está se preparando para, se surgirem novos casos, a gente absorver essa população. Um paciente grave que chegar aqui vai ter o primeiro atendimento e, conforme a rede decidir, ele permanece aqui ou vai para a Santa Casa”, disse.

Enfermaria no Hospital de Base é reinaugurada


Uma ótima notícia para a população de Itabuna e região. Ontem (21/5), a Prefeitura de Itabuna através da Fundação de Assistência à Saúde (FASI), inaugurou a Enfermaria D, do Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães (HBLEM), que, agora, homenageia o benfeitor religioso da cidade, o pastor evangélico Hélio Lourenço, falecido em agosto de 2014.

Itabuna: Hospital de Base recebe melhorias


O Hospital de Base Luís Eduardo Magalhães entregará à comunidade regional, mais 40 novos leitos distribuídos nas enfermarias “C” e “F” que serão inauguradas no próximo dia 17. Além das camas e mesas de cabeceira de aço inoxidável, as novas unidades também contarão com aparelhos de ar condicionados e demais equipamentos necessários para proporcionar maior conforto aos internos e aos acompanhantes assistidos pelo hospital.

A presidente da Fundação de Atenção à Saúde de Itabuna (FASI), Márcia Rodrigues, que comemora a oferta de novos leitos, explicou que a inauguração das enfermarias só foi possível por causa da sensibilidade da juíza Eloína Machado, da 2ª. Vara do Trabalho de Itabuna que por meio de uma Ação Civil Pública movida pelo Ministério Público do Trabalho fez, mais uma vez, a doação de verbas destinadas a benfeitorias no Hospital de Base.

Já é a terceira enfermaria reformada este ano, por meio de doação de verbas repassadas pela juíza do Trabalho. No último mês de setembro, o HBLEM entregou aos pacientes a enfermaria “B”, com 38 novos leitos. A unidade havia passado por uma reforma completa, o que incluiu recuperação das redes elétrica e hidráulica, pintura, assentos sanitários, dentre outras melhorias, tudo com recursos do Tribunal Regional do Trabalho.

Hospital-de-Base-inaugura-duas-novas-enfermarias-foto-Waldir-Gomes
Duas novas enfermarias para melhor atender a população Foto: Waldir Gomes

Márcia Rodrigues ressalta a atitude positiva da juíza Eloina Machado, ao afirmar que ela tem uma visão sensível quando se trata da saúde pública em Itabuna. “A juíza Eloina Machado compactua com os mesmos compromissos do prefeito Fernando Gomes, em não medir esforços para garantir uma melhor qualidade de vida para a população não só de Itabuna, como também de outros 168 municípios pactuados”.

O diretor administrativo, Jorge Ribeiro, foi outro que também comentou sobre as novas enfermarias, destacando que os benefícios são enormes para todos. “Cada benfeitoria feita, seja na estrutura física, na aquisição de novos equipamentos ou na ampliação da oferta de serviços, representa maior conforto aos pacientes e acompanhantes como também melhora as condições de trabalho das equipes de médicos, enfermeiros e demais profissionais de saúde que se doam no dia a dia de trabalho”.