Ilhéus: pessoas com mais de 39 anos receberão a primeira dose da vacina no feriado


Marcelo Carvalho

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) informa que na próxima segunda-feira (28), feriado do aniversário de Ilhéus, realizará normalmente a vacinação contra a Covid-19 para o público com idade igual ou superior a 39 anos. As pessoas devem comparecer à Cruzada do Bem pelo Bem, ao Salão da Igreja São João Batista e aos pontos de drive-thru, montados na Avenida Soares Lopes, próximo ao Centro de Convenções, e na Praça São João Batista, no Pontal. Em todos os locais o serviço estará disponível das 8h às 12h ou enquanto durarem os estoques da vacina.

De acordo com a Sesau, foram repassadas 1.658 doses, divididas entre lotes da CoronaVac e da vacina da Pfizer, destinadas à primeira aplicação.  O público 39+ deve apresentar CPF; cartão do SUS; comprovante de residência e cartão de vacinação, caso possua.

A Secretaria de Saúde chama a atenção para um fato que tem se tornado corriqueiro, a migração por vacina, ou seja, pessoas vindas de outras cidades apresentam comprovante de residência de Ilhéus para serem imunizadas. A migração tem dificultado o serviço prestado, pois o contingente da campanha aumenta e o público preconizado não consegue ter acesso à dose na data estipulada no calendário.

O órgão lembra que a vacina é restrita aos seus munícipes, visto que a estratégia de imunização é regionalizada e as doses são distribuídas para atender o público local, conforme o número de habitantes. Embora a vacinação seja um direito garantido, os entes possuem autonomia para montar a estratégia de imunização, em atendimento às demandas locais. A Sesau pede a compreensão e esclarece que a garantia da eficácia do esquema vacinal depende da conscientização de todos.

Serviço – 1ª dose da vacinação contra a Covid-19

Data: 28/06/2021 (segunda-feira)

Horário: Das 8h às 12h

Locais:

– Cruzada do Bem pelo Bem

Endereço: Rua Teodoro Sampaio, Boa Vista – próximo ao Ginásio de Esportes Herval Soledade

– Salão da Igreja São João Batista – Pontal

Pontos de drive-thru:

– Avenida Soares Lopes – próximo ao Centro de Convenções

– Praça São João Batista – Pontal

Ilhéus abre cadastro para vacinação dos profissionais de imprensa


Marcelo Carvalho

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) abriu cadastro para os profissionais de imprensa com idade acima de 40 anos na vacinação contra a Covid-19 em Ilhéus. Segundo a Sesau, os interessados deverão enviar planilha para o e-mail: [email protected], constando as seguintes informações:

– Nome da empresa;

– Quantidade de colaboradores; 

– Nome completo e função de cada colaborador;

–  CPF e cartão do SUS;

– Telefone para contato

Os dados são fundamentais para planejar e organizar a aplicação da vacina, conforme novas doses forem repassadas ao município. É necessário comprovar o vínculo empregatício. O envio da planilha não garante a imunização imediata, mas agiliza o serviço, à medida que as doses estiverem disponíveis.

O grupo foi inserido na prioridade da vacinação, de acordo com a decisão da Comissão Intergestores Bipartite da Bahia (CIB-BA).

Crise no ensino infantil de Ilhéus


Julia Vitoria

Por conta da pandemia do novo coronavírus as escolas particulares de médio e pequeno porte estão com risco de fechar devido às poucas matrículas que estão tendo, em comparação ao ano passado as matrículas estão quase em zero, em reunião na Câmara Municipal os dirigentes responsáveis por 30 instituições particulares no município  fala que quase 70% dessas escolas podem fechar, mas relatam também que se manterão firmes. Os dirigentes relatam que não é só um prejuízo financeiro mas que os alunos de 0 a 5 anos estão em casa sem aulas e o ensino remoto que outras instituições adotaram não é recomendado para essa faixa etária nem pelo Conselho Municipal de Educação. Os dirigentes afirmam que estão preparados para receber os alunos de forma híbrida neste primeiro semestre. 

A Orientadora Educacional, Jamile Barreto, fala que eles querem ser ouvidos, Ela relata também que colocam as duas possibilidades de retorno nas mãos das autoridades. Em condições normais as salas de aulas tem 15 a alunos, a primeira proposta seria receber somente 7 alunos por sala e a outra propostas é ter grupos fixos em casa com aulas remotas para quem quiser e quem preferir  ir presencialmente ela ainda fala que Câmara de Vereadores de Ilhéus foi a primeira instituição a aceitar o debate e o presidente Jerbson Moraes a ouvir o grupo.  

Para o presidente Jerbson Moraes a educação infantil precisa ser tratada de forma diferente pois tem grande importância na formação da criança ele apoia a flexibilização mas fala que precisa ter segurança, pois corre o risco de ter prejuízos pela falta de contato que a escola pode proporcionar. Ele também falou que a Câmara vai providenciar este diálogo com as demais autoridades do município.

A advogada Janine Ramos e mas de aluno de uma das escolas falou que ela não tem como trabalhar se não puder deixar o filho na escola, mas também destacou que não se sente preparada para a formação pedagógica para  ensiná-los a domicílio. A advogada fala que não existe opção de formação que não é como quando se fecha alguns cursos mais avançados que você tem uma forma de seguir a rotina. 

Suspensão de shows, festas e música ao vivo é prorrogada até esta quarta em Ilhéus


Decisão foi publicada pela prefeitura nesta segunda-feira (4)

Thais Paim

Mesmo após a virada do ano novo, os cuidados com o avanço da pandemia do novo coronavírus seguem sendo intensificados. Um exemplo disso foi o decreto nº 007/21 publicado pela Prefeitura de Ilhéus, na noite desta segunda-feira (4). 

O documento publicado prorroga o decreto nº 007/21, que tem o objetivo de manter as medidas restritivas de combate a Covid-19, adotadas após avaliação do Gabinete de Crise sobre o cenário epidemiológico da cidade, considerando os dados divulgados diariamente pela Secretaria Municipal de Saúde (Sesau).

O decreto prevê que ficam suspensas até o dia 6 de janeiro do ano em curso a realização de shows, festas, públicas ou privadas, e similares, independentemente do número de participantes; as atividades relacionadas a feiras, circos e parques de diversões, inclusive, equipamentos de diversão como pula-pulas e afins e a disponibilização de música ao vivo em estabelecimentos comerciais, bares, restaurantes, clubes, hotéis e afins.

Ainda segundo a Administração Municipal, o objetivo é frear a transmissão da doença na cidade. Os estabelecimentos que descumprirem quaisquer das medidas restritivas estão sujeitos às penalidades previstas no decreto.