2ª Semana do Empreendedorismo Musical começa nesta segunda


Evento será transmitido através do Instagram 

Thais Paim

Um tema que desperta grande interesse das pessoas é como empreender no mundo da música, tão cobiçado e também tão concorrido. Para trazer um debate sobre esse assunto de forma ampla, a 2ª Semana do Empreendedorismo Musical acontecerá do dia 12 a 16 de julho, a partir das 19h. 

Para quem deseja acompanhar os conteúdos, o evento será totalmente online, gratuito e transmitido pelo perfil do Instagram @gugagoncalvesoficial.

Motivação para o projeto 

O organizador do evento, Gustavo Gonçalves, também conhecido como Guga Gonçalves, contou que o objetivo da iniciativa é inspirar estudantes e profissionais a enxergarem a música como um negócio altamente lucrativo. 

De acordo com Gonçalves, a música é um processo intangível, difícil de mensurar se fará sucesso ou não, fazendo com que seja um pouco mais difícil dos profissionais se destacarem. Apesar dessas circunstâncias, é também altamente lucrativo, uma vez que é um espaço onde empresas e marcas conseguem patrocinar e anunciar.

“Por exemplo, no Rock in Rio, há diversas marcas grandes patrocinando, além de fazer a economia girar, gerando empregos para produtores, pessoal da limpeza, segurança, gastronomia, técnicos e etc.”, explica o empreendedor. “Inclusive, no início da pandemia houve um investimento alto na música, laboratórios farmacêuticos, lojas de shopping e outros empreendimentos de campinas e região patrocinaram Lives e até mesmo convidaram músicos para participar das suas próprias Lives”, relata ele. 

Gustavo conta que com o evento, quer mostrar para os profissionais e estudantes de música as várias etapas presentes, desde a pré-produção, produção e pós-produção, além de abordar também assuntos como monetização no mercado musical, principalmente com as tecnologias streaming. Além disso, o organizador também destaca que percebeu uma mudança no cenário atual da música durante a pandemia. 

Confira abaixo as atrações do evento online:

Marcello Pompeu, da banda Korzus; Gustavo Missola, sócio proprietário da SALA V; Daniel Neves, curador e diretor da Conecta+ Música & Mercado; José Celso Rodrigues Guida, sócio fundador da CulturaXchange; Célio Ramos, dono e atual Diretor do IG&T-Instituto de Guitarra e Tecnologia; Marcelo Claret, fundador do Instituto de Áudio e Vídeo; a cantora Feh Simionato; Neila Abrahão, guitarrista e jurada do Reality Canta Comigo da TV Record; Maurício Adorno Cunha, CEO da Odery Drums, Jonas Henrique Campedelli e Silva, diretor da Timbres Instrumentos Musicais e Guga Gonçalves, produtor multimídia e coach personal branding.

Além dos conteúdos apresentados ao longo da semana, no último dia do evento será realizado um sorteio de uma guitarra. Para quem deseja participar, é só seguir o perfil @gugaconcalvesoficial no Instagram ou confirmar presença através do evento criado no Facebook, dessa forma você terá acesso ao link redirecionando para o Instagram no horário da transmissão.

Fonte: A Cidade ON 

Maju irá processar ex-diretor de TV Rodrigo Branco por racismo


O ex-diretor de TV Rodrigo Branco irá responder na Justiça sobre os comentários racistas que fez durante uma live no Instagram com a influenciadora digital Ju de Paulla, na noite de segunda-feira. Maria Júlia Coutinho, apresentadora do ‘Jornal Hoje’, já acionou seus advogados para avaliar a possibilidade de processar o rapaz.
Os administradores das redes sociais de Thelma Assis, participante do ‘BBB 20’, já se manifestaram avisando que vão tomar medidas cabíveis em defesa da sister. A médica e a apresentadora Maria Júlia Coutinho foram alvos diretos dos comentários do ex-diretor da Band.
Entre outras atrocidades, Rodrigo disse que “torcer por Thelma é racismo”, e que sua torcida existe apenas porque “ela é negra, coitada”. E ainda completou: “É a mesma coisa que falo da Maju Coutinho. Ela é péssima, é horrível. Eu assisti hoje e ela fala tudo errado. Ela só está lá por causa da cor”, afirmou. “Ela não tem uma carreira, ela nunca foi repórter de campo, ela fala tudo errado e eu como diretor de TV, vou te falar, ela lê o TP errado”, afirmou Rodrigo na conversa. Depois, ele gravou um vídeo pedindo desculpas pelas coisas que disse. Após várias denúncias, o Instagram derrubou a conta de Rodrigo Branco na tarde de ontem.