Veja como se inscrever no curso de empreendedorismo para pessoas trans


Aulas começam na próxima segunda-feira (26) 

Thais Paim

Começa nesta segunda-feira (19) o curso gratuito de empreendedorismo voltado à população trans. Se você se interessou pela oportunidade é só se inscrever através da internet. Lembrando que as aulas acontecem até sexta (23), das 19h às 22h, no canal do Youtube da Agência Besouro.

A coordenadora dos Direitos da Diversidade Sexual e de Gênero, Camila Rodrigues, explica um pouco sobre a iniciativa. “O objetivo do projeto é tirar as boas ideias do papel e fazer com que a comunidade trans conquiste, cada vez mais, sua autonomia”. 

A proposta do curso é usar a vivência de cada um dos participantes para a criação de um negócio com baixo ou nenhum custo. Ao final das 11 etapas do método, o aluno está pronto para tirar o negócio do papel. Nas aulas, são abordados temas como: produto/serviço, ações de divulgação, pesquisa de mercado, projeção de vendas, fluxo de caixa e comunicação.

O material didático inclui apostila, matriz e cartões, que auxiliam na visualização e organização da abertura e manutenção do negócio. Após o curso, o novo empreendedor e a nova empreendedora contam com acompanhamento por 90 dias (mentoria), para tirar dúvidas e assegurar a continuidade do negócio.

As aulas são uma parceria da coordenação dos Direitos da Diversidade Sexual e de Gênero da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), com o programa IGM Impulsiona, do Instituto General Motors (IGM), e executado pela Agência Besouro.

Fonte: G1 

Carteira Internacional de Vacinação poderá ser solicitada pela internet


O Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia poderá ser obtido por meio digital. O documento, indispensável para se ingressar em pelo menos 100 países, pode ser solicitado depois de a pessoa ser vacinada num posto do Sistema Único de Saúde ou numa clínica credenciada. Uma vez imunizada, a pessoa interessada pode se cadastrar e enviar uma solicitação para o site Portal de Serviços. Aprovado o pedido pela Anvisa, o cartão é enviado num prazo de até cinco dias para que o viajante possa imprimi-lo.

A mudança é fruto de uma parceria entre a Anvisa e a Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia. De acordo com a Anvisa, uma das comprovações mais solicitadas é de imunização contra a febre amarela. Países como a Austrália e Tailândia somente permitem a entrada com o documento.

Ilhéus se credencia para receber Programas de Internet grátis


O prefeito Mário Alexandre, credenciou Ilhéus, esta semana, junto ao Ministério da Ciência e Tecnologia, em Brasília, para a inclusão do município no Programa Internet para Todos, do governo federal. A primeira fase do programa deve começar em maio deste ano e, de acordo com o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTic), devem ser instaladas 200 antenas por dia em diversas regiões do País.

mario alexandreilheus
Prefeito de Ilhéus Mario Alexandre Foto: divulgação

Essa é uma conquista coletiva para todos que usufruem de serviços públicos, em especial cidades sem banda larga. Por exemplo: estudantes da rede pública terão acesso à rede e unidades básicas de saúde poderão usar o prontuário eletrônico. O Internet para Todos vai proporcionar, por exemplo, uma economia anual significativa no orçamento da saúde pública, já que, com a informatização, não serão repetidos exames, consultas e entregas de medicamentos.

O prefeito ressalta que o município de Ilhéus também já está inscrito no Programa Cidade Digital, graças ao apoio recebido do deputado federal Paulo Magalhães. O programa tem a missão de promover a inclusão digital nos municípios com foco na melhoria da qualidade dos serviços e da gestão pública, por meio da instalação de redes, pontos públicos de acesso à internet, sistemas de gestão na área pública e capacitação.

A cidade passa a oferecer internet gratuita em praças públicas e permite a instalação de câmeras inteligentes, que além de melhorar a gestão de problemas urbanos, como áreas de alagamento e congestionamento, também podem enviar alertas para policiais em tempo real. “E importante uma cidade como Ilhéus estar inserida em programas de inclusão digital. Estamos trabalhando por isso”, assegura Mário Alexandre.

 

Coleção iconográfica brasiliana com 2,5 mil obras é disponibilizada na internet


Duas mil e quinhentas obras iconográficas do acervo da Biblioteca Nacional, do Instituto Moreira Salles (IMS), do Itaú Cultural e da Pinacoteca de São Paulo estão disponíveis gratuitamente na internet no portal Brasiliana Iconográfica .

O acervo é focado em obras que dizem respeito à cultura e história do Brasil a partir do século 16, época em que começam a circular os primeiros mapas e livros sobre a América Portuguesa, com pinturas e estudos científicos sobre a natureza do país. As imagens vão desde a chegada dos portugueses no século 16 até o início do século 20.

O portal dará acesso às imagens em alta definição, com recurso de zoom para que as obras possam ser observadas em detalhes. Também estão disponíveis informações sobre cada peça: origem, temas, histórias e ficha catalográfica.

iconografia

Entre outras obras, a Biblioteca Nacional coloca no site desenhos originais de algumas das principais expedições científicas no território brasileiro, imagens que ilustraram publicações do século 19, e peças de artistas como Michelerie e Franz Keller.

Do acervo do Instituto Moreira Salles destaca-se o desenho Cidade de São Paulo (1825-1826), do artista inglês Charles Landseer, um dos únicos registros da área central da cidade do século 19, assim como a Cena na Rua Direita (atual Rua Primeiro de Março), do dinamarquês Paul Harro-Harring.

Do Itaú Cultural está disponível, entre outras obras, Povoado numa Planície Arborizada, óleo sobre madeira de Frans Post, datado do século 17, a primeira obra da Coleção Brasiliana Itaú. Entre os itens do acervo da Pinacoteca está uma das raras pinturas a óleo de Jean-Batiste Debret, datada de 1816, assim como um conjunto de desenhos em nanquim de Karl von Planitz para o álbum 12 vistas do Rio de Janeiro.

http://www.brasilianaiconografica.art.br/

Fonte: Agência Brasil

Cuidado com o Telefone.ninja


Mais um perigo ronda a internet. A Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) alerta para uma nova fraude na Internet. O site telefone.ninja, compartilhado em redes redes sociais, rouba dados dos usuários e espalha vírus associando a seu IP de acesso aos dados pesquisados, o chamado phising.

O site possui uma interface simples e, ao ser feita a pesquisa por nome, apresenta parte do endereço e telefones associados a uma pessoa.

O-site-telefone.ninja-é-um-exemplo-de-monstro-criado-por-internautas

O phising, segundo agentes da DRCI, é uma forma de fraude eletrônica, caracterizada por tentativas de adquirir fotos, músicas e outros dados pessoais ao se fazer passar por uma pessoa confiável ou uma empresa enviando uma comunicação eletrônica oficial.

Os agentes alertam que tais tipos de crimes são comuns em formas de links, imagens e MP3. Até a publicação desta reportagem, o site continuava no ar.

O preconceito atingindo limites extremos


Parentes de grávida desaparecida recebem trotes e mensagens racistas

Familiares da grávida Rayanne Christini, de 22 anos, desparecida na Central do Brasil, no Centro do Rio, no dia 13 de dezembro, estão recebendo trotes sobre o paradeiro da jovem e mensagens de cunho racista. Rayanne desapareceu após marcar um encontro na Central do Brasil para buscar doações de roupas para a filha que está para nascer. O bebê está previsto para o início de 2017. A jovem havia marcado o encontro com uma mulher, identificada como Lídia, que conheceu em um grupo de doações no Facebook. Ela iria até Magé, na casa da doadora, na Baixada Fluminense, para pegar as roupas.

De acordo com a tia da jovem, Jupira Costa, todos os dias a família recebe ligações, comentários e mensagens sobre um suposto paradeiro da jovem. Algumas, no entanto, são ofensivas.gravidez

– Muitas pessoas estão dizendo que é mentira, outras escrevendo coisas horríveis sobre ela na internet. Comentaram na internet que, por ser negra, o ‘valor do bebê seria baixo’ e que ‘não vale nem R$ 100’. Teve gente que disse que ‘destrincharia para tentar conseguir um dinheiro maior’. São pessoas monstruosas. Já recebemos muitas ligações. Já perdemos até a conta. Tem gente dizendo que ela foi vista em Caxias, na Central, no Hospital da Lagoa, hospital no Centro. Já enviaram mensagens para a gente falando até que já haviam encontrado o corpo dela. Quem não pode ajudar, não atrapalha. Já é um momento de muita dor – disse Jupira.

Na última terça-feira (20/12), quando o desaparecimento da jovem completou uma semana, Jupira disse que a família ainda não recebe notícias e o telefone de Rayanne permanece desligado:

— Ninguém imagina o desespero e a dor. Já fizemos tudo. A polícia está investigando, nós colamos cartazes e divulgamos fotos nas redes sociais. Todo mundo está tentando ajudar, mas até agora, nada. Na segunda-feira, fui à Cidade da Polícia, e disseram que estão procurando. Mais de três grupos de amigos foram para a Central, eu fui até Magé.