Cabelos bonitos e saudáveis e uma estima alta


Marcelo Carvalho

Primeiramente, no “vale tudo” para manter a auto estima em dia, cuidar da saúde e do bem estar dos cabelos é essencial para homens e mulheres. Nessa tarefa um bom cabeleireiro pode ajudar e muito.

Além disso, o profissional capilar, que pode atuar em salões de beleza ou mesmo de forma autônoma, alia talento, criatividade, bons produtos, simpatia para literalmente dar “um tapa” no visual da clientela.

Porém, engana-se quem acredita que a vida deste “artista” não possui desafios. “A carreira requer muito comprometimento e dedicação, além de um olhar atento às tendências”, esclarece o cabeleireiro Fábio Silva.

O amazonense revela que aprendeu a profissão aos 13 anos. ” Foi minha primeira profissão”, conta ele que após um período decidiu atuar como modelo e dançarino, indo trabalhar na distante China. “Fiquei lá por dois anos”, lembra.

Ao retornar ao Brasil, Silva decide voltar a retomar a profissão que tanto amava e monta o seu próprio negócio. “Estou há 13 anos na profissão, auxiliando os clientes a manterem sua estima elevada”, comemora.

Nesse interim, o profissional garante que esse trabalho lhe traz uma sensação muito boa. “É gratificante fazer o que se gosta e conseguir tirar dali o seu próprio sustento”, afirma.

O empresário, Fábio Silva, em frente ao seu salão Lufaro Studio Hair. Foto: arquivo pessoal

O Sucesso na Profissão

Celso Kamura, Anh Cotran, Marco Antonio de Braggi, Marcos Proença, bem como, Rodrigo Cintra são algumas das nossas referências quando o assunto é cabelos. Eles são os famosos hair stylists, que além de fazer os mesmos cortes e procedimentos que o cabeleireiro, trabalham como consultores de imagem.

Nesse sentido, os cabeleireiros conhecem os cortes e procedimentos existentes e os aplicam nos clientes, normalmente, como são solicitados.

Por isso. mesmo é importante buscar inovações e aperfeiçoamento profissional para ficar sempre a par das novas técnicas e produtos lançados e produtos lançados. “Tem que amar verdadeiramente a profissão, pois o cabeleireiro cria arte e trabalha com a sensibilidade, a autoestima e até mesmo os sonhos das pessoas”, finaliza Silva.

Uma das “obras” do cabeleireiro Fábio Silva. Foto: arquivo pessoal

Saiba Mais

Origem do Dia do Barbeiro

Essa data comemorativa foi instituída através da Lei nº 12.592, de 18 de janeiro de 2012. No seu artigo 5º, consta que a mesma deve ser comemorada no dia da promulgação da lei.

Acontece que a lei foi promulgada no dia 18, mas se tornou comum considerá-la no dia seguinte. Isso porque no artigo 6º consta que a lei entra em vigor na data da sua publicação, o que aconteceu em 19 de janeiro.

Enfim, o mesmo acontece com as comemorações relativas aos dias do barbeiro, esteticista, manicure, pedicure, depilador e maquiador.

Cursos de Cabeleireiro

https://www.institutoloreal.com.br/curso/curso-de-cabeleireiro-intensivo/

https://www.institutomix.com.br/cursos/cursos-de-beleza

https://mundodecursos.com.br/curso-cabeleireiro-senac/

Itabuna: Emasa investe para melhorar sistema de captação e distribuição


Com a regularização da vazão dos rios Cachoeira e Almada em função das chuvas que têm caído na região, o que permitiu suspender o racionamento em Itabuna, a diretoria da Empresa Municipal de Água e Saneamento –Emasa- vem investindo na aquisição de equipamentos visando reforçar a captação e a distribuição de água na cidade, que tem uma população superior a 200 mil habitantes. O presidente da Emasa, Jader Guedes, informa que nesta fase serão investidos R$ 500 mil em recursos próprios para a compra de equipamentos eletromecânicos e filtros.

Ele explica que na etapa inicial estão sendo adquiridos dois transformadores de 750 kva, sendo um deles já licitado e outro ainda em fase de licitação, complementados por um conjunto de motores e bombas, “que vão servir de reserva para a segurança do sistemas de captação de Ferradas e de Castelo Novo para Itabuna,” complementou.

material-novo-02

Jader Gouveia destaca ainda, que o projeto prevê ainda a aquisição de filtros e outros equipamentos voltados para a distribuição. Para ele, os técnicos da empresa e da Sedur estão atuando conjuntamente num projeto mais amplo e considerado prioritário: a implementação do plano municipal de saneamento básico, com a proposta para a implantação de saneamento básico em toda a malha urbana, numa cidade que concentra 98% da população do município. O projeto prevê o aporte de R$ 200 milhões a serem captados junto ao governo federal e à iniciativa privada.

 

O diretor técnico da Emasa, João Bittencourt, considera positivo a retomada de investimentos em equipamentos na empresa municipal, com foco na melhoria dos serviços prestados à população. Destaca ainda, que este ano está sendo concluída a barragem do rio Colônia, o que vai permitir a regularização do Cachoeira e uma garantir uma reserva de água para abastecimento de Itabuna nos períodos de estiagem prolongada.

Governo capacita comunidades terapêuticas


Com o objetivo de compartilhar informações e estimular práticas de respeito aos direitos humanos, disseminar informações referentes às legislações e diretrizes importantes para o funcionamento das Comunidades Terapêuticas, Centros de Reabilitações e outros serviços que atendem usuários de drogas em regime residencial temporário, a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (Justiça Social), a partir de hoje, dá continuidade ao processo de capacitação das 14 comunidades terapêuticas que trabalham com pessoas que fazem uso nocivo de substâncias psicoativas, em doze municípios baianos.

terapeuticas

Coordenadas pela Superintendência de Políticas Sobre Drogas e Acolhimento a Grupos Vulneráveis, em parceria com a Defensoria Pública do Estado, as Oficinas de Qualificação vão acontecer durante todo o ano.  Amanhã, a capacitação acontece a partir das 9h, na sede da Defensoria Pública do Estado, R. Pedro Lessa, 123, Canela.

Com um investimento total de R$ 7,3 milhões, os convênios com as 14 comunidades terapêuticas beneficiam, anualmente, 1.120 pessoas, nosmunicípios de Feira de Santana, Simões Filho, Dias D’Ávila, Alagoinhas, Barreiras, Vitória da Conquista, Irecê, Santo Estêvão, Senhor do Bonfim, São Sebastião do Passé, Ilhéus e Lauro de Freitas.

Serviços – As comunidades terapêuticas e centros de reabilitação são instituições que prestam serviços de atenção às pessoas que fazem uso intenso de substâncias psicoativas (SPA). Dentre os serviços ofertados, estão o acolhimento residencial transitório, atividades e ações de caráter psicossocial e físico, de reinserção social e o encaminhamento e articulação com a rede de atenção (saúde, educação, assistência social, dentre outros) no território, para atendimento aos residentes.

ASCOM/SJDHDS