Baleia Azul: Polícia Civil segue rastros de quadrilha


Após instaurar inquérito para apurar o aliciamento de crianças e adolescentes para o jogo ‘Baleia Azul’ no Rio, a Polícia Civil começa a desvendar rastros da quadrilha que tenta convencer as vítimas a tirar a própria vida. Cruzamento de dados iniciado pela Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) em redes sociais já permitiu à especializada obter indícios preliminares sobre os criminosos que estão por trás da rede de incentivo ao suicídio.

A delegada responsável Fernanda Fernandes mantém as informações sobre os suspeitos em sigilo para não atrapalhar as investigações. Mas ela já sabe que o primeiro contato dos aliciadores com as vítimas — a maioria delas tem de 12 a 14 anos — ocorre como um convite inocente para um jogo desafiador, por meio de redes sociais, sobretudo o Facebook. Ludibriados pela promessa de experimentar uma simples aventura virtual, os menores não sabem que estão sendo caçados por uma associação criminosa.

Segundo a delegada, uma vez capturado, o jovem é submetido ao perigo de uma profunda pressão psicológica. A vítima é coagida a cometer atos de automutilação, como desenhar uma baleia com objeto cortante no braço, entre outros desafios muito perigosos. A tarefa final, seria atentar contra a própria vida.

“Há relatos de que há uma coação para as vítimas não desistirem do jogo. Os relatos são de pressão psicológica mesmo, de que se a vítima não se matar, ela vai ser morta de qualquer jeito, ou então eles ameaçam parentes próximos. Enfim, há toda uma coação para convencer a vítima a entrar e não sair”, explica a delegada.

baleia azul2

Dois casos suspeitos no Rio de Janeiro foram identificados pela DRCI e fazem parte do inquérito. A investigação foi aberta no estado após a mãe de um menino de 12 anos denunciar que o filho foi convidado a participar do jogo pelo Facebook. A delegada comprovou que o jovem não chegou a jogar.

Ela investiga agora uma informação que recebeu, e ainda não confirmou, de problemas com uma menina de 12 anos na semana passada. Fernanda Fernandes quer saber se a menina teria agido induzida pelo jogo.

Após aceitar participar pelo Facebook, menor é ‘orientado’ pelo WhatsApp

A delegada disse não ter informações sobre um aplicativo específico do jogo. As pistas levantadas até agora indicam que, após o convite para o “desafio”, os curadores (como se autointitulam os organizadores do esquema) passam as tarefas diariamente para as vítimas por meio das próprias redes sociais. “Se a pessoa aceita participar do jogo, sai do Facebook e vai para o WhatsApp. Durante essa conversa, o menor deve passar todos os dados que identifiquem e que o localizem, assim como dos familiares”.

No Facebook, há diversas comunidades sobre o ‘Baleia Azul’. Nelas, perfis com fotos de criança pedem orientações para participar. “Oi, como posso jogar?”, questionou um menino. Uma internauta alertou: “Se entrar no jogo, não pode mais sair”.

Em escolas e grupos de mães no Rio, o assunto já preocupa. “Estou horrorizada e conversei muito com minha filha. Fiz ela ler e expliquei. Meu Deus, o que estão fazendo com nossas crianças? Só muita conversa e acompanhar de perto o que fazem na internet”, disse Anie Kesseli, mãe de uma menina de 11 anos.

baleia azul

Pais devem aumentar diálogo e vigilância

Para o psiquiatra Jorge Jaber, da Associação Brasileira de Psiquiatria, os pais devem estabelecer diálogo aberto para entender o que se passa na vida do filho. “É importante que não tenham atitude persecutória. O jovem tende a rejeitar tom de briga”.

Mãe de uma menina de 10 anos, Kátia Monique de Oliveira, 37 anos, disse que já orientou a filha, que já compartilha informações do risco do jogo com colegas. “Estou com muito medo. Já ouvi falar de outros jogos perigosos para jovens”, disse.

Se há mudança comportamental, a recomendação é procurar um profissional de saúde. “Proibir o acesso às redes é muito difícil. Por isso, os pais precisam ficar atentos aos conteúdos que os filhos acessam”, recomenda a psicóloga Ana Café.

O Facebook diz que proíbe o cadastro de menores de 13 anos e, se os perfis forem denunciados, podem ser removidos. Desde junho, a rede social disponibiliza ferramenta que incentiva amigos a relatar publicações de caráter depressivo. O autor recebe notificação com orientações para procurar ajuda.

Quatro suicídios relacionados ao Baleia Azul são investigados no Brasil, em Mato Grosso, Goiás, Paraíba e Minas Gerais. Na Rússia, mais de 100 casos foram relatados desde 2015. A orientação da delegada aos pais é procurar a DRCI sem denunciar o perfil suspeito ao Facebook, para evitar que a página seja excluída, o que dificulta o rastreio da polícia.

 

Ba x vi já tem 20 mil ingressos já foram vendidos


Cerca de 20 mil torcedores já possuem ingressos para o clássico Ba-Vi de domingo, 13, na Arena Fonte Nova, às 16h. O Bahia tem direito a 90% dos 44.700 bilhetes. Nesta sexta-feira, 11, informou que havia vendido mais de 12 mil, fora os 2,7 mil sócios do programa Arena Tricolor e outros 2,7 mil ingressos dados a patrocinadores.

Já o Vitória comercializou cerca de 2,6 mil de suas 4.470 entradas. As vendas seguem nas lojas Casa do Tricolor  (Bonfim, Pau da Lima, Salvador Norte Shopping, Bela Vista, Paseo Itaigara e Villas do Atlântico) para a torcida do Bahia, e na Fonte Nova para ambas.

650x375_venda-de-ingressos-bavi_1617008
Venda de ingressos do Bavi                       Foto: Luciano da Matta

Novo Estádio Lomanto Júnior é inaugurado


 

lomanto-junior-foto-10-marco-768x389
Estádio Lomanto Júnior Foto: Deivisom Ramos

A nova estrutura do Estádio Municipal Lomanto Júnior foi oficialmente inaugurada na noite de ontem, 10 de março, com a vitória por 1 a zero do time do Vitória da Conquista sobre o Sampaio Corrêa, do Maranhão. O jogo, válido pela quinta rodada da fase de grupos da Copa do Nordeste, pôs nas mãos – aliás, nos pés – da equipe conquistense a possibilidade de alcançar um feito inédito: classificar-se para a segunda fase da competição regional. Para isso, basta um empate na próxima partida, fora de casa, contra o Ceará.

No entanto, além de tudo isso, as atenções dos 3.048 torcedores presentes também estavam voltadas para o desempenho do novo gramado do Lomantão, que recebeu sua primeira partida oficial após o trabalho de substituição do antigo campo por outro, totalmente sintonizado com o que há nas principais arenas do país. A empresa responsável pelo trabalho, a Greenleaf Gramados, foi responsável pelos principais gramados utilizados na Copa 2014, e agora atua em espaços que receberão atividades das Olimpíadas 2016, no Rio de Janeiro.

Além disso, houve reforma nos vestiários, pintura completa do estádio, construção de novo sistema de drenagem, entre outras intervenções. O investimento total, incluindo essas melhorias paralelas, foi superior a R$ 1 milhão, vindos de recursos próprios.

A noite histórica, portanto, teve dois protagonistas: Toddynho, autor do gol da vitória, e o novíssimo gramado do estádio. Vejamos o porquê.

‘Evolução técnica’ – Antes do início da partida, quando os jogadores, perfilados, cantavam o Hino Nacional, os técnicos das duas equipes elogiavam a nova estrutura do estádio. “Obviamente que, quando se apresenta numa estrutura dessa, você tende a ter uma evolução técnica interessante”, declarou o treinador do Vitória da Conquista, Sérgio Araújo.

Aliás, isso não lhe era novidade, pois os jogadores do time local já haviam tido contato com o novo gramado. “A equipe treinou ontem aqui. Os meninos falaram muito bem do campo. Estão já num processo de adaptação e eu espero que isso aconteça o mais rápido possível. A gente espera que esse seja o primeiro de vários outros jogos na Copa do Nordeste”, disse Araújo.

O técnico do Sampaio Corrêa, Vinícius França, também gostou do que viu. “É uma praça esportiva tendo um processo de reformulação. Para a gente que trabalha com esporte, com futebol, é sempre muito importante, porque vê a valorização do poder público municipal, de sentir a importância que tem o esporte e o futebol como um todo”, disse o treinador visitante.

‘Trabalho excelente’ – Treinadores e jogadores não foram os únicos a perceber a qualidade do campo. Isso também foi notado pelos profissionais de imprensa, como o repórter Rodrigo Fragoso, do Esporte Interativo, canal responsável pela transmissão ao vivo da Copa do Nordeste para todo o país. “Realmente, é uma estrutura bacana, bonita de se ver. Bem pintado, o acesso é legal. O gramado, então, está impecável. Isso a gente falou na transmissão. A bola está rolando, pingando, o que, claro, faz com que o futebol fique mais bonito”, avaliou.

Essa também foi a opinião do experiente Edmundo Vieira, o “Dom King”, repórter de campo da Rádio Melodia de Vitória da Conquista. Aos 68 anos, trabalhando em transmissões de futebol para rádio desde 1968, ele garante que as condições da grama favoreceram a qualidade do futebol jogado pelas equipes.

“Só quem vai falar mal desse gramado é quem não tem conhecimento. É um gramado bom, que está bem compactado. É um pouco duro, porque a grama foi aparada bem rente, para a bola se movimentar melhor. Se deixá-lo um pouquinho mais alto, ele vai amortecer, vai ser um pouco mais macio”, analisou. “Agora, pode ter certeza: excelente o trabalho da Prefeitura. O povo só tem a agradecer”.

‘Condições de trabalhar’ – Após um primeiro tempo sem gols, a interpretação do jogo foi feita por um dos meias da equipe maranhense, Valderrama (cujos cabelos, loiros e em corte afro, lembram vagamente os do ex-jogador colombiano que lhe inspirou o apelido): “o gramado está em boas condições. Sobre o jogo, sabíamos que ia ser muito difícil. A equipe do Vitória da Conquista é bastante qualificada. É voltar na mesma pegada  no segundo tempo e, se Deus quiser, buscar o resultado positivo”.

Discurso semelhante ao do zagueiro Sílvio, capitão do time conquistense: “Um jogo disputado, como nós esperávamos. E o campo está no nível das arenas, da Fonte Nova, que é o principal campo do Estado. Então, está nos dando boas condições de trabalhar. Agora, é voltar para o segundo tempo e aproveitar esse campo bom aí para a gente ganhar esse jogo”.

Com ou sem planos divinos, as ‘condições’ acabaram sendo mais favoráveis à equipe liderada por Sílvio. Aos 42 minutos do segundo tempo, o jovem Toddynho, que há pouco substituíra Tatu, principal atacante do time, chutou em direção ao gol do Sampaio Corrêa: a bola desviou num defensor do time maranhense e enganou o goleiro Jean, indo parar no fundo das redes. O gol sofrido, comemorado entusiasticamente pela torcida, sacramentou a vitória do Bode.

‘Cem por cento’ – A leitura definitiva do jogo é de autoria de Toddynho – agora, também o autor do primeiro gol no Lomantão reestruturado. “Não só o gramado, como a torcida também apoiou a gente. Fechou com a gente, aqui. O gramado é de primeira linha. É isso aí: nós voltamos para dentro de casa. Agora, vamos ver quem nos segura”, comemorou o jogador, que foi revelado na edição de 2012 do Campeonato de Futebol da Zona Rural, competição amadora promovida pela Prefeitura.

Nas arquibancadas, a euforia foi proporcional aos esforços que resultaram no gol. O motorista Reginaldo Andrade gostou tanto do desempenho do time quanto da nova estrutura do Lomantão. “Sobre o estádio, achei perfeito. O gramado é muito bom. Os refletores ficaram ótimos, bem iluminados. A bola está rolando direitinho, o jogo está mais bonito. Com certeza, dá outro estilo de jogo para os adversários quanto para nós mesmos, que estamos jogando aqui”, afirmou.

“Cem por cento” foi a expressão utilizada pelo comerciário José Soares, ao se referir ao novo Lomantão: “o gramado ficou ótimo. E Conquista estava precisando desse estádio. Está de parabéns”.

Fogão irá completo para clássico com Flusão


Com a força máxima à disposição, Ricardo Gomes iniciou ontem os preparativos para o duelo com o Fluminense. Poupados de algumas atividades na semana passada, Luis Ricardo, Airton e Bruno Silva voltaram a treinar em General Severiano. O desgaste físico da equipe pesou na decisão do treinador de escalar nove jogadores reservas contra o Boavista. Jefferson e Ribamar foram os únicos titulares que começaram a partida.

No treino tático, Ricardo Gomes manteve o esboço da equipe-base com apenas nove peças: Jefferson, Luis Ricardo, Carli, Emerson, Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso e Gegê. Salgueiro, Neilton, Ribamar e Luis Henrique prometem uma acirrada disputa pelas últimas duas posições entre os titulares para o clássico.

Airton deve enfrentar o Fluminense Foto: Vitor Silva / SS Press
Airton pode voltar ao time contra o Fluminense
Foto: Vitor Silva / SS Press

Se depender de Fernandes, a definição das vagas continuará aberta. Autor do gol da vitória sobre o Boavista, o volante pretende semear a dúvida na cabeça do técnico alvinegro. Substituto de Bruno Silva, poupado devido a uma torção no tornozelo direito, Fernandes agradou.

“Nosso time foi bem, fui coroado com o gol. Foi muito bom voltar. Não chorei, mas fiquei bastante feliz. Cheguei a falar que estava com saudade. Eu posso ser titular, sim, pelo trabalho que estou fazendo, pelo jogo que fiz domingo, mas isso deixo para o professor. Não tem onze definidos, quem entrar tem que estar bem para fazer bons jogos”, disse Fernandes.

Depois de iniciar a temporada com 16 jogadores formados na base, o Botafogo decidiu apostar em outra joia: Victor Lindenberg, de 18 anos. O lateral-esquerdo foi promovido da equipe sub-20 para um período de experiência entre os profissionais.

Destaque da última edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior, ele teve o contrato prorrogado até o fim de 2017 e aumenta as opções de Ricardo Gomes, que já conta com Diogo Barbosa e Jean para a lateral-esquerda.

Vitória treina pesado para jogo de sábado


Vagner Mancini Foto: E.C.Vitória
Vagner Mancini técnico do Vitória             Foto: E.C.Vitória

 

O técnico Vagner Mancini vai começar terça-feira a preparação do time que jogará contra o Feirense, sábado, às 16 horas, no Barradão, pela quinta e penúltima rodada da fase de classificação do Baiano.

Ao reconhecer que o Vitória não esteve uma tarde feliz, neste domingo à tarde, Mancini admitiu que a derrota diante do Fluminense permitirá tirar muitas lições.

“O Vitória não vai ganhar todas as partidas, embora a gente acreditasse que diante de adversários inferiores a gente deveria ganhar”, observou.

Para o próximo jogo, o time vai treinar terça-feira em dois períodos, quarta-feira à tarde, quinta e sexta-feira pela manhã.

Flamengo dá show


Flamengo vence Resende por 5X0 Foto: Gilvan de Souza
Flamengo vence Resende por 5X0 Foto: Gilvan de Souza

 

O Flamengo está garantido na próxima fase do Carioca. Para vencer o Resende, o Rubro-Negro só precisou pressionar os rivais no começo dos dois tempos. Com dois gols no início em cada etapa, a equipe da Gávea derrotou o time do Sul Fluminense, Sheik ainda fez mais um no fim e o Fla venceu a partida por 5 a 0 e garantiu a classificação para a segunda da competição.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 5 X 0 RESENDE

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Árbitro: Luis Antonio Silva dos Santos
Cartões amarelos: Guerrero (Flamengo) e Jeff Silva (Resende)
Cartões vermelhos: Não houve.
Público e renda: 7.605 pagantes / R$ 188.760,00
Gols: Emerson, 1’/1°T (1-0); Marcelo Cirino, 5’/1° T (2-0); Marcelo Cirino, 6’/2° T (3-0); Gabriel, 7’/2° T (4-0); Emerson, 38’/2° T (5-0)

Flamengo: Paulo Victor, Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Cuéllar, Willian Arão e Mancuello (Everton, 38’/1°T e depois Gabriel, no intervalo); Marcelo Cirino (Felipe Vizeu, 38’/2° T), Emerson e Guerrero. Técnico: Muricy Ramalho.

Resende: Arthur, Muriel, Lucão, Thiago Sales e Kim; Gustavo Moura, Léo Silva, Robinho e Marcel (Jeff Silva, 37’/2°T); Wandinho (Báez, 9’/2°T) e Borja (Jeferson Silva, 9’/2°T). Técnico: Ailton.