Ilhéus: IBGE lança processo seletivo para o censo 2022 com vagas


Marcelo Carvalho

O IBGE com apoio da Prefeitura de Ilhéus divulga vagas para contrato temporário do Censo 2022. Estão abertas as inscrições para três Processos Seletivos Simplificados (PSS), realizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), para o cargo de Agente Censitário Municipal (ACM), Agente Censitário Supervisor (ACS), e Recenseador. São 2 vagas para Agente Censitário Municipal, 16 vagas para Agente Censitário Supervisor e 147 vagas para Recenseador na cidade de Ilhéus. O local de trabalho será no próprio município.   

O período de inscrição vai até 29/12/2021 e a taxa é de R$ 60,50 para os cargos ACS e ACM, e de R$57,50 para o cargo de Recenseador. O edital na íntegra pode ser acessado pelo link direto https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21 ou clique aqui

Informações sobre o Processo Seletivo Simplificado para o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE podem ser obtidas pelo telefone 0800 2834628 e pelo e-mail [email protected] O processo seletivo busca selecionar candidatos para realização do Censo Demográfico 2022, conforme constam nos Editais.

Também está disponível no site do IBGE (www.ibge.gov.br) a solicitação de devolução das taxas de inscrição dos Processos Seletivos Simplificados (PSS) cancelados do Censo Demográfico 2021 (Agente Censitário Municipal/Agente Censitário Supervisor e Recenseador). Clique aqui e acesse o link de inscrição. O edital na íntegra pode ser acessado pelo link direto https://conhecimento.fgv.br/concursos/ibgepss21. Foto em destaque: divulgação IBGE.

Pensando em fazer intercâmbio? Veja quais são os melhores destinos


Trabalhar e estudar pode ser uma excelente opção para quem busca economizar 

Thais Paim

O sonho de fazer intercâmbio faz parte da realidade de muitos brasileiros e com tantos lugares para conhecer, a escolha de qual destino investir pode ser uma tarefa bem difícil. 

Intercâmbio é um programa no qual estudantes ou profissionais passam um determinado tempo morando em outro país. Seja para realizar um curso de idiomas, um voluntariado, imergir em uma nova cultura, ou se profissionalizar em uma determinada área, existem inúmeras variedades de destinos disponíveis e por isso trouxemos algumas opções para te auxiliar. Confira! 

O país mais barato para os intercambistas 

O sonho de conhecer outras culturas, criar novos vínculos e viajar pelo mundo faz parte da lista de desejos de muitos brasileiros. Entretanto, com a oscilação do dólar e do euro, muitos acreditam que fazer intercâmbio se tornou um luxo impossível. 

Em partes, isso se torna verdade quando buscamos viajar para os destinos mais badalados. Mas o que poucos sabem é que existem países menos conhecidos que oferecem a mesma experiência que esses centros, mas com um custo que cabe dentro do orçamento. 

Essa é a realidade de viajantes que escolhem o país Malta como destino. Localizado no continente Europeu, Malta é um pequeno país formado por um conjunto de três ilhas, localizado entre o Sul da Itália e o Norte do continente africano. Malta oferece um custo de vida baixo, alta qualidade de vida, lazer, moradia e alimentação. 

Como a língua oficial da ilha é o inglês, existem diversas escolas de idiomas para estrangeiros, o que torna Malta um destino ideal para estudantes que queiram se aperfeiçoar na língua ou aprendê-la. Conhecida por suas paisagens de tirar o fôlego, Malta é o destino perfeito para aqueles que querem economizar e curtir.

Estudando e trabalhando no exterior 

O intercâmbio work study é a opção ideal para aqueles que querem conhecer novas culturas sem gastar muito. Para aqueles que querem aprender a língua espanhola, o melhor destino é a cidade de Valência, na Espanha. A economia espanhola é desenvolvida e o país permite que você trabalhe 20 horas por semana a partir de apenas 4 semanas de estadia. 

Além de Malta, outro país preferido dos estudantes intercambistas é a África do Sul. O país possui a língua inglesa como oficial e um custo de vida razoável em comparação ao do Brasil. 

O destino é uma escolha perfeita para aqueles que querem estudar e explorar a rica biodiversidade desse país africano. Além das paisagens, a população sul-africana é receptiva, a culinária diversificada e as oportunidades de voluntariado são variadas: o que torna a experiência na África do Sul única. Fonte: Fala Universidades! 

Inscrições para concurso do Banco do Brasil terminam neste sábado


São oferecidas 4.480 vagas 

Thais Paim

Se você deseja participar do concurso público do Banco do Brasil e ainda não se inscreveu, tem até este sábado (07) para realizar a sua inscrição. Estão sendo ofertadas 4.480 vagas, sendo 2.240 imediatas e 2.240 para formação de cadastro de reserva, para todos os estados e o Distrito Federal. 

A seleção é para o cargo de escriturário, com os nomes de relacionamento de agente comercial e agente de tecnologia. Para se inscrever basta acessar o site da Cesgranrio até as 23h59 deste sábado, e têm valor de R$ 38,00.

Confira a divisão das vagas:

2 mil vagas para Escriturário – Agente Comercial, mais 2 mil de cadastro reserva, para atuação nas unidades de negócios em todos os estados e no Distrito Federal;

240 vagas de Escriturário – Agente de Tecnologia, e outras 240 para cadastro de reserva, com foco em Conhecimentos de TI, para vagas somente no Distrito Federal.

Exigências e remuneração

Para participar da seleção, é preciso ter certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, e idade mínima de 18 anos completos, até a data da contratação.

A remuneração inicial é de R$ 3.022,37, para jornada de 30 horas semanais. O banco oferece ainda ajuda alimentação/refeição de R$ 831,16 por mês e, cumulativamente, concede cesta alimentação no valor mensal de R$ 654,87.

Há possibilidade de ascensão e desenvolvimento profissional; participação nos lucros ou resultados; vale-transporte; auxílio-creche; auxílio a filho com deficiência e previdência complementar. Os funcionários do BB possuem ainda acesso à Universidade Corporativa Banco do Brasil (UniBB).

Sobre as vagas 

5% do total das vagas são reservados para pessoas com deficiência e 20% para candidatos que se autodeclararem pretos ou pardos.

O concurso terá provas objetivas e redação, previstas para o dia 26 de setembro, e seguirá os protocolos de prevenção à Covid-19.

As provas objetivas terão questões de Conhecimentos Básicos (25 questões): Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Atualidades do Mercado Financeiro; e Conhecimentos Específicos (45 questões), de acordo com a vaga pretendida:

Fonte: G1 

Confira 3 erros que todo empreendedor deve evitar


Apesar de não existir uma receita infalível, alguns cuidados podem ser adotados 

Thais Paim

Todo empreendedor provavelmente já se fez essa pergunta: como criar uma empresa de sucesso e ganhar dinheiro? A receita infalível não existe, mas quem carrega anos de experiência no mercado pode ter algumas dicas muito úteis para ensinar. 

Quando decidimos empreender e, assim, arriscar nossa pele em um ambiente muitas vezes hostil e desconhecido, percebemos que contamos muito mais com nosso feeling para a sobrevivência nos negócios do que propriamente com um manual de instruções pronto.

Quer dizer então que as boas práticas não existem no empreendedorismo? Claro que existem. E elas são muito úteis. Porém, se apostarmos todas as nossas fichas em experiências alheias é provável que tenhamos mais fracassos do que acertos.

O motivo? No ambiente empreendedor, o sucesso acaba sendo supervalorizado, enquanto os erros são varridos para baixo do tapete. Afinal, ninguém gosta de perder e admitir isso em público.

Pensando nisso, reunimos 3 erros mais comuns entre empreendedores.

1 – Sociedade baseada na amizade

É muito importante empreender ao lado de pessoas que conhecemos e confiamos, como amigos e familiares. Afinal, trazemos para perto de nós pessoas de nossa convivência diária. Contudo, se a sociedade estiver baseada apenas nesse critério, nem a sociedade nem a amizade provavelmente vai durar muito tempo.

Não deixe de avaliar a competência dessas pessoas. 

2 – Negócios aleatórios

Quando escolhemos uma carreira profissional, geralmente procuramos áreas que refletem nossas habilidades, gostos e valores. Nos negócios, a lógica deve ser a mesma. Empreender por empreender pode provocar grandes prejuízos pessoais e financeiros. Invista seu tempo e seu dinheiro em algo que possa ser rentável e satisfatório.

3 – Terrenos desconhecidos

Se você não sabe onde está pisando, provavelmente terá de delegar a administração da empresa para alguém que saiba. Delegar é bom, mas ceder a gestão a outras pessoas pode ser um tiro no pé. Por isso, antes de se arriscar em terrenos desconhecidos, procure aprender tudo a respeito desse novo segmento. Pesquise, estude, prepare-se.

Fonte: Valor Investe 

Inscrições para concurso do Banco do Brasil são prorrogadas; confira


Candidato precisa ter nível médio de escolaridade e a remuneração inicial é de R$ R$ 3.022,37

Thais Paim

Para quem deseja participar do concurso do Banco do Brasil, mas ainda não conseguiu fazer sua inscrição, essa é uma excelente notícia. O processo de inscrição foi prorrogado até o dia 07 de agosto e conta com um total de 4.480. 

São 2.240 imediatas e 2.240 para formação de cadastro de reserva, para todos os estados e o Distrito Federal. A seleção é para o cargo de escriturário, com os nomes de relacionamento de agente comercial e agente de tecnologia.

Antes desse anúncio, as inscrições iriam ser encerradas nesta quarta, mas agora podem ser feitas pelo site da Cesgranrio até as 23h59 de 7 de agosto, e têm valor de R$ 38,00.

Veja como será a divisão das vagas:

2 mil vagas para Escriturário – Agente Comercial, mais 2 mil de cadastro reserva, para atuação nas unidades de negócios em todos os estados e no Distrito Federal;

240 vagas de Escriturário – Agente de Tecnologia, e outras 240 para cadastro de reserva, com foco em Conhecimentos de TI, para vagas somente no Distrito Federal.

Lembrando que para participar da seleção, é preciso ter certificado de conclusão ou diploma de curso de nível médio, e idade mínima de 18 anos completos, até a data da contratação.

A remuneração inicial é de R$ 3.022,37, para jornada de 30 horas semanais. O banco oferece ainda ajuda alimentação/refeição de R$ 831,16 por mês e, cumulativamente, concede cesta alimentação no valor mensal de R$ 654,87.

Do total, 5% das vagas são reservados para pessoas com deficiência e 20% para candidatos que se autodeclararem pretos ou pardos.

Sobre o processo 

O concurso terá provas objetivas e redação, previstas para o dia 26 de setembro, e seguirá os protocolos de prevenção à Covid-19.

As provas objetivas terão questões de Conhecimentos Básicos (25 questões): Língua Portuguesa, Língua Inglesa, Matemática e Atualidades do Mercado Financeiro; e Conhecimentos Específicos (45 questões), de acordo com a vaga pretendida.

Serão ofertadas vagas em dependências situadas em todos os estados e no Distrito Federal. No momento da inscrição, o candidato deverá escolher a UF/Macrorregião/Microrregião e a cidade de realização das provas.

Ou seja, ao optar por concorrer à determinada UF/Macrorregião/Microrregião, o candidato estará automaticamente vinculado a ela para fins de realização de provas, de classificação e de contratação.

A seleção tem validade de um ano, a contar da data de publicação do edital de homologação dos resultados finais, podendo ser prorrogada, uma única vez, por igual período. Ou seja, é nesse período que o banco pode chamar os candidatos aprovados.

No caso das dentro do cadastro de reserva, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Fonte: G1

Pensando em abrir um negócio? Série com foco no empreendedorismo traz diversas dicas


Conteúdos podem auxiliar nos primeiros passos do novo empreendedor

Thais Paim

Quem deseja começar um negócio sabe que é preciso muitos processos. A pesquisa, o investimento, estratégias de marketing e autogestão, mas a lista não para por aí. Com tantas informações é muito comum se sentir confuso e um pouco perdido. Foi pensando nisso que a TV Jornal está exibindo a série de vídeos “Minuto do Empreendedor”, uma realização da UNINASSAU com temas voltados para o empreendedorismo.

Além dos vídeos, que serão exibidos de segunda-feira (26) a sexta-feira (30), durante o TV Jornal Meio-Dia, o programa Edição do Meio-Dia, da Rádio Jornal, também irá divulgar os diferentes temas abordados pelos professores da instituição, entre eles: Estratégias de Marketing, Autogestão, Neuroarquitetura, Trabalhabilidade e Tendências de Mercado.

Se você não acompanhou o conteúdo exibido, o primeiro vídeo da série fala sobre Estratégias de Marketing. O professor da UNINASSAU e consultor de empresas, Hans Stephan, abordou como os empreendedores podem investir em marketing digital e físico para alcançar resultados favoráveis para o seu negócio. Confira clicando aqui

A professora e doutora em microfinanças, Paula Callado, também apresentou um conteúdo muito importante e trouxe para o Minuto do Empreendedor pontos de destaque sobre a autogestão. Quais são as suas dificuldades e como criar hábitos para melhorar a gestão do tempo, atividades e finanças? Entenda mais sobre o tema:

Para falar de Neuroarquitetura, a professora da UNINASSAU e especialista no assunto, Maiana Araújo, detalhou como essa nova área pode contribuir para o empreendedorismo.

Se você se interessou pelas informações e quer acompanhar esse conteúdo, é só acessar o perfil no YouTube JC360.

Fonte: NE10 

Rede social lança nova ferramenta para ajudar usuários a encontrarem emprego


Programa ainda está em fase de testes 

Thais Paim

Se você adora redes sociais, provavelmente vai ficar empolgado com essa notícia. O TikTok lançou recentemente uma plataforma para usuários se candidatarem a vagas de emprego de uma forma diferente e mais descontraída. 

A proposta é que ao em vez do currículo tradicional, os candidatos poderão mandar vídeos curtos para se apresentarem às empresas e, caso realmente gere engajamento, pode surgir uma nova tendência no mercado. 

O programa piloto foi batizado de TikTok Resumes e ainda está na fase de teste, que acontecerá no dia 31 de julho e ficará restrito a vagas oferecidas por empresas nos Estados Unidos. 

Os recrutadores podem publicar as ofertas de emprego no site criado pela rede social, e os usuários podem se inscrever enviando um vídeo com a hashtag #TikTokResumes, ao estilo das novas comunicações.

Segundo a rede social, 37 empresas, incluindo o TikTok, já estão destacando suas vagas de emprego no site. Na página, os candidatos são orientados a não incluírem dados pessoais, como número de telefone e e-mail, nos vídeos.

“O TikTok Resumes está oficialmente aberto e aceitando currículos de vídeo do TikTok”, disse o chefe global de marketing da rede social, Nick Tran.

“Estamos honrados por podermos fazer parceria com algumas das marcas mais admiradas e emergentes do mundo, enquanto testamos uma nova maneira para os candidatos a empregos mostrarem suas experiências e habilidades de maneiras criativas e autênticas”, acrescentou.

Como os seguidores receberam a notícia 

Nick Tran afirmou que a hashtag #CareerTok já é muito popular entre os usuários. “Mal podemos esperar para ver como a comunidade vai adotar o TikTok Resumes e ajudar a reimaginar o recrutamento e a descoberta de empregos”, afirmou.

Ainda segundo informações, empresas como a cadeia de restaurantes Chipotle, a marca de roupas Abercrombie & Fitch, a plataforma de comércio eletrônico Shopify e a varejista Target são algumas das que estão usando o recurso para recrutar jovens com menos de 25 anos.

A expectativa da Chipotle é de que essa nova iniciativa ajude a recrutar 15.000 funcionários adicionais.

Veja como os pratos típicos são oportunidade de negócio durante todo o ano


Senai está oferecendo minicursos on-line 

Thais Paim

Se você está sem uma fonte de renda ou já tem um negócio do setor de alimentos, o São João em casa pode representar uma oportunidade para todo o ano. Em 2020, foi registrado recorde no número de novos Microempreendedores Individuais (MEIs) em cinco anos: 2,6 milhões. Desses, 106 mil são do setor Fornecimento de Alimentos para Consumo Domiciliar, o terceiro setor com maior crescimento em comparação com 2019. 

Pensando em ajudar os empreendedores de todas as regiões do país a se profissionalizarem e não perderem a ocasião, o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) está com minicursos on-line e gratuitos de comidas típicas em uma nova plataforma de capacitação em vídeos, chamada SENAI Play.

Sobre a plataforma 

Além das receitas, o aluno também aprende boas práticas de fabricação e mise en place – etapa importantíssima do preparo, de organização dos ingredientes nas quantidades corretas. Os cursos têm de duas a 19 horas de duração e incluem até um momento de perguntas e respostas para garantir que o futuro chef esteja preparado.

Na lista dos cursos oferecidos na plataforma do SENAI Play, também aparecem ingredientes e pratos dignos de polêmica. Quem nunca entrou em uma discussão “é macaxeira, mandioca ou aipim?”, que também tem o nome de castelinha, uaipi, mandioca-doce, mandioca-mansa, maniva, maniveira, pão-de-pobre, mandioca-brava e mandioca-amarga. E se apresenta como um ingrediente versátil e capaz de render diversos pratos.

O milho, por exemplo, é ingrediente obrigatório no cardápio junino. E tem uma explicação: junho é o mês da colheita de cereal – e quem ajuda nessa missão, garantindo as chuvas no período que antecede, é São Pedro, um dos três santos homenageados no período, ao lado de São João e Santo Antônio. Pamonha, canjica, cuscuz, pipoca, milho cozido e bolo de milho são alguns dos doces e salgados mais consumidos.

Símbolo da cultura nordestina, o forrozeiro Genival Lacerda cantava sobre “o mungunzá bom danado”, uma das iguarias que migrou da região e recebeu outros nomes, como manguzá, mukunza, mucunzá, canjica e chá de burro.

Fonte: Portal da Indústria 

Esperando uma oportunidade? Feirão da Caixa com 180 mil imóveis começa nesta sexta-feira


Evento online acontece até dia 04 de julho 

Thais Paim

A Caixa Econômica iniciou hoje (25) o 1º Feirão Digital da Casa Própria da Caixa Econômica Federal (CEF), que terá imóveis com possibilidade de financiamento total – ou seja, de 100%, sem pagamento de entrada e com carência de até 6 meses para iniciar o pagamento das prestações.

A abertura do site foi realizada às 10 horas e estará disponível até 4 de julho, e vai oferecer cerca de 180 mil imóveis em todo o país, com a participação de mais de 800 construtoras, segundo o banco. A expectativa é que o evento movimente cerca de R$ 10 bilhões em novos negócios.

Quer participar, mas não sabe como? Confira as principais dúvidas 

Como acessar

O acesso ao evento poderá ser feito entre os dias 25 de junho e 4 de julho, pelo http://www.caixa.gov.br/feirao.

Quem poder participar

Todas as pessoas interessadas em adquirir um imóvel, além de existir opções para todos os públicos.

Imóveis ofertados 

Serão ofertados 180 mil imóveis novos e mais de 6 mil imóveis Caixa, localizados em todo o país.

Taxas e condições

Para a compra dos 6 mil imóveis Caixa, será possível financiar até 100% do valor, com taxas a partir de TR + 2,5% ao ano + poupança. O prazo de financiamento é de até 35 anos. Nesta modalidade o cliente também poderá optar por carência de 6 meses para início do pagamento da parcela de juros e amortização. Esses imóveis serão anunciados com um valor mínimo, e o comprador será aquele que apresentar a maior proposta.

Para os demais imóveis, o financiamento será em até 35 anos, com taxas a partir de TR + 3,35% ao ano + poupança. Também será possível optar por um prazo de carência de 6 meses para início do pagamento da parcela de juros e amortização. No caso desses imóveis, cabe negociação. Os interessados poderão apresentar à incorporadora uma proposta com valor abaixo do anunciado.

Prédio da Caixa Econômica. Foto: Marcelo Camargo Agência Brasil

Como participar?

É preciso acessar o site do feirão e ter o aplicativo Habitação Caixa no celular.

Para imóveis Caixa:

Acesse http://www.caixa.gov.br/feirao

Clique em “Pesquise seu imóvel”

Após encontrar sua casa própria, clique em “Simule seu financiamento”

Decidiu que vai comprar? Apresente sua proposta on-line e participe das disputas. Você será direcionado ao portal “X Imóveis” (www.caixa.gov.br/ximoveis), para cadastro e formalização da proposta.

Para os demais imóveis:

Acesse http://www.caixa.gov.br/feirao

Clique em “Pesquise seu imóvel”

Após encontrar sua casa própria, clique em “Simule seu financiamento”

Solicite atendimento do vendedor através do chat

Decidiu que vai comprar? Solicite atendimento de um correspondente Caixa Aqui através do chat, e envie sua proposta pelo app Caixa Habitação.

Fonte: G1 (Foto capa: Tânia Rego Agência Brasil)

Programa Cidadão Digital tem inscrições abertas até 20 de abril


Não é possível transformar a internet em um lugar mais seguro e cidadão se não envolvermos quem está ocupando de fato esses espaços digitais. 86% dos brasileiros entre 9 e 17 anos estão conectados à internet, ante 70% da média geral. É o percentual mais alto entre as faixas etárias no país, segundo a pesquisa TIC Kids Online Brasil 2018, saltando para 94% entre os adolescentes de 15 a 17 anos de idade.

É por isso que nós da SaferNet Brasil, ONG referência na defesa e na promoção dos direitos humanos na internet, buscamos colocá-los no centro de nossas atividades.  Por meio do nosso curso EAD, voltado para educadores da rede pública de ensino, já impactamos mais de 2 milhões de brasileiros em idade escolar. Agora, queremos ampliar o alcance das ações de conscientização sobre o uso responsável e crítico da internet através da formação de jovens multiplicadores em todo o país.

Assim nasceu o programa Cidadão Digital, uma parceria da SaferNet com o Facebook, que pretende democratizar o acesso a informações sobre educação, bem-estar e segurança na internet por meio de ações de mobilização online e atividades presenciais lideradas por jovens mobilizadores nascidos na era digital. De maio a dezembro de 2020*, 10 jovens selecionados receberão formação, mentorias e uma bolsa mensal para atuarem como embaixadores do projeto em sua região. As inscrições para o processo seletivo estão abertas. Escolas e projetos sociais podem cadastrar suas instituições para receberem ações dos jovens selecionados.

Se você tem entre 19 e 25 anos e se interessa por temas relacionados à cidadania digital, não deixe de se inscrever! Se conhece alguém que tenha esse perfil ou tem uma base de seguidores que pode fazer essa oportunidade chegar a mais pessoas, compartilhe nas suas redes sociais ou e-mail.

Falar sobre cidadania digital de um jeito simples, didático e convidativo é um desafio que a gente abraça diariamente em ações e campanhas realizadas com nossos parceiros, como o #ÉDaMinhaConta, de combate ao bullying,  o #DigitalSemPressão, sobre bem-estar digital e o #PareaSextorsão. O programa Cidadão Digital é mais um movimento nesse caminho. E, mais uma vez, a gente conta com você.

Equipe SaferNet Brasil

 

SAIBA MAIS SOBRE O PROGRAMA CIDADÃO DIGITAL

O que é o programa?

É um projeto SaferNet Brasil com o apoio do Facebook para formação de jovens multiplicadores na área de cidadania e educação digital.

Até  dezembro de 2020, jovens de 10 UFs atuarão nas suas comunidades, desenvolvendo estratégias de mobilização digital e atividades presenciais em escolas e projetos sociais.

Quem pode se inscrever?

Jovens de 19 a 25 anos que estejam cursando ou possuam ensino superior ou que tenham uma atuação reconhecida como mobilizador social na sua região.

A ficha da inscrição está em www.safernet.org.br/cidadania-digital e segue até o dia 20/04*.

Como funciona a seleção?

Para a primeira etapa, após a análise das fichas de inscrição, 30 jovens serão convidados para a próxima fase. Eles participarão de webinars com especialistas da área de bem-estar, cidadania e segurança digitais.

Após essa etapa, serão selecionados os 10 jovens, que serão embaixadores do projeto.

O que o embaixador fará?

Após passar pela formação e mentoria com especialistas na área de checagem de informação, bem-estar, educação e segurança digital, eles desenvolverão estratégias de mobilização e promoverão atividades presenciais* e online.

Cada embaixador receberá uma bolsa auxílio mensal de até R$ 1.500,00 durante o programa.

Não posso me inscrever no programa, mas gostaria de participar ou ajudar de alguma forma. É possível?

Sim! Se você é influenciador, compartilhe a convocação para as inscrições do programa entre seus seguidores marcando a @safernetbr. Se você é educador, divida a oportunidade entre seus alunos e registra sua escola para receber as atividades do programa. Se você é mobilizador, divulgue a iniciativa nas suas redes sociais.

*As ações presenciais ocorrerão em cronograma ajustado a partir da reabertura oficial das instituições, seguindo normas do Ministério da Saúde em relação à Covid-19.