Crise no ensino infantil de Ilhéus


Julia Vitoria

Por conta da pandemia do novo coronavírus as escolas particulares de médio e pequeno porte estão com risco de fechar devido às poucas matrículas que estão tendo, em comparação ao ano passado as matrículas estão quase em zero, em reunião na Câmara Municipal os dirigentes responsáveis por 30 instituições particulares no município  fala que quase 70% dessas escolas podem fechar, mas relatam também que se manterão firmes. Os dirigentes relatam que não é só um prejuízo financeiro mas que os alunos de 0 a 5 anos estão em casa sem aulas e o ensino remoto que outras instituições adotaram não é recomendado para essa faixa etária nem pelo Conselho Municipal de Educação. Os dirigentes afirmam que estão preparados para receber os alunos de forma híbrida neste primeiro semestre. 

A Orientadora Educacional, Jamile Barreto, fala que eles querem ser ouvidos, Ela relata também que colocam as duas possibilidades de retorno nas mãos das autoridades. Em condições normais as salas de aulas tem 15 a alunos, a primeira proposta seria receber somente 7 alunos por sala e a outra propostas é ter grupos fixos em casa com aulas remotas para quem quiser e quem preferir  ir presencialmente ela ainda fala que Câmara de Vereadores de Ilhéus foi a primeira instituição a aceitar o debate e o presidente Jerbson Moraes a ouvir o grupo.  

Para o presidente Jerbson Moraes a educação infantil precisa ser tratada de forma diferente pois tem grande importância na formação da criança ele apoia a flexibilização mas fala que precisa ter segurança, pois corre o risco de ter prejuízos pela falta de contato que a escola pode proporcionar. Ele também falou que a Câmara vai providenciar este diálogo com as demais autoridades do município.

A advogada Janine Ramos e mas de aluno de uma das escolas falou que ela não tem como trabalhar se não puder deixar o filho na escola, mas também destacou que não se sente preparada para a formação pedagógica para  ensiná-los a domicílio. A advogada fala que não existe opção de formação que não é como quando se fecha alguns cursos mais avançados que você tem uma forma de seguir a rotina. 

Desfile das escolas de samba este ano pode ocorrer em julho


O Carnaval de Vitória pode  ser realizado em julho devido a situação do país.

Julia Vitoria

Para a segurança de todos a proposta está sendo, esperar a vacina para depois ter o carnaval de Vitória. Sem as condições sanitárias desejáveis as agremiações não querem arriscar as vidas dos foliões. Uma proposta para que os desfiles aconteçam somente em julho.

As agremiações que fazem parte da Liga independente  das Escolas de Samba (LIESEGE) e a Liga Independente das Escolas de Samba do Espírito Santo ( LIESES) chegaram a um consenso que os desfiles podem acontecer durante a pandemia.

Edson Neto presidente das duas ligas fala que eles optaram pelo caminho mais seguro, as escolas já estão com os enredos prontos, faltando apenas a parte do barracão, mas que esse trabalho só pode ser feito mediante a vacinação. Ele também fala que é importante ter um prazo para as escolas se organizarem e planejarem.

À data escolhida ainda manteria a tradição de ser uma semana antes do Carnaval do Rio que ocorrerá dos dias 11 e 12 de julho. Contudo no Rio também esperam a imunização da população.  Uma reunião das ligas das escolas e a Prefeitura  de Vitória deve ocorrer semana que vem. A Secretaria Municipal de Cultura contou que o tema carnaval está sendo discutido e analisado  de acordo com a situação do país de modo a garantir a segurança de todos.

O presidente da Escola de Samba Unidos de Jucutuquara, Rogério Sarmento, afirma que primeiro precisa forcar na imunização de todos e só depois pensar nos desfiles. Ele também fala que se houver a vacinação e com o consentimento do governo e recursos financeiro eles fazem um desfile de qualidade em quarenta dias.

O presidente da Mocidade Unidos  da Glória (MUG) declara que a escola tem se planejado para que o desfile ocorra com segurança para os integrantes da escola e o público. Ele também ressalta que para ter um carnaval de qualidade precisa de quatro vertentes: vacinação, financiamento, material e o tempo.

O Carnaval de Vitória seria este ano dos dias 4 a 6, mas devido a pandemia foram adiados, as cidades do Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Belo Horizonte adiarão  As festividades no mês de julho. 

Dia 1 de julho serão as escolas do Grupo (B) a desfilar. No dia 2 ,as do Grupo (A) e as escolas do Grupo Especial desfilarão no sábado dia 3 de julho. A apresentações s serão por ordem de sorteio.

China não permite que comitê de especialistas da OMS faça expedição em Wuhan


No Brasil o caso serviu para alimentar teorias da conspiração

André Lucas

A relação entre China e OMS não é das melhores atualmente. Segundo a Organização Mundial da Saúde, o governo chinês vetou a ida de um comitê com especialistas para uma expedição no país, com o objetivo de entender como o vírus passou para seres humanos. 

O diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou nesta terça-feira (5) que está “muito decepcionado” com a China porque o país ainda não autorizou a entrada de uma equipe de especialistas internacionais para analisar as origens do coronavírus. 

“Hoje soubemos que as autoridades chinesas ainda não finalizaram as permissões necessárias para a chegada da equipe na China. Tenho mantido contato com altas autoridades chinesas e, mais uma vez, deixei claro que a missão é uma prioridade para a OMS”, declarou Ghebreyesus.

O primeiro caso do novo corona vírus, foi detectado no dia 31 de dezembro de 2019 na cidade de cidade de Wuhan. O surto ocorreu pouco tempo depois em um mercado de comercialização de animais selvagens mortos para consumo humano.  Inicialmente todos os estudos apontavam que essa era a origem do vírus nos seres humanos. 

 Porém ao longo das pesquisas surgiram duvidas se realmente o vírus veio dos animais ou se o vírus já circulava antes, e o mercado funcionou apenas como um disseminador em massa do vírus, por conta da aglomeração que existe no local. 

As análises da origem da contaminação é importante para entender o vírus, e para prevenir não só de uma mutação do vírus mas também de uma  nova pandemia no futura, a partir dos dados coletados na análise os cientistas podem criar novas estratégias para agir em ocasiões futuras. 

Existe uma teoria nascida no Estado Unidos da América, de que o vírus contaminou um ser humano pela primeira vez em um laboratório em Wuhan. Um cientista teria se contaminado e espalhado o vírus na cidade. 

Em diversas ocasiões o governo Chinês já negou essa teoria, e acusou o Governo Estadunidense de inventar mentiras para acusar a China. O laboratório da cidade de Wuhan tambem nega a possibilidade disso ter acontecido. 

A repercussão do caso no Brasil alimentou teorias da conspiração

No Brasil o que não falta é teoria da conspiração. Na internet o assunto é muito debatido e pessoas tem certeza absoluta de que o vírus foi criado pela China. Aqui no País até o Presidente da República alimenta as teorias, além de chamar o vírus de chinês, ele já culpou o País asiático pelo vírus diversas vezes. 

Elba Ramalho é a cancelada da vez. Foto: divulgação

Mas o assunto da vez foi a cantora Elba Ramalho, que afirmou em um vídeo acreditar que o vírus foi criado na china para acabar com os cristãos.  

“Para muitas pessoas, é apenas uma pandemia, para nós, o Senhor sabe e eu sei, é muito mais coisa por trás dessa pandemia e que vem ainda com o intuito de nos destruir. Nós somos o incômodo, o calo dos comunistas. Somos nós cristãos, mas nós somos também a resistência e vamos permanecer fiéis, porque Deus vai nos proteger” 

Depois da péssima repercussão e criticas disparadas, a cantora pediu desculpa e afirmou ter sido mal interpretada. 

“Fui mal interpretada, existia um contexto de cunho espiritual, as pessoas não entenderam! Sinto muito! Um grande mal entendido! Minhas sinceras desculpas”.

As reais causas do machismo estrutural


Julia Vitória

O machismo estrutural, o contexto histórico, que coloca as mulheres abaixo dos homens, a desigualdade hoje. Esses fatos fazem com que as mulheres tenham que lutar cada vez mais pelos seus direitos, e em muitos casos pela própria vida.

Os casos de violência contra mulher não são de hoje, contudo a pandemia deu o gatilho que faltava para os casos aumentarem. O ano mal começou e denúncias de violência já foram registradas. 

Para a especialista em direitos das mulheres Lia Zanotta Machado, existe um sexismo estrutural devido a desigualdade de gênero na questão social. A ideia que o gênero  feminino é inferior ao masculino está escrito em lei, sendo mais difícil desconstruir essa questão de que a mulher valha menos que o homem. A violência doméstica no Brasil é histórica, a pandemia também acabou por da uma segunda onda oar6a isso pois com o isolamento os familiares ficam mais juntos e pode acarretar mais brigas e o casos de agressões.

O poder pátrio faz com que os homens tenham um certo poder sobre as mulheres, pais com filhas, maridos com esposas. Antigamente se o marido desconfiasse que a mulher estivesse o traindo com outro alguém ele poderia agredi-la ou até mesmo matá -la. Mas as leis Maria da Penha e do feminicidio veio para da um basta nisso, geralmente as agressões começam de forma verbal ou psicológica, o indivíduo projeta na mulher  suas frustrações, algo que ele trás de fora como por exemplo o desemprego, culpando-a de qualquer coisa, o motivo da violência geralmente tem alguma causa frívola.

Os xingamentos constantes, a tentativa de tirar a dignidade da mulher, usar a culpa como desculpa, esses são gatilhos que devem ser observados, a agressão começa assim de uma forma que ninguém percebe, pode vim de um trabalhador que é calmo e gentil com todos, mas que com a esposa, bate e xinga, ou até um traficante que  acha que tem o mundo aos seus pés e pode tratar a mulher da forma que que ele quiser, a violência não está situada Somente em um meio social, ela pode estar dentro de casa ou na casa da vizinha, o fato é que tem que ficar atenta.

À desconstrução da memória social é algo difícil, mas que precisa acontecer, de fato a Lei Maria da Penha mudou o olhar sobre o famoso ditado ” em briga de marido e mulher ninguém mete a colher”, hoje as pessoas denunciam ajudam e até mesmo muitas vezes tentam apartar a briga. Mas o conceito tem um âmbito muito maior, para que a violência acabe  e o direito da mulher prevaleça precisa de muito mais. Deve-se mudar as relações dentro de casa, e familiares, tirar dos estereótipo que a culpa é dela quando se sabe que na verdade não é. A violência contra mulher é crônica e abusiva, n época colonial existe um manual de concessões que diz que cabe o marido fazer a mulher obedecer o homem. Então a desigualdade está instaurada, na sociedade de forma histórica, religiosa e jurídica o que demora muito mais para poder ser desconstruída.

Mesmo com a questão enraizada, já se pode ver uma boa mudança, algumas pequenas vitórias como o homem não se deve bate e na mulher, outro avanço importante é as medidas protetivas, as leis e as delegacias especializadas em mulheres, contudo nas cidades do interior muitas vezes não se encontra essas medidas necessárias. 

Nova mutação do covid-19 é detectado em 5 países diferentes, Brasil é um deles


Reino Unido, Dinamarca, Holanda, Austrália e Brasil estão na lista.

André Lucas

O Reino Unido divulgou que detectou uma nova variante do covid-19, o diretor médico da Inglaterra, Matt Hancock, disse a imprensa que essa nova variante é muito mais contagiante do que o anterior. 

“Não há nenhuma evidência atual que sugira que a nova cepa cause uma taxa de mortalidade mais alta ou que afete vacinas e tratamentos, embora um trabalho urgente esteja em andamento para confirmar isso”, disse ele em um comunicado.  Além disso o Ministro ainda falou sobre a preocupação em relação ao novo vírus.

“Esta nova variante é altamente preocupante porque é ainda mais transmissível e parece ter sofrido mais mutação do que a (primeira) nova variante descoberta no Reino Unido”, o país vive um medo de que a nova variante venha ser pior que as anteriores. Outros países enxergam a situação da mesma forma e por conta disso proibiram a entrada de voos vindo do Reino Unido.

Matt disse ainda que estar sendo feito um “trabalho urgente” para saber se o novo corona vírus é mais letal ou não que o covid-19. O ministro  Hancock afirmou ainda aos deputados da Câmara dos Comuns do Reino Unido que, ao longo da última semana, houve aumentos agudos e exponenciais no número de infecções pelo coronavírus em Londres, Kent, partes de Essex e Hertfordshire. Após a divulgação das informações o Primeiro Ministro da Inglaterra Boris Jhonson informou que as medidas de isolamento serão retomada em nível de rigor maior. Nesse período de natal as restrições seriam relaxadas mas o governo voltou atrás e resolveu aplicar restrições para as reuniões familiares.  Os governos dos países vizinhos, Escócia e País de Gales, também adotaram medidas mais rigorosas por conta da aproximação.

Os casos do novo corona vírus não são exclusividades na Inglaterra, outros países também registraram casos do novo corona vírus. A Austrália por exemplo anunciou que registrou dois casos do novo covid em instalações de quarentena. A OMS confirmou que tem registros de casos na Dinamarca e Holanda do novo vírus, o que mostra que estar havendo propagação do novo Covid.

“Sabemos que essa variante foi identificada também na Dinamarca, na Holanda e houve um caso na Austrália e não se espalhou por lá, É preocupante que o vírus esteja se espalhando e tenha tantas mutações. Compreendemos que o vírus não causa infecções mais graves com base nas informações preliminares que o Reino Unido compartilhou conosco, embora esses estudos estejam em andamento para examinar pacientes hospitalizados com esta variante. Quanto mais tempo esse vírus se espalhar, mais oportunidades ele tem de mudar. Portanto, realmente precisamos fazer tudo o que pudermos agora para evitar a propagação”. Disse Maria Van Kerkhove, líder técnica da Organização Mundial dos médicos, nesse domingo, dia 20 de dezembro. 

Infelizmente as mutações do covid já foram registradas no Brasil, mas especificamente no Rio de Janeiro. Cientistas da UFRJ analisaram 180 genomas virais e detectaram mutações em 38 desses. Apesar da notícia ruim, o cientista Amilcar Tanuri, esclarece que “não há motivo para pânico”.

“Salientamos que não há motivo para pânico. Vírus estão sujeitos a mutações. A identificação dessa linhagem mostra que devemos intensificar a testagem e a vigilância genética. A descoberta também evidencia a importância das medidas de distanciamento social e o uso de máscara”.

Países suspendem voos do Reino Unido após mutação do coronavírus; saiba mais


OMS confirma surgimento do vírus na Dinamarca, Holanda e Austrália

Thaís Paim

Nos últimos dias uma grande preocupação tem surgido após a confirmação de uma nova cepa do novo coronavírus – que, de acordo com as próprias autoridades britânicas, se espalha mais rápido que as outras variantes do vírus. 

Como forma de medida de prevenção e evitar a disseminação dessa nova cepa, diversos países do mundo estão interrompendo o fluxo de voos com o Reino Unido após a descoberta. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a mutação também já foi identificada na Dinamarca, Holanda e Austrália.

Até o início da madrugada desta segunda-feira, na América do Sul, Argentina, Chile e Colômbia já haviam suspendido todos os voos diretos de e para o Reino Unido. Além deles, o Equador também está considerando fortalecer as medidas de prevenção. 

Os Ministérios da Saúde e do Interior da Argentina emitiram comunicado em conjunto afirmando que o país só permitirá que mais um voo da Grã-Bretanha pouse no aeroporto internacional de Buenos Aires na manhã de hoje (21). Após isso, todos os outros voos foram cancelados.

Já no Chile, o governo anunciou no Twitter que todos os voos de e para o Reino Unido serão suspensos, a partir de amanhã (22) e que os viajantes que estiveram no Reino Unido nos últimos 14 dias precisarão entrar em quarentena. 

Confira outros países que já tomaram medidas semelhantes:

– Hong Kong 

– Argentina

– Chile 

– Índia 

– Itália

– Canadá

– Irã

– Noruega

– Dinamarca

– Polônia

– Colômbia 

– Marrocos

– Bulgária

– França

– Alemanha 

– Turquia 

– Bélgica

– Holanda

– Letonia

– Portugal

– Irlanda

– El Salvador 

– Arábia Saudita 

– Rússia

– Suíça

– Áustria

– Israel

O Governo do Canadá anunciou que vai proibir a maioria das viagens de passageiros vindos ou com destino ao Reino Unido a partir da meia-noite de domingo por no mínimo 72 horas.

Por sua vez, a França anunciou que suspenderia as viagens de e para o Reino Unido por 48 horas a partir da meia-noite, horário local, devido ao “novo risco para a saúde”, disse o primeiro-ministro francês, Jean Castex. 

A Irlanda anunciou que proibirá voos da Grã-Bretanha ao menos na segunda e terça-feira. “No interesse da Saúde Pública, as pessoas na Grã-Bretanha, independentemente da nacionalidade, não devem viajar para a Irlanda, por via aérea ou marítima”, afirmou o governo irlandês em um comunicado.

A Itália também suspenderá os voos de e para o Reino Unido, bem como proibirá a entrada de qualquer pessoa que esteve no Reino Unido nas últimas duas semanas, disse o ministro da Saúde, Roberto Speranza, no Facebook no domingo.

O primeiro-ministro Boris Johnson irá presidir uma reunião governamental que vai ocorrer nessa segunda. O motivo é a onda de proibições de viagens que tem isolado viajantes do Reino Unido e boa parte da Europa, além de diversas localidades do mundo. 

A reunião se concentrará nas restrições ao movimento internacional e “em particular no fluxo constante de carga de entrada e saída do Reino Unido”, disseram eles. “Mais reuniões estão acontecendo esta noite e amanhã de manhã para garantir que planos robustos estejam em vigor.”

Um Carnaval diferente


Júlia Vitória

Desde que a festa de Carnaval começou a ser comemorada aqui no Brasil, nunca foi deixado de comemorar antes da Quaresma, no mês de fevereiro ou no início de março, os festejos sempre acontecem, contudo no próximo ano, devido a pandemia que se alastrou pelo mundo pela primeira vez na história o carnaval pode ser cancelado.

Os governos das maiores cidades do país discutem como será o ano de 2021. Enquanto São Paulo já adiou a data por período indefinido, Brasília não realizará folia, Rio de Janeiro e Salvador, Olinda e Recife ainda discutem como devem agir.

O Carnaval do Brasil

Segundo os pesquisadores, a folia começou na época em que os portugueses chegaram no século XVI. Desde então nunca parou de ser comemorada, já existiram duas tentativas de adiar a festa Momo no país em mil oitocentos e noventa e dois devido a questões sanitárias pois o Brasil enfrentava sérias doenças como a febre-amarela. Em 1912, quando o barão de Rio Branco faleceu e foi dado como herói nacional, contudo nenhuma das tentativas deu certo. 

Buscando evitar a aglomeração na época de fevereiro devido ao calor, no século XIX os governantes decidiram com decreto passar a festa para o fim de junho coincidindo com os festejos de São João e também época de inverno. Porém quando chegou fevereiro todos foram para as ruas e mesmo com o decreto e controle de policiais nada adiantou e a festa de carnaval aconteceu. 

Na segunda tentativa devido a morte do Barão, o governo adiou a festa por dois meses por causa do luto, contudo no sábado de carnaval as pessoas foram para as ruas e o luto acabou, teve os dois festejos e o povo até inventou uma marchinha de carnaval falando sobre os festejos e a morte do Barão. 

Durante as duas guerras mundiais o carnaval também não parou, foi enviado alguns militares para a Europa, mas somente no fim da folia de mil novecentos e dezoito. Na época chegou a se discutir o cancelamento da festa, porém foi realizada mesmo assim. Já na segunda guerra mundial o Brasil teve mais participação e mesmo com as ordens do governo a festa aconteceu. 

A festa de mil novecentos e dezenove é tida como a maior de todos os tempos, a gripe chegou e matou milhões, mas com o fim dela o povo foi para as ruas comemorarem o fim daquela terrível era. 

A gripe espanhola ficou três meses no Brasil, diferentemente da covid-19 que ainda é uma ameaça para o mundo, o conselho dos especialistas é não ter folia em fevereiro de dois mil e vinte e um. Prefeitos de várias cidades recebem todos os anos muito fluxo de turistas para as festas de carnaval e tem tentado achar uma data em comum para que ninguém saia prejudicado. São Paulo foi a segunda capital a receber mais foliões no ano de dois mil e vinte e foi a primeira a confirmar o adiamento. 

Os pesquisadores alertam que devido ao histórico de não obedecer os decretos os Brasileiros podem sair às ruas para comemorar. 

Os prejuízos de não ter o carnaval em dois mil e vinte e um podem ir além dos financeiros, é claro que as cidades que mais recebem foliões podem sofrer mais impactos financeiros já que a festa rende bastante para esses locais. Mas o Brasil é conhecido como a terra do Carnaval desde a época colonial e sem ele isso pode gerar um grande impacto para a identidade do Brasil.

Escolas do ES usam de criatividade para superar obstáculos impostos pela pandemia


As escolas de educação infantil foram as que mais sentiram durante a quarentena, mas com boas estratégias estão conseguindo superar as dificuldades

Júlia Vitória

Com o início da pandemia, diversos setores foram impactados, sendo necessário o isolamento social, medidas de higiene. Um novo normal se iniciou com alguns desafios para o governo. Todos os segmentos como, por exemplo, igrejas e empresas tiveram que se adaptar. As instituições de ensino também precisaram buscar uma nova forma de funcionar junto com alunos e funcionários. 

No estado, desde o último dia 17 de março, as aulas estão suspensas, ou tendo atendimentos online, só voltando a funcionar em outubro, sete meses depois do início da pandemia. A Secretaria de Educação do Estado (Sedu), distribuiu um “Guia da Família”, com informações sobre os retornos dos alunos as escolas, protocolo de higiene, funções dos funcionários sobre a volta híbrida das aulas. 

Foi elaborado um plano de estratégico para a retomada das aulas, pelo sindicato das Empresas Particulares de Ensino do Espírito Santo, o Sinepe-ES, contudo mesmo com todas as medidas de segurança, muitos ainda têm medo de voltar às atividade presencialmente, a insegurança é maior ainda na educação infantil os pais ainda não estão completamente seguros de que podem mandar os filhos de volta para a escola. 

Para o presidente do Sinepe-Es Moacir Lellis, para alguns pais a educação infantil é somente para as crianças brincarem e que elas não entendem essa fase na vida escolar, ele fala que tiveram problemas no período de pandemia, pois os pais acham que estão levando as crianças para brincar, mas esta fase é importante para os pequenos, pois é o período que estão sendo alfabetizados e criando laços se desenvolvendo. 

A falta de entendimento da importância da vida escolar nesta idade, fez com que muitos pais retirassem os filhos da escola, segundo Lellis, no início da pandemia a evasão escolar cresceu muitos, cerca de setenta por cento, mas que com a retomada das aulas presenciais esse os pais voltaram a levar os filhos aumentando a frequência a educação infantil. 

A professora e doutora em educação, Cleonara Maria Schwartz, relata que as brincadeiras têm um fundamento pedagógico. A educação infantil é o primeiro passo para a educação básica através dela que começa a integrar a educação básica com o objetivo de ressaltar a importância para o resto da formação humana daquela criança e do desenvolvimento pessoal, social e emocional.. Segundo a especialista, novas alternativas devem ser criadas para que as crianças não fiquem sem estudar na pandemia. 

Algumas escolas se adaptaram rápido a nova forma de dar aulas, esse foi o caso da escola Americana de Vitória, onde estuda o Theo de dois anos e a Mariana de quatro anos, a mãe deles a servidora pública Júnia de Rezende Lima Perenzi fala que a escola em pouco tempo fez as adaptações necessárias e começou com as aulas online, dando todo o suporte para as famílias. Para as aulas online a mãe sempre buscava algo novo para os filhos e os professores também ficavam a disposição, para auxiliar nas atividades. 

A Escola Americana de Vitória adotou um sistema híbrido deixado os pais decidirem se levavam os filhos ou não, também foi realizado um projeto de ensino individualizado para as crianças menores. 

Em todos os momentos tinha uma psicóloga, pedagoga e os professores par ajudar os pais e os alunos, mas atividades online. Isso ajudou no desenvolvimento das crianças. 

Após ver que as atividades online com muitos alunos não dava certo, a instituição adotou o sistema de ensino individual, para ter uma integração maior entre o aluno e o professor. A diretora enfatiza que neste momento a escola é muito importante e segura para os alunos, sendo que é essencial as crianças começarem a estudar cedo para ter um desenvolvimento mais abrangente. 

A relação de família e escola é bastante importante neste período, a instituição Centro Educacional Vicente Pelicioni (CEVIP) teve uma aproximação fundamental nesse novo normal. A interação entre os pais e funcionários foi o diferencial para que os pais não tirassem seus filhos da escola, a instituição também se adaptou rápido ao novo normal e isso foi essencial para todos. 

A relação escola e família dura mais de 24 horas, e a escola está adotando um protocolo rígido para receber os alunos em segurança. Desde a primeira semana, diante da atual situação mundial a escola elaborou roteiros que são enviados para os alunos. e se o aluno não participar das atividades a equipe pedagógica entra em contato sempre se preocupando com o bem estar dos pais e alunos da instituição.

Botafogo faz péssima partida e toma goleada do líder do campeonato São Paulo


Domínio total do São Paulo, além de não chegar na área do adversário, o alvinegro foi bombardeado pelo time paulista

André Lucas

A vida do Botafogo não esta fácil! O time tinha um jogo a menos, entrou para fazer um ponto e melhorar um pouco a situação, mas tomou uma goleada do líder do campeonato, afundando um pouco mais no campeonato Brasileiro.

Um ponto que poderia colocar o alvinegro carioca na cola do Curitiba. E, começar a ensaiar uma recuperação, porém o objetivo do time não foi alcançado. Completamente dominado o Botafogo viu o São Paulo ter 2 terços da posse de bola, 66%, o time do Diniz deu 31 chutes ao gol, enquanto o time do Mercier De Lucena apenas 8. Diego Cavalieri ainda fez duas grandes defesas que poderiam deixar o placar ainda mais largo.

O Botafogo além de não conseguir se defender, também não conseguia atacar, o time não tem transição da defesa para o ataque, não conseguia botar a bola no chão, entregou a pose de bola e o campo para o São Paulo, e quando subia para o contra ataque não conseguia chegar perto da área do adversário. Esse péssimo sistema tático nos últimos 11 jogos foram 8 derrotas e 3 empates, resultados que deram ao Fogão a penúltima colocação da tabela, a um ponto do lanterna Goiás. Essa dificuldade do time de atacar não foi só no jogo de ontem, o time tem uma transição muito lenta, o astro Honda, responsável por ligar a defesa ao ataque e fazer a transição não encaixou no time, e já demonstrou estar infeliz com o clube. A ultima Vitória do Clube carioca foi no dia 11 de outubro, exatamente 60 dias atrás.

A campanha do Botafogo não é nem perto de satisfatória. O time não chegou em nenhuma final nas competições estaduais desse ano, na taça Guanabara não foi nem a semi final. Na copa do Brasil caiu nas oitavas para o Cuiabá, e no Brasileirão em 24 rodadas o time só ganhou 3.

A péssima temporada do ano passado deixou o Bota fora de uma competição continental, bastava a 14 colocação para conquistar a vaga na sul americana, além disso as cotas televisiva do time caiu esse ano, e o time despencou em patrocínio nos últimos 4 anos, no ano passado a verba de patrocínio foi 11 milhões, a metade de 2017. Com esses resultados o clube não teve investimentos esse ano, trouxe Honda e Kalou de graça, e teve esperança do meia e o atacante acerta o time, porém nenhum dos dois deu muito certo no clube e a temporada estar sendo um desastre.

O Botafogo precisa de reforços e isso é um fato que todos sabem, mas para ter reforços precisar de dinheiro, e o clube não consegue ser rentável, pelo contrário o time é deficitário a muito tempo o que explica a divida enorme do Clube. No cenário mais otimista o time se acerta, se recupera, sai da zona de rebaixamento e quem sabe alcança a vaga na competição Continental. Na pior hipótese o time é rebaixado joga a serie b ano que vem, a receita despenca ainda mais e o time se afunda na segunda divisão igual o Cruzeiro atualmente. 

A grande esperança do clube

Existe no senado hoje uma lei que permite que clubes se tornem empresas, o texto já passou no congresso e espera votação no senado, a demora ocorre muito por conta da pandemia, o congressos tem muitas pautas relacionado a crise sanitária e acaba não tendo espaço para que outros projetos sejam votados. O clube carioca ver a venda do clube como única forma de pagar a dívida e investir forte no time. A diretoria afirma que 40 investidores estão em diálogo com o clube. Resta agora o Senado aprovar a lei. 

Os próximos jogos do Botafogo:

Inter: 12/12 sábado ás 19:00 

Curitiba: 19/12 sábado Ás 21:00

Corinthians 27/12 domingo ás 16:00

Teatro: muito mais que uma forma de entretenimento


Em pleno, Dia Nacional do Teatro, atores refletem sobre sua paixão por esse tipo de arte e a importância da mesm para a sociedade.

O diretor Anselmo Soares Farias Foto: divulgação
O diretor Anselmo Soares Farias Foto: divulgação

Uma das manifestações artísticas mais antigas da humanidade está sendo homenageada hoje: o teatro! Esta forma de arte surgiu na Grécia Antiga, sendo muito importante para o desenvolvimento da cultura grega, servindo inclusive de influência e inspiração para outros povos da antiguidade, principalmente os romanos.

Em terras brasileiras o teatro surgiu no século XVI, com o objetivo de espalhar a crença religiosa. Só em 1808, com a chegada da Família Real Portuguesa, que o teatro passou a ser visto como uma forma de entretenimento. Para se ter uma ideia, naquela época era hábito os reis convidarem companhias de teatro estrangeiras para fazer as suas apresentações para a nobreza.

Em seu projeto de pesquisa, realizado para a Universidade de Brasília – Instituto de Artes Cênicas, o ator, diretor e produtor cultural, Anselmo Soares Farias analisa que, embora tenha se originado como uma expressão acessível de identidade cultural, em tempos recentes o teatro passa a ter um corte socioeconômico que não é uma característica sua, mas de todas as demais expressões artísticas. “Não somente as plateias são selecionadas a partir de sua capacidade de pagar para ter acesso a grandes espetáculos com grupos e atores renomados; como também uma parcela considerável de pessoas só tem acesso ao teatro por meio de grupos amadores que atuam de forma mambembe, despendendo esforços que vão desde sua organização até a produção”, declara Farias.

Elyan Lopes(E) na peça Três Reportagens Malditas, de Plínio Marcos. Foto|: divulgação
Elyan Lopes(E) na peça Três Reportagens Malditas, de Plínio Marcos. Foto: divulgação

Mas, quem apenas assiste a uma apresentação teatral talvez nem imagine os desafios que são enfrentados para que uma peça, finalmente, entre em cartaz. O ator e quadrinista, Elyan Lopes sabe bem o que é isso. “É sempre muito difícil encontrar empresas dispostas a investir nesse tipo de projeto”, lamenta.

O ator Frank Araújo. Foto: divulgação
O ator Frank Araújo. Foto: divulgação

Segundo o ator, que fez este ano uma participação na novela “Malhação” da Rede Globo, uma das estratégias utilizadas é buscar o apoio logístico de pequenas empresas como, por exemplo, restaurantes e lojas que vão oferecer itens de figurino. “Pequenos empresários são mais receptivos a esse tipo de parceria”, avalia Lopes.

Para muitos, a paixão pelo teatro é algo difícil de se explicar com palavras. “O teatro é algo magnífico. Ele faz a gente se desenvolver todos os dias, despertando emoções diversas. Você pode ter 15, 20, 30 anos, mas a cada apresentação que faz é uma emoção diferente”, declara o ator Frank Araújo.

Segundo Araújo, que também é modelo e empreendedor, o teatro é uma espécie de terapia, que prepara o indivíduo para qualquer situação da vida. “O teatro é vida, é alma, é uma sementinha que é plantada diariamente por quem representa”, finaliza.

O teatro é uma das manifestações artísticas mais completas e encantadoras. Nós do Carvalho News parabenizamos a todos os profissionais que contribuem para que o espetáculo literalmente aconteça: figurinistas, coreógrafos, aderecistas, iluminadores, cenógrafos, auxiliares de camarins, atores, atrizes, diretores…