Itabuna: município terá hospital materno infantil


Marcelo Carvalho

Uma excelente notícia para Itabuna e região! O município vai ganhar um hospital materno-infantil. A novidade foi confirmada na última quarta-feira, dia 14, pelo secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, durante a celebração dos 100 dias de governo municipal, em solenidade de ocorreu no Teatro Municipal Candinha Dórea. A unidade já havia sido anunciada pelo prefeito Augusto Castro (PSD).

Vilas-Boas afirmou também que o governador Rui Costa já está ciente do projeto e garantiu integral apoio na construção da unidade hospitalar, cujo projeto ainda não tem data para ser iniciado.

100 dias de gestão

O prefeito Augusto Castro realizou diversas melhorias na cidade, entre elas na área da saúde. Itabuna recebeu novos leitos de UTI Covid, que foram instalados no Hospital de Base, na Santa Casa de Misericórdia e o Hospital de Campanha.

Vilas-Boas lembrou que no enfrentamento a esta pandemia, considera por ele a maior do século, a Prefeitura de Itabuna concretizou ações importantes. “A primeira de grande impacto foi a criação do Hospital de Campanha. E, em breve, haverá a solução dos problemas no atendimento materno-infantil”, frisou  o secretário.

O secretário estadual da Saúde também afirmou que em maio será inaugurado um Hospital Materno-Infantil de Ilhéus, com dez de UTIs neonatal, 15 semi-intensivas neonatal, cirurgias ginecológicas e pediátricas. “Teremos um dos maiores complexos materno infantil da Bahia. Haverá um novo cenário da assistência obstétrica do Estado”, disse.

Sesau anuncia criação de grupo técnico para vacinação contra Covid-19 em AL


Decisão foi publicada no Diário Oficial desta quarta-feira (06)

Thais Paim

A vacinação contra a Covid-19 tem se tornado a cada dia uma realidade mais próxima e foi pensando nisso que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) instituiu o grupo técnico que vai acompanhar o processo de imunização da população. 

Segundo informações da secretaria, as ações e estratégias para a operacionalização do Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19 em Alagoas serão acompanhadas pelo grupo. É também através dele que serão definidos o público-alvo e grupos prioritários para imunização. 

Além disso, os municípios também vão contar com orientações sobre todo o processo. O grupo foi instituído nesta quarta-feira (06), após a decisão ter sido publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), sendo assinada pela gestão da Sesau.

Confira abaixo a composição da equipe: 

Presidido pelo secretário estadual de Saúde, Alexandre Ayres, também terá na sua composição, Herbert Charles Silva Barros (coordenador-geral); Renilda Santos Barreto (representante do Conselho Estadual de Saúde); Rodrigo Buarque Ferreira e Larissa Cândido Guimarães (do Conselho de Secretários Municipais de Saúde); além de Micheline Tenório (Ministério Público Estadual) e Roberta Lima Barbosa Bomfim (do Ministério Público Federal).

De acordo com a portaria, as ações do grupo técnico serão norteadas aos parâmetros apresentados pelas equipes técnicas da Secretaria de Estado da Saúde. Nenhum deles vai receber salário por este trabalho.

Sobre o processo da vacina 

Atualmente, há inúmeras vacinas contra a Covid-19 em estudos de fase III (testes em humanos), e algumas já estão sendo utilizadas emergencialmente em alguns países, embora não haja, ainda, um imunizante registrado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Recentemente o governador Renan Filho anunciou que o Estado tem a intenção de adquirir 1 milhão de doses da vacina Coronavac, que está sendo desenvolvida no laboratório brasileiro Butantan, em São Paulo, a partir de matéria-prima fabricada em laboratório chinês. O Governo Federal, por outro lado, aposta na vacina de Oxford (do Reino Unido), mas ainda não divulgou uma data precisa para início da imunização.