Sétima Semana de Valorização do Trabalho Doméstico tem início


7SemanadeValorizacaodoTrabalhoDomestico_280416_CreditoGuilhermeSilva_02
Fotos: Guilherme Silva
Teve início ontem (28), a 7ª edição da Semana de Valorização do Trabalho Doméstico, realizada pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), e que segue até o próximo sábado (30), no Shopping Center Lapa.
A Secretária Estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia, Olívia Santana, marcou presença na abertura. Também estiveram presentes: o Secretário Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Álvaro Gomes; o representante da Organização Internacional do Trabalho (OIT), José Ribeiro; o Juiz auxiliar do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-5), Sérgio Ferreira Lima; e a professora Cínzia Barreto, do Centro Universitário Jorge Amado (Unijorge).
As dirigentes do Sindicato das Empregadas Domésticas da Bahia (Sindoméstico), Cleusa Santos, e da Federação Nacional dos Trabalhadores Domésticos (Fenatrad), Creuza Oliveira, também compareceram e foram homenageadas durante o Ato.
Em seu momento de fala, a Secretária Olívia Santana ressaltou a importância de compreender que estamos lidando com mulheres que estão em uma frente de trabalho historicamente precarizada em nosso país, e que é através de muita luta que elas têm realizado grandes conquistas para esta profissão se tornar cada dia mais digna.
A gestora também frisou que é fundamental celebrar a conquista da Lei Complementar 150/2015, sancionada pela Presidenta Dilma Rousseff, que garante o reconhecimento dos direitos das/os trabalhadoras/es domésticos.
7SemanadeValorizacaodoTrabalhoDomestico_280416_CreditoGuilhermeSilva_01
O evento
A 7ª Semana de Valorização do Trabalho Doméstico conta com apoio da Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres da Bahia (SPM-BA), e é voltada às/aos trabalhadoras/es, empregadoras/es e ao público em geral. Acontecerá nos próximos dias (29 e 30), na Praça de Eventos do Shopping Center Lapa, sempre das 10 às 20 horas.
A ideia da Semana é valorizar as/os trabalhadoras/es domésticas/os; orientá-las/los a respeito dos seus direitos; dar visibilidade à profissão no âmbito da sociedade; ofertar serviços gratuitos à categoria; e abrir inscrições para cursos de qualificação, através do Serviço de Intermediação para o Trabalho (SineBahia).

Também serão ofertadas orientações trabalhistas, previdenciárias e de saúde, além de material informativo como cartilhas, folders, informes, dentre outros. Haverá ainda cadastramento de profissionais autônomos; emissão de Carteira de Trabalho; orientação sobre a saúde do trabalhador; prevenção à violência contra a mulher; autonomia e empreendedorismo para mulheres; e combate ao trabalho infantil.