Rodadas atrasadas do Brasileirão mudam a tabela


Vasco se afasta mais da zona da degola, Atlético Mineiro se aproxima do líder e Palmeiras não tem forças para ir atrás do título

André Lucas

O Brasileirão está em uma temporada louca, Atlético Mineiro, Flamengo, São Paulo e Internacional já foram líder dessa temporada, hoje o atual líder é o Internacional, mas do jeito que esse campeonato segue existem sérias dúvidas se o colorado se mantém no topo até o fim.  

Esse meio de semana 2 jogos atrasados foram disputados, e um ainda vai ser, jogos que interessam principalmente a parte de cima da tabela, porém também a parte de baixo, Palmeiras, Vasco, Santos, Atlético Mineiro todos esses entraram em campo na terça, ainda tem partidas atrasadas Flamengo e Grêmio, que jogam nesta quinta, e Corinthians e Bahia, que se enfrentam neste sábado.

 

Palmeiras e Vasco

Palmeiras e Vasco foi a partida mais disputada de terça-feira, com gols de Benítez de falta e BHV Lopes, o jogo terminou empatado. O time de Vanderlei Luxemburgo começou bem o primeiro tempo e levou perigo ao time misto do Palmeiras. A posse de bola mostra o equilíbrio da partida, 55% para o Palmeiras e 45% para o Vasco, o time paulista chutou 14 vezes na direção do gol, enquanto o time carioca 12, o equilíbrio se mostrou no placar final de 1 a 1. 

O Vasco conquistou um resultado importante, 1 ponto em um jogo contra os grandes é importante na luta contra o rebaixamento, principalmente se levar em consideração a vitória contra o Atlético Mineiro. 

O Cruz Maltino. Alcança a 14 colocação, com 36 pontos 4 a mais que o primeiro colocado na zona da degola, o objetivo de fugir da degola estar sendo perseguido, e desde a chegada do luxa o time já soma bons resultados nos últimos jogos, principalmente contra os grandes, Vasco faz partidas mais fortes, sobe mais ao ataque, chuta mais para o gol, criar mais jogadas, o novo treinador deixou o time mais competitivo. 

O palmeiras por  sua vez, vive um sonho da tríplice coroa, mas ao que parece não tem fôlego suficiente para alcançar os 3 títulos, o time se encontra na final da Copa do Brasil e na final da libertadores, e entre os 5 primeiros do Brasileirão. 

O verdão tinha um jogo direto contra o Flamengo e um atrasado contra o Vasco da Gama, o que daria 6 pontos importantíssimos que poderia botar o time de vez na briga pelo título,  o palmeiras é o quinto colocado com 52 pontos, as duas vitórias poderia colocar o time em 3 com 57 a 3 pontos do internacional, líder do campeonato. 

Porém uma derrota e um empate fez o time se afastar dos 3 primeiros, ao que tudo indica o Palmeiras vai focar na liberta e no CB e o Brasileirão vai ser dado como encerrado nos objetivos do clube. 

Atlético Mineiro e Santos

O time de Minas ganhou fácil do misto santista e chegou a terceira colocação com 57 pontos e ficou apenas a cinco do líder do campeonato. O time de Sampaoli vem de um grande tropeço contra o Vasco na última rodada, agora conseguiu compensar o prejuízo, o sonho do Bi estar vivo na briga pelo título e acredita ainda ser possível, faltando 6 jogos para o fim, a meta do galo é jogar todo jogo como se fosse uma final. 

Do lado santista o Brasileirão acabou, o planejamento da comissão técnica é toda para sábado, a grande final da libertadores, o time está focado nesse objetivo, e o Brasileirão o time estar em décimo com 45 pontos, joga é só para cumprir tabela mesmo, o time vem de 3 derrotas seguidas, as últimas duas para Fortaleza e Goiás, ambos na zona de rebaixamento, ontem por exemplo  o time só jogou com 3 titulares, Soteldo e Marinho, astros do time nem viajaram para Minas. 

Vasco é campeão da Taça Guanabara


O Vasco conquistou a 12ª Taça Guanabara da sua história. Neste domingo (17), o Cruzmaltino venceu o Fluminense por 1 a 0, na Arena da Amazônia, em Manaus. O gol de Riascos garantiu o título e a vantagem do empate ao time de São Januário na semifinal do Campeonato Carioca.

O adversário do Vasco (17 pontos) será o Flamengo, que somou 12 pontos e encerrou a Taça GB na quarta colocação. Já o Fluminense pega o Botafogo e também pode empatar para chegar à final e manter vivo o sonho do título.

vasco

FLUMINENSE 0 X 1 VASCO

Local: Arena da Amazônia, em Manaus (AM)
Árbitro: João Batista de Arruda
Auxiliares: Jackson Lourenço Massarra e Diego Luiz Couto Barcelos
Renda: R$ 2.214.000,00
Público: 28.291 pagantes / 32.061 presentes
Cartões amarelos: Douglas, Fred, Renato Chaves e Edson (Fluminense); Jorge Henrique e Marcelo Mattos (Vasco)
Cartões vermelhos: Edson (Fluminense); Marcelo Mattos (Vasco)
Gol: Riascos, aos 20min do segundo tempo

FLUMINENSE
Diego Cavalieri; Wellington Silva, Marlon, Renato Chaves (Nogueira) e Giovanni; Edson, Douglas, Gerson, Marcos Junior (Higor Leite) e Osvaldo; Fred (Magno Alves)
Técnico: Levir Culpi

VASCO
Martín Silva; Madson, Luan (Rafael Vaz), Rodrigo (Diguinho) e Henrique; Marcelo Mattos, Julio dos Santos (Eder Luis), Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Riascos
Técnico: Jorginho