Ilhéus: prefeitura alerta sobre riscos no mar durante alta temporada


A região litorânea de Ilhéus (BA) é uma ótima opção de diversão, principalmente no verão. Para garantir a segurança dos banhistas, os salva-vidas atuam diariamente realizando um trabalho educativo em postos espalhados pela orla marítima da cidade.

De acordo com Anderson Gusmão, chefe de Divisão de Salva-vidas, a recomendação é que o banhista procure um profissional antes de entrar no mar. “A equipe orienta sobre os pontos mais seguros, porém vale lembrar que as pessoas precisam ficar atentas à sinalização e se manter afastadas das zonas de perigo, que são os locais onde as bandeiras vermelhas estão posicionadas”, explicou.

Gusmão frisou ainda que os pais e responsáveis devem colocar pulseiras de identificação nas crianças para evitar desencontros nas praias. A recomendação também é para que os banhistas não façam consumo de bebidas alcoólicas antes de entrar no mar, pois a ingestão de álcool potencializa o risco de afogamento.

O efetivo composto por 80 profissionais presta um atendimento de qualidade, todos os dias, das 9h às 17h, nos seguintes postos: Mamoã; Ponta da Tulha; Joia do Atlântico; Mar e Sol; São Domingos; Cabeça; Praia da Avenida; Praia do Cristo; Praia da Concha; Vietnã; Jardim Atlântico; Costa do Cacau; Guarany; Soro Caseiro; Gabriela; Palmito; Vó Eró; Cururupe; Peixe na Brasa; Batuba; Rio e Mar e Cai n’ Àgua. 

Dicas para evitar acidentes e garantir um verão seguro:

– Procure se banhar em áreas monitoradas por salva-vidas;

– Não cometa excessos, misturando bebidas alcoólicas com banhos de mar;

– Não se banhe em áreas rochosas ou com pedrados;

– Evite entrar no mar quando a água estiver acima da linha da cintura;

– Evite materiais flutuantes como boias e colchões infláveis;

– Mantenha a supervisão constante das crianças;

– Em caso de dúvidas, peça orientações aos salva-vidas.

Ilhéus promove segunda edição do Projeto Educar


A Praia do Jardim Atlântico (Posto 3), na zona sul de Ilhéus, recebe a segunda edição do projeto ‘Educar para não afogar’, no próximo sábado (2), a partir das 8 horas, com a finalidade de conscientizar os banhistas sobre os riscos de afogamento durante o banho de mar. Durante o dia, o projeto vai aborda temas como a cadeia de sobrevivência do afogamento, suporte básico de vida, técnicas de salvamento e emergência aquática.

O verão de Ilhéus reúne altas temperaturas e um maior número de banhistas que desejam curtir um belo dia de sol na praia. Só no município, na estação mais quente do ano, o fluxo de pessoas à beira-mar chega a aumentar pelo menos 50%, segundo estimativa do setor de Salva-vidas da Prefeitura Municipal, o que aumenta os riscos de afogamentos. Por isso, toda atenção é pouco para quem pretende se divertir no litoral nesse período.

Salvar vidas – O idealizador da iniciativa, Domingos Madureira, explica que o projeto presta um serviço essencial para os banhistas. “Explicamos com teoria e prática, medidas preventivas, educacionais, de orientação e salvamento em ambientes aquáticos. Uma dica importante que deixo ao banhista. Vá em praias monitoradas por salva-vidas, que são treinados e estão aptos a indicar os melhores pontos de banho, onde há corrente, buracos e outros perigos”, recomenda.