A Comic Con desse ano foi online e apresentou grandes novidades para TV e o Cinema no ano que vem


Tom e Jerry e Space Jam foram os principais filmes anunciados para o ano que vem, a série Euphoria também foi anunciada sem nenhum trailer

André Lucas

O mundo Geek arrasta milhares de pessoas no mundo inteiro de um lado para o outro. Na Comic Con Experience também conhecida como CCXP, o maior evento do mundo Geek , aqui no Brasil foram mais de 260 mil pessoas. Só para se ter uma ideia são cinco Maracanãs. Segundo a definição da Wikipédia,  Comic-Con Internacional é uma convenção multi-gênero de entretenimento realizada anualmente em San Diego, Califórnia, Estados Unidos. Fundada em 1970 como a convenção do Golden State Comic Book Convention por um grupo de locais; mais tarde, foi chamada de San Diego Comic Book Convention.

O nome oficial do evento é Comic-Con International: San Diego; mas a convenção é mais conhecida simplesmente como Comic-Con ou San Diego Comic-Con(SDCC). Trata-se de um evento de quatro dias (quinta-feira a domingo) realizado durante o verão no San Diego Convention Center.

Na quarta-feira à noite antes da abertura oficial do evento, há uma pré-visualização para profissionais, expositores e convidados selecionados pré-registrados para os quatro dia.  

Esse ano o mundo passou por muitas adversidades e teve que se adaptar a isso. Com a Comic Con não foi diferente. Este ano, a festividade foi online, sendo realizada entre os dias 4 e 6 de dezembro. Os palcos foram trocados por uma Plataforma online com convidados especiais. Entre eles estavam o escritor e quadrinista Neil Gaiman, autores de obras como Sandman (1988), Deuses Americanos (2001) e Coraline (2002) –, os diretores Joe e Anthony Russo, e Zendaya, atriz vencedora do Emmy. 

Durante o evento alguns problemas podem ter frustrado o público que tinha grande expectativa com o espetáculo. Um dos principais problemas era o publico não estar sendo atendido, os telespectadores pediam a presença da estrela Zendaya e do ator Pedro Pascal que não apareciam nas lives, outro problema enfrentado pelo público foram as legendas atrasadas que irritou muita gente.

Outra grande decepção foi relacionada ao especial de cinco horas  da Warner Media, que incluía filmes, series da HBO, jogos e séries da DC Comics, Cartoon Network e muito mais.

O público foi apresentado ao trailer de Tom E Jerry, um dos desenhos mais famosos do mundo que marcou infância de muita gente, além disso os trailer de Space Jam e Twist também foram divulgados e tirou bons sorrisos da galera. Mas o que todos queriam ver mesmo era um trailer de Euphoria, dava para sentir no olhar das pessoas a decepção de assistir a imagens repetidas e gravações repetidas nada de novo que pode ter frustrado muitos fãs. 

A presença de James Gunn foi uma das grande polêmicas do evento, enquanto James falava que o público brasileiro são os melhores fãs, mais animados e criativos, algumas pessoas comentavam no chat revoltados com a CCXP pelo fato de ter convidado ele mesmo depois das acusações de pedofilia contra o diretor.

O último painel da Warner foi de Mulher Maravilha 1984 (2020) que contou com a presença tão desejada do ator  Pedro Pascal, bem como de Gal Gadot, Chris Pine, Kristen Wiig e da diretora Patty Jenkins. 

Uma das coisas que é super tradicional na CC são os anúncios da Marvel studios e Marvel Comics, e isso não aconteceu. Por conta da pandemia a Marvel não preparou nenhum conteúdo para divulgação, mesmo no ano de lançamento de seu serviço de streaming. Os quadrinhos tanto da Marvel, da DC, ou dos independentes não tiveram espaço no evento online.