Direita x Esquerda – Uma briga histórica


Desde a Revolução Francesa a briga entre direita e esquerda está presente, contudo as modificações durante os anos são notáveis.

Júlia Vitória

Para quem acha que a briga de direita e esquerda é recente, está totalmente enganado. Esse embate vem desde a Revolução Francesa, entre os Girondinosque representavam o lado direito da Assembleia Nacional Constituinte  e os Jacobinos que eram mais radicais e exaltados sendo do lado esquerdo,

Essa é a origem dos posicionamentos de direita e esquerda. Com o tempo essa polarização tem decorridos vários problemas e polêmicas, tanto que no século XIX teve uma radicalização ideológica dos dois lados 

Desde dois mil e quatorze a briga entre direita e esquerda está presente nas eleições, contudo somente em dois mil e dezoito o Brasil assistiu a onda de debates agressivos principalmente nas redes sociais. O fato é que hoje não existe somente um posicionamento apenas para direita e esquerda, pois esses conceitos estão associados há uma ampla variedade de pensamentos políticos.

Direita x Esquerda

A visão política da esquerda visa mais os trabalhadores e uma visão da população mais pobre, já a esquerda tem uma visão diferente mais conservadora, ligada ao comportamento tradicional de manter o poder na elite e promover o bem individual.

Contudo com o tempo essas visões começaram a ter contextos diferentes, hoje em dia os partidários se colocam contra as ações e do regime que está no poder (oposição) e assim são  entendidos como esquerda, e aqueles defensores e a favor do governo em vigência são chamados de direita. Mesmo  com os dois lados realizando reformas, a direita visa, por exemplo, a liberdade individual enquanto a esquerda luta pela justiça social.

Após a queda do muro de Berlim um novo cenário político se abriu, por este motivo as palavras direita e esquerda não dão conta da diversidade política do século XXI.

Já no Brasil essa divisão se fortaleceu na época da ditadura militar, onde quem apoiou o golpe militar era de direita e quem  defendia a instauração de um regime socialista era de esquerda, com o tempo ouras divisões apareceram diante dessas ideologias.

Justiça e Solidariedade

Atualmente os partidos de direita vão pelo lado democrata-cristão enquanto os de esquerda tem o social-Democrata e progressistas. Os dois lados tem extremistas, os da direita tem aqueles que apoiam o nazismo e facismo enquanto os extremistas de esquerda tem os movimentos simultaneamente igualitários e autoritários, como movimentos operários e comunistas pelo o fim da propriedade privada. Tem ainda a política de centro que visa mais a tolerância e o equilíbrio, contudo também pode ser alinhada com política de esquerda ou de direita.

Na parte da economia os partidos de direita são a favor de manter a os direitos da propiedade particular, mas algumas interpretações não defende total intervenção do governo na economia e a extinção e simplificação da regulamentação governamental e os partidod de esquerda defende uma economia mais justa e solidaria com mais distribuição de renda e interferencia do estado.

Além da parte política e econômica, a direita e a esquerda também têm a ver com questões éticas e culturais. Os temas civis na legislação como o casamento LGBT e a legalização de drogas, são associados à esquerda enquanto a bandeira da direita assume a defesa da família tradicional.