Botafogo faz péssima partida e toma goleada do líder do campeonato São Paulo


Domínio total do São Paulo, além de não chegar na área do adversário, o alvinegro foi bombardeado pelo time paulista

André Lucas

A vida do Botafogo não esta fácil! O time tinha um jogo a menos, entrou para fazer um ponto e melhorar um pouco a situação, mas tomou uma goleada do líder do campeonato, afundando um pouco mais no campeonato Brasileiro.

Um ponto que poderia colocar o alvinegro carioca na cola do Curitiba. E, começar a ensaiar uma recuperação, porém o objetivo do time não foi alcançado. Completamente dominado o Botafogo viu o São Paulo ter 2 terços da posse de bola, 66%, o time do Diniz deu 31 chutes ao gol, enquanto o time do Mercier De Lucena apenas 8. Diego Cavalieri ainda fez duas grandes defesas que poderiam deixar o placar ainda mais largo.

O Botafogo além de não conseguir se defender, também não conseguia atacar, o time não tem transição da defesa para o ataque, não conseguia botar a bola no chão, entregou a pose de bola e o campo para o São Paulo, e quando subia para o contra ataque não conseguia chegar perto da área do adversário. Esse péssimo sistema tático nos últimos 11 jogos foram 8 derrotas e 3 empates, resultados que deram ao Fogão a penúltima colocação da tabela, a um ponto do lanterna Goiás. Essa dificuldade do time de atacar não foi só no jogo de ontem, o time tem uma transição muito lenta, o astro Honda, responsável por ligar a defesa ao ataque e fazer a transição não encaixou no time, e já demonstrou estar infeliz com o clube. A ultima Vitória do Clube carioca foi no dia 11 de outubro, exatamente 60 dias atrás.

A campanha do Botafogo não é nem perto de satisfatória. O time não chegou em nenhuma final nas competições estaduais desse ano, na taça Guanabara não foi nem a semi final. Na copa do Brasil caiu nas oitavas para o Cuiabá, e no Brasileirão em 24 rodadas o time só ganhou 3.

A péssima temporada do ano passado deixou o Bota fora de uma competição continental, bastava a 14 colocação para conquistar a vaga na sul americana, além disso as cotas televisiva do time caiu esse ano, e o time despencou em patrocínio nos últimos 4 anos, no ano passado a verba de patrocínio foi 11 milhões, a metade de 2017. Com esses resultados o clube não teve investimentos esse ano, trouxe Honda e Kalou de graça, e teve esperança do meia e o atacante acerta o time, porém nenhum dos dois deu muito certo no clube e a temporada estar sendo um desastre.

O Botafogo precisa de reforços e isso é um fato que todos sabem, mas para ter reforços precisar de dinheiro, e o clube não consegue ser rentável, pelo contrário o time é deficitário a muito tempo o que explica a divida enorme do Clube. No cenário mais otimista o time se acerta, se recupera, sai da zona de rebaixamento e quem sabe alcança a vaga na competição Continental. Na pior hipótese o time é rebaixado joga a serie b ano que vem, a receita despenca ainda mais e o time se afunda na segunda divisão igual o Cruzeiro atualmente. 

A grande esperança do clube

Existe no senado hoje uma lei que permite que clubes se tornem empresas, o texto já passou no congresso e espera votação no senado, a demora ocorre muito por conta da pandemia, o congressos tem muitas pautas relacionado a crise sanitária e acaba não tendo espaço para que outros projetos sejam votados. O clube carioca ver a venda do clube como única forma de pagar a dívida e investir forte no time. A diretoria afirma que 40 investidores estão em diálogo com o clube. Resta agora o Senado aprovar a lei. 

Os próximos jogos do Botafogo:

Inter: 12/12 sábado ás 19:00 

Curitiba: 19/12 sábado Ás 21:00

Corinthians 27/12 domingo ás 16:00

Fogão não terá boa vida na Libertadores 2017


O sorteio da Copa Libertadores da América de 2017 foi realizado ontem (21/12), em Assunção, no Paraguai. Três clubes brasileiros – Atlético-MG, Chapecoense e Grêmio – já sabem os três adversários que enfrentarão na fase de grupos da competição continental. Pelos rivais, na teoria, a equipe catarinense terá tarefa mais difícil do que atleticanos e gremistas.

O Atlético-MG está no grupo 6, ao lado de Libertad-PAR, Godoy Cruz-ARG e Sport Boys-BOL. A Chapecoense integra o grupo 7, com os tradicionais Nacional-URU e Lanús-ARG, e o desconhecido Zuliá-VEN. Já o Grêmio encabeça o grupo 8, e terá que enfrentar o Guaraní-PAR, o Zamora-VEN e o Deportes Iquique-CHI.

Quem já sabe que terá verdadeiras pedreiras pela frente é o Flamengo. O time carioca caiu no grupo 4 da Libertadores, ao lado de San Lorenzo-ARG e Universidad Católica-CHI. Outras equipes brigarão nas fases preliminares para entrar nessa chave. São elas: Atlético-PR, Millonarios-COL, Universitário-PER, Deportivo Capiatá-PAR e Deportivo Táchira-VEN. O Atlético-PR encara o Millonarios na segunda fase.

O Santos é o cabeça de chave do grupo 2, que terá o Independiente Santa Fé-COL e o Sporting Cristal-PER. O outro componente do grupo ainda está indefinido. Atlético Cerro-URU, Unión Española-CHI, The Strongest-BOL, Universitario de Sucre-BOL e Montevideu Wanderers-URU tentarão ingressar no grupo santista.
libertadores

Já o Palmeiras está no grupo 5, com Peñarol-URU e Jorge Wilstermann-BOL. Carabobo-VEN, Junior Barranquilla-COL, Atlético Tucumán-ARG e El Nacional-EQU lutam nas fases previas para participar desse grupo.

O Botafogo, por sua vez, tem encontro marcado com o Colo-Colo-CHI na segunda fase da Libertadores. O ganhador do duelo vai enfrentar o vencedor de Olimpia-PAR x Deportivo Municipal-PER ou Independiente del Valle-EQU. Se avançar até a fase de grupos, o Botafogo duelará com Atlético Nacional-COL, Estudiantes-ARG e Barcelona-EQU.

A 58ª edição da Copa Libertadores da América terá o maior número de participantes da história. Serão 47 times, e pela primeira vez a competição terá duas fases preliminares.

O principal torneio do continente começará uma segunda-feira, em 23 de janeiro, e terminará ao fim de novembro, com jogos da decisão do título nos dias 22 e 29. As equipes que forem eliminadas antes de chegar à fase de grupos serão encaixadas na segunda fase da Copa Sul-Americana.

E outra novidade na Libertadores de 2017 é o novo sorteio que será realizado para confirmar os confrontos das oitavas de final, assim como acontece na Liga dos Campeões da Europa.

Ex-jogador do Botafogo está em cela com mais 16 presos


Preso nesta quinta-feira, acusado de estuprar quatro adolescentes de Conceição do Araguaia (PA), o atacante Jobson, ex-Botafogo, está em uma cela, em uma delegacia de Conceição, com mais 16 presos, informou o delegado Rodrigo da Motta, que investiga o caso.

O jogador, no entanto, pode ser transferido para o presídio de Marabá, a cerca de 400 km de distância, a qualquer momento. Os advogados do jogador trabalham para que ele seja solto antes disso.

Segundo Rodrigo da Motta, Jobson não teve problema de relacionamento com os outros presos.

– Ninguém colocou a mão nele. Está sendo respeitado. Aqui a gente tem ordem. Os presos sabem que, se fugirem da disciplina, podem ser transferidos para um presídio e isso eles não querem – disse Rodrigo.

Durante o interrogatório da Polícia Civil do Pará, Jobson preferiu não se pronunciar sobre o caso. Ele só falará na presença dos advogados.

Jobson Foto: divulgação
Jobson Foto: divulgação

Entenda o caso

Jobson foi preso na manhã desta quinta-feira e não ofereceu resistência, conforme o comunicado da Polícia Civil do Pará. O inquérito policial foi instaurado há uma semana, na delegacia de Conceição do Araguaia, após uma das vítimas, uma garota de 13 anos, denunciar que fotos suas em situações pornográficas estavam circulando em grupos de rede social, por meio do WhatsApp.

Segundo relatou a vítima ao delegado Rodrigo da Motta, que investiga o caso, o jogador teria aliciado a jovem para levá-la até sua chácara, em Tocantins, junto com outras três adolescentes. Ali as vítimas teriam sido embriagadas e entorpecidas possivelmente com “roupinol”, para então serem abusadas sexualmente.

– Ele aliciava as garotas para fazer festas com bebidas e drogas e as levava para sua chácara ou para outros lugares. São quatro adolescentes, uma vai completar 13 anos, a outra já tem 13 anos completos e as outras duas têm 14 anos completos – informou o delegado.

Após o depoimento da adolescente, a Polícia Civil localizou as outras vítimas, que foram ouvidas e confirmaram o ocorrido. Todas passaram por exames periciais e atendimentos médicos. Os exames comprovaram que nas duas menores de 12 e 13 anos houve conjunção carnal (penetração). As outras duas adolescentes alegaram, em depoimento, que consentiram as relações sexuais, no entanto, afirmaram estavam sob efeito de bebidas alcoólicas e substâncias entorpecentes colocadas na bebida.

Conforme o delegado, existe uma quinta adolescente que também acusa o jogador, porém o caso ainda está sob apuração e ainda não foi comprovado.

Flamengo 2 X Botafogo 2


Em mais um clássico fora do Rio, Botafogo e Flamengo empataram por 2 a 2, neste sábado, no estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG). É o sexto jogo sem vencer do time rubro-negro, que termina a quinta rodada da Taça Guanabara fora do grupo de classificação para as semifinais do Campeonato Carioca.

Com o empate, o Botafogo tem oito pontos e está entre os quatro que avançam para a próxima fase. Na próxima rodada, o adversário é o Bangu. Já o Flamengo é o sexto colocado, com seis pontos, e pega o Boavista no estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Preocupado com o incômodo jejum de vitórias, o técnico Muricy Ramalho mudou o esquema com a saída do atacante Emerson para a entrada de Alan Patrick. O time até iniciou melhor o jogo, mas na primeira vez que foi atacado, sofreu o gol, após falha do goleiro Paulo Victor. Carli recebeu a bola com liberdade e fez 1 a 0, aos 12 minutos.

O gol deixou o Flamengo nervoso e sem muita ação. Sem criatividade, só voltou a ameaçar em falha de Renan Fonseca, que entregou nos pés de Guerrero. O peruano entrou livre na área e parou em Jefferson. Aos 30 minutos, o empate. Rodrigo Lindoso afastou mal a bola, que sobrou para Alan Patrick acertar belo chute de fora da área: 1 a 1.

botafogo-x-fla

Muricy Ramalho não estava satisfeito com a equipe e voltou ao esquema com três atacantes. Não deu certo de novo. O Botafogo voltou mais agressivo e pressionou até Ribamar sofrer pênalti de Wallace. Rodrigo Lindoso cobrou e viu Paulo Victor defender o pênalti, mas no rebote o volante recebeu passe de Fernandes e se redimiu com o 2 a 1.

O Flamengo demorou a se recuperar do golpe. Melhor em campo, Alan Patrick era o único que conseguia articular algo. Aos 23 minutos, o meia lançou Marcelo Cirino, que encobriu Jefferson e só não marcou porque Diogo Barbosa evitou o gol na linha. Quando a torcida já criticava alguns jogadores, novo empate. Gabriel levantou para Marcelo Cirino marcar de cabeça e garantir o empate que ampliou o jejum sem vitórias do time de Muricy Ramalho. (Fotos: Vitor Silva / SS Press)

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 2 x 2 FLAMENGO

BOTAFOGO – Jefferson; Luis Ricardo, Carli, Renan Fonseca e Diogo Barbosa; Airton (Fernandes), Rodrigo Lindoso, Bruno Silva e Gegê; Salgueiro (Neilton) e Ribamar (Luís Henrique). Técnico: Ricardo Gomes.

FLAMENGO – Paulo Victor; Rodinei, Wallace, Juan e Jorge; Cuéllar, Willian Arão, Alan Patrick (Gabriel) e Ederson (Emerson); Marcelo Cirino e Guerrero (Felipe Vizeu). Técnico: Muricy Ramalho.

GOLS – Carli, aos 12, e Alan Patrick, aos 30 minutos do primeiro tempo; Fernandes, aos 12, e Marcelo Cirino, aos 35 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Fernandes, Carli, Bruno Silva, Gegê e Renan Fonseca (Botafogo); Juan e Cuéllar (Flamengo).

ÁRBITRO – Luis Antônio Silva dos Santos.

RENDA – R$ 811.510,00.

PÚBLICO – 16.150 pagantes.

LOCAL – Estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG).

Botafogo: Luiz Ricardo fora por duas rodadas


Após a segunda-feira de folga o elenco do Botafogo se reapresentou na manhã desta terça-feira, em General Severiano, para iniciar a preparação para o clássico do próximo domingo, às 16h (de Brasília), contra o Vasco em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), pela terceira rodada da Taça Guanabara, segunda fase do Campeonato Carioca. O técnico Ricardo Gomes, porém, entrou em campo com o pé esquerdo, pois foi avisado de que perdeu um importante titular para esse compromisso. Trata-se do lateral-direito Luis Ricardo, vetado pelo departamento médico após se submeter a um exame de imagem.

Papel-de-Parede-do-Botafogo

Luis Ricardo foi substituído no início do confronto com o Madureira, com triunfo botafoguense por 1 a 0. O jogador deixou o gramado reclamando de dores na coxa direita e o exame, que teve o resultado divulgado apenas nesta terça-feira pela manhã, acusou uma lesão no músculo adutor. Assim, ele está vetado para o clássico contra o Vasco e para a partida seguinte, diante do Volta Redonda, em 30 de março.

Diante do Madureira Ricardo Gomes optou por improvisar o meia Octavio no setor e o jogador teve um bom desempenho. Diego, que é jogador da posição e foi titular em algumas oportunidades, não havia sido relacionado no domingo e por isso mesmo pode-se dizer que a disputa está em aberto. No treino desta manhã de terça-feira Octavio largou na frente e trabalhou entre os titulares, mas se mantiver a coerência em relação a situações parecidas do passado, o treinador também deverá testar Diego ao longo da semana.

 

“Estou sempre preparado para ajudar o Botafogo e o Ricardo Gomes no que ele precisar. Ainda bem que consegui ter um bom desempenho diante do Madureira, mas o fundamental para mim é o time continuar rendendo bem dentro de campo”, avisou Octavio.

“Infelizmente perdemos um jogador importante como o Luis Ricardo, mas o nosso time é muito bem montado e vai saber assimilar isso. O Diego vem treinando muito bem e o Octavio mostrou seu potencial contra o Madureira. Um bom problema para o Ricardo Gomes decidir”, disse o volante Bruno Silva, autor do gol diante do Madureira.

Nesta terça-feira os jogadores participaram de uma atividade tática, mas em um clima de tranquilidade. O atacante Juan Salgueiro, por exemplo, levou o filho Emiliano, com quem brincou depois da atividade. Nesta quarta-feira os jogadores voltam a trabalhar na parte da manhã.

Fora de campo o departamento jurídico vai entregar até quinta-feira ao presidente Carlos Eduardo Pereira parecer sobre o pedido de exclusão do ex-presidente Maurício Assumpção do quadro social por conta de supostas irregularidades em sua gestão. De posse desse documento, uma comissão formada por três associados, e montada desde outubro por Pereira, vai tomar uma decisão sobre o caso.

Fogão irá completo para clássico com Flusão


Com a força máxima à disposição, Ricardo Gomes iniciou ontem os preparativos para o duelo com o Fluminense. Poupados de algumas atividades na semana passada, Luis Ricardo, Airton e Bruno Silva voltaram a treinar em General Severiano. O desgaste físico da equipe pesou na decisão do treinador de escalar nove jogadores reservas contra o Boavista. Jefferson e Ribamar foram os únicos titulares que começaram a partida.

No treino tático, Ricardo Gomes manteve o esboço da equipe-base com apenas nove peças: Jefferson, Luis Ricardo, Carli, Emerson, Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva, Rodrigo Lindoso e Gegê. Salgueiro, Neilton, Ribamar e Luis Henrique prometem uma acirrada disputa pelas últimas duas posições entre os titulares para o clássico.

Airton deve enfrentar o Fluminense Foto: Vitor Silva / SS Press
Airton pode voltar ao time contra o Fluminense
Foto: Vitor Silva / SS Press

Se depender de Fernandes, a definição das vagas continuará aberta. Autor do gol da vitória sobre o Boavista, o volante pretende semear a dúvida na cabeça do técnico alvinegro. Substituto de Bruno Silva, poupado devido a uma torção no tornozelo direito, Fernandes agradou.

“Nosso time foi bem, fui coroado com o gol. Foi muito bom voltar. Não chorei, mas fiquei bastante feliz. Cheguei a falar que estava com saudade. Eu posso ser titular, sim, pelo trabalho que estou fazendo, pelo jogo que fiz domingo, mas isso deixo para o professor. Não tem onze definidos, quem entrar tem que estar bem para fazer bons jogos”, disse Fernandes.

Depois de iniciar a temporada com 16 jogadores formados na base, o Botafogo decidiu apostar em outra joia: Victor Lindenberg, de 18 anos. O lateral-esquerdo foi promovido da equipe sub-20 para um período de experiência entre os profissionais.

Destaque da última edição da Copa São Paulo de Futebol Júnior, ele teve o contrato prorrogado até o fim de 2017 e aumenta as opções de Ricardo Gomes, que já conta com Diogo Barbosa e Jean para a lateral-esquerda.

Fogão e Vascão fazem jogo alucinante


No duelo dos grandes invictos no Carioca, Vasco e Botafogo permaneceram nesta condição. O Gigante saiu na frente com Riascos, mas Emerson fez um belo gol de falta e empatou a partida para o Glorioso. As duas equipes lideram os seus grupos e já estão classificadas para a segunda fase.

Na próxima rodada, o Vasco enfrenta o Bonsucesso para fechar a sua participação na primeira fase da competição. O Botafogo encara o Boavista. Inicialmente, ambas as partidas estão marcadas para domingo. (Fotos:Vitor Silva / SS Press / Botafogo)

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 x 1 BOTAFOGO

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/Hora: 28/2/2015, às 19h
Árbitro: Mauricio Machado Coelho Junior
Cartões amarelos: Luis Ricardo, Airton, Bruno Silva (BOT); Marcelo Mattos, Rodrigo, Andrezinho, Bruno Gallo (VAS)
Renda/Público: R$ 291.570,00 / 7.921 pagantes
Gols: Riascos, 15’/1ºT (1-0); Emerson, 42’/2ºT (1-1)

VASCO: Martin Silva, Madson, Luan, Rodrigo e Julio Cesar; Marcelo Mattos (Bruno Gallo, 32’/2ºT), Julio dos Santos (Eder Luis, 13’/2ºT), Andrezinho e Nenê; Riascos (Thalles, 25’/2T) e Jorge Henrique. Técnico: Jorginho.

BOTAFOGO: Jefferson, Luis Ricardo, Carli, Emerson e Diogo Barbosa; Airton, Bruno Silva e Rodrigo Lindoso (Lizio, 38’/2ºT); Gegê (Salgueiro, 16’/2ºT) e Ribamar; Luis Henrique (Neilton, intervalo). Técnico: Ricardo Gomes.