Palmeiras usa e abusa da vantagem e se classifica a final da Liberta


No primeiro jogo o time paulista aplicou 3 a 0 no River, e mesmo perdendo de 2 a 0 na volta o time estará na final

André Lucas

O Palmeiras foi  salvo do céu ao “quase inferno” em uma semana. Primeiro na noite de terça feira no dia 5, o Palmeiras teve uma partida dos sonhos, fez 3 a 0 no River Plate, fora de casa e construiu uma vantagem muito grande suficiente para classificar o time até que perdesse dois gols de diferença. 

Na noite de ontem contra o mesmo River Plate, o time quase viveu um pesadelo, o River aplicou 2 a 0 só no primeiro tempo e dominava o jogo completamente, apesar do Palmeiras ainda conseguir sair no contra  ataque, as melhores chances era do time argentino. O Palmeiras no primeiro tempo não deu nenhum chute ao gol do goleiro Armani.

O River construía jogadas pelos lados e infiltrava a área com facilidade, o Palmeiras assistiu uma bola na trave, e duas tirou em cima da linha fora as incríveis defesas de Weverton. Parecia questão de tempo até sair o terceiro e o jogo ir para os pênaltis. A pose era toda do River que chutava o tempo todo, e a cada chute um suspiro mais fraco dos torcedores do verdão.  

O Var 

O Var ainda teve um protagonismo importante no jogo, primeiro aos 54 minutos, no lance do terceiro gol, um impedimento na origem do terceiro gol do River Plate, começava aí a participação do Var no jogo.   Depois aos 78 minutos o var anula um pênalti marcado em campo, Alan derrubou Suáres o Juiz marcou e depois da revisão na tela do Var o pênalti foi anulado. 

Depois de mais um lance de pênalti contra o Palmeiras dessa vez o contato foi claro, e o jogador do palmeiras derrubou o atacante do River, o Var entrou em ação e viu impedimento na origem da jogada e anulou o pênalti. Ainda um jogador expulso no River Plate, o zagueiro Rojas foi expulso aos 73 minutos de jogo(28 minutos do segundo tempo).

A intervenção do Var não só chamou a atenção do público como gerou indignação de muitos. O renomado jornalista Mauro César escreveu em sua coluna na UOL, “VAR salva Palmeiras na noite de classificação à final em vergonhosa atuação. –  O gol anulado de Borré no começo do segundo tempo após o VAR “pesquisar” atentamente um impedimento na origem do lance em nada afetou o comportamento dos comandados de Marcelo Gallardo. O River seguia dominando, agredindo diante de um Palmeiras apático, tendo como única saída ofensiva lançamentos para Rony”. 

Abel fala sobre superioridade do Five Plate

Após ser criticado por falta de criatividade e recursos no jogo contra o contra o River, o técnico português, Abel Ferreira falou sobre o jogo contra os argentinos. “O River tem um treinador melhor do que eu. Tem também jogadores com grande experiência . Nos últimos cinco anos eles estiveram nas semifinais, e ganharam a competição duas, mas quer eu, quer meus jogadores, só há uma maneira de ganhar experiência e viver, passar por isso. Por isso, hoje subimos a montanha, vimos a vista lá de cima e é muito boa. Agora, vamos descer outra vez, recuperar nossos jogadores, ver o time que teremos para a próxima partida… Hoje, ficamos sem o Gómez e o Zé Rafael. Não tínhamos um volante sequer no banco para nos ajudar. Até deixei o Luan de fora na expectativa dele ter que entrar no meio, porque o Zé Rafael não jogava há muito tempo e podia não aguentar os 90 minutos. A vida do treinador é isso. Nosso adversário veio aqui com força máxima, e nós, com os jogadores que tínhamos, demos tudo, Tivemos que sofrer, sim, mas a classificação foi fruto do que fizemos na Argentina. Foi um jogo em que poderíamos ter feito mais gols, pois as mesmas oportunidades que eles tiveram aqui nós tivemos lá. Em duas mãos, deu 3 a 2 para nós”.

Flu vence o Fla de virada e está vivo na luta pela vaga na liberta


Fluminense consegue uma Vitória importantíssima  em cima do Flamengo que perdeu a chance de colar no São Paulo

André Lucas

Quarta-feira de Brasileirão marcada por clássico no Rio De maneiros x Flu, em jogo com virada aos 48 do segundo tempo, o Fluzão saiu de campo com os três pontos. 

O Flamengo começou o jogo bem, com intensidade e domínio, criou as melhores chances, algumas chances claras de gols. Gabigol e Everton Ribeiro estavam conseguindo atacar o time tricolor carioca. 

O camisa 9 da Gávea obrigou o goleiro do Fluminense, Marcos Felipe, a fazer pelo menos 3 defesas importantes, BH quase fez um sem goleiro mais a zaga chegou antes, e ER7 deu dois chutes ao gol que levaram perigo. 

Mesmo com toda essa pressão foi só aos 40 do primeiro tempo o Flamengo conseguiu o fazer o primeiro gol do jogo, com Arrascaeta de cabeça no rebote que o goleiro deu. 

O jogo foi para o intervalo com um domínio completo do Flamengo, que mandou no jogo é parecia se concretizar como favorito a Vitória. 

Enquanto isso em São Paulo, o Bragantino vencia por 3 a 1, o líder do campeonato perdendo e o Fla ganhando, era a noite dos sonhos de todos os rubro negros, porém o jogo virou. 

No segundo tempo o Fla não jogou, entrou desligado e sem vontade, Everton Ribeiro e Bruno Henrique já não corria mais, o time Rubro Negro parecia estar satisfeito com o resultado e parou de buscar o jogo. 

Foi nesse cenário que o time tricolor cresceu demais em campo, com uma noite de galã, Welinton Silva,  o camisa 17 das laranjeiras, jogou muito, ele subia sozinho e conseguia levar perigo a zaga do Flamengo. 

O Fluminense começou a recuperação fechando o meio campo e obrigando o Flamengo a jogar pelas pontas, o agora terceiro colocado do Brasileirão só conseguia cruzar bola na área do Flu, e a defesa tricolor tirou todas. 

O Flu adiantou a marcação e começou a mandar no jogo. Aos 10 minutos em uma bola parada, o cruzamento perfeito para Lucas Claro fazer o gol do empate, e depois daí um apagão total no meio campo do Flamengo, e o jogo esfriou cada vez mais, não tinha criação, só muitas faltas e cartões amarelo.

O Fluminense deixava o Fla ter a pose mas não dava espaço para o time adversário trabalhar, e quando roubava a bola já acelerava o contra ataque. Antes do segundo gol aos 48 do segundo tempo, um dos contra ataque, Welinton Silva botou uma bola na trave. 

Ao apagar das luzes o meia Yago, interceptou um passe mal feito de Felipe Luís, ficou de cara para o gol e bateu na saída de neneca. O camisa 20 das laranjeiras conseguiu a virada aos 48 do segundo tempo, e colocou o Fluminense firme na briga pela libertadores. 

Agora com 43 pontos, o Fluminense ocupa a 7° colocação e briga contra coríntias, Santos,  Palmeiras e Inter por um vaga no G6, lembrando que vai virar G7. Já o Flamengo que a semanas vem secando o líder São Paulo, quando finalmente o time paulista tropeça o Fla não aproveita, e agora ainda ver o Galo que joga hoje podendo abrir vantagem. 

Próximos jogos do Flamengo: 

Ceará – 10/01 – 16:00 hrs

Goiás – 18/01 – 20:00 hrs

Palmeiras- 21/01 – 19:00 hrs 

Próximos jogos do Fluminense

Corinthians – 13/01 – 21:30 hrs.

 Sport – 16/01 – 19:09 hrs.

Curitiba – 20/01 – 20:30 Hrs.

Palmeiras atropela River Plate e constrói uma vantagem gigante


Time aplica 3 a 0 fora de casa e segue firme no sonho de voltar a vencer uma Liberta

André Lucas

Na noite dessa terça feira, dia 6 de janeiro, o Palmeiras enfrentou o River Plate na Argentina e ganhou de 3 a 0. Eu um jogo que começou de um jeito e terminou de outro bem diferente, o Palmeiras construiu uma vantagem grande e importante fora de casa. 

O jogo começou com o River construindo muitas jogadas perigosas pelo lado esquerdo do ataque. O time do técnico Garllado que nesses últimos anos em que chegou na Simi final 5 vezes nos últimos6 anos, indo para 3 finais e sendo campeão duas vezes, tem como tradição dos estilo de jogo jogar muito pelos lados e com muito profundidade. 

Já no começo do jogo Marcos e Gabriel menino davam muito espaço pelo lado esquerdo, o que dava liberdade para a criação do time argentino. Já aos 5 minutos de jogo, Suáres ganho de Marcos Rocha na ponta esquerda e cruzou para  o meio campo Carrascal que ficou cara a cara com o goleiro Weverton, que fez uma defesa monumental e salvou o time alvo verde. 

Antes disso o atacante colombiano  Borre, recebeu uma bola dentro da área, que veio do  mesmo lada  esquerdo, cortou o zagueiro e acertou um foguete, porém a bola subiu e passou por ciam do gol. 

Depois ainda teve uma jogada em profundidade pelo lado direito que terminou em um cruzamento do lateral direito Montiel deixou  Borre na cara do gol, mas ele furou e a bola passou direto na área e foi para a linha de fundo. 

Um dos ditados mais comuns e verdadeiros do futebol é, quem não faz, leva. E foi assim no jogo do de ontem, aos 26 minutos de jogo, depois de uma grande intensidade nos ataque do River, e nenhum chute para o gol do Palmeiras, o time paulista subiu. Em jogada pela ponta direita, o meia Patrick de Paula deu um passe genial para Gabriel menino que ficou no mano a mano, cortou para dentro e cruzou, o goleiro afastou mal de mais essa bola, que sobrou no pé de Roni, que ajeitou e  citou com efeito, a bola ainda desviou no meio do caminho e mudou a trajetória, foi dentro do gol sem chances para o goleiro Armani. 

Ante do fim do primeiro tempo o jogador  do palmeiras Gustavo Escarpa ainda fez um bonito gol, dando um balãozinho no goleiro , porém o gol do meia foi anulado, o atacante Luiz Adriano  que recebeu essa bola e fez o passe para Escarpa, estava impedido na origem da jogada. 

Roni ainda teve mais um oportunidade na mesma ponta, no mesmo ângulo, ele dominou e bateu com o mesmo efeito, mas dessa vez a bola subiu e passou por cima da trave. 

Antes do segundo tempo o time do River ainda botou 2 bolas na trave, uma de cabeça e a outra foi o meia Inácio de falta na entrada da área, bateu bonito mas ficou só na trave. 

No segundo tempo o domínio do River foi grande o Palmeiras recuou de mais as linhas para esperar o time argentino e subir no contra ataque. A pose de bola no fim de jogo foi de 71% para o River e 29% para o Palmeiras o que deixa em evidência esse domínio. Porém o time paulista ganho na eficiência, subiu e marcou, simples assim. 

Primeiro na saída rápida para o contra golpe, uma ótima troca de pare entre, o meia Danilo e os atacantes Roni e Luiz Adriano, terminou em um Pivô de futsal de Luiz Adriano, que engatou a sexta macha, invadiu a área e fez o segundo do Palmeiras, isso aos 2 minutos do segundo tempo, o que já causa um impacto grande no time adversário.  

O terceiro e ultimo gol do Palmeiras saiu aos 67 minutos, 22 do segundo tempo, na bola parada, veio jogada ensaiada, Gustavo Escarpa cruzou e Viña cabeceou livre para completar o placar, Palmeiras 3×0 Tiver Plate. 

O time brasileiro pode perder de até dois gols de diferença que passa direto, e ainda tem a vantagem de ter feito dois gols fora de casa. O jogo de volta é na Allianz arena, em São Paulo, na próxima terça-feira, ás 21:30. 

São Paulo x Grêmio duelam por vaga na final da copa do Brasil


Os dois times  com desfalques importantes, vira dor de cabeça para os técnicos

André Lucas

São Paulo e Grêmio se enfrentam hoje (30), por uma vaga na grande final da Copa do Brasil.  O jogo será às 21h30min, horário de Brasília, com transmissão da Globo para todo o Brasil. O jogo também estará disponível para assinantes Premier. 

Na primeira partida na casa do Grêmio, os mandantes levaram a melhor e construíram uma vantagem importante. O duelo terminou com o placar de 1 a 0 para o tricolor gaúcho, que joga hoje por um empate com gols. E, caso perca de um gol de diferença, o time se classifica por gols fora de casa, desde que faça gols. Caso o jogo termine 1 a 0 para o tricolor paulista, a partida vai para os pênaltis. O vencedor desse confronto enfrenta na final o Palmeiras ou o América MG.

A temporada do São Paulo até aqui

O time paulista vive um grande momento. Lidera o Brasileirão com folga e fazia uma boa campanha na Copa do Brasil até o último jogo quando perdeu para o Grêmio. 

O São Paulo estava na Libertadores desse ano, por isso entrou direto nas oitavas. O time paulista que estava invicto na competição até perder na última quarta. Para chegar até a semifinal, eliminou o Fortaleza nas oitavas de final e o Flamengo nas quartas, conquistando sua vaga entre os quatro semifinalistas.

A equipe de Fernando Diniz não começou bem essa temporada, já no Campeonato Paulista não chegou nem a final. Aliás o clube está há 15 anos sem disputar uma final de Campeonato Paulista, a última vez foi em 2003, quando perdeu os dois confrontos para o Corinthians que levantou a taça aquele ano. 

Além da decepção no paulistão a equipe caiu na Libertadores ainda na fase de grupos, sendo eliminado na Sul Americana, no primeiro jogo contra o Lanús  dentro de casa. 

A temporada que parecia perdida foi se recuperando. O time se encaixando, novas peças se destacavam, como o nome de Luciano que começou a fazer gols sem parar.  O jogador tem dez jogos e cinco gols no Brasileirão, uma ótima média. Outro jogador que se destacou muito foi o jovem Brenner de 21 anos, que na copa do Brasil fez seis gols em cinco jogos,  o principal nome do time na copa. 

Um dos nomes que mais se destacaram com certeza foi o do goleiro Volpi, que cresceu demais nos últimos messes, se tornando um verdadeiro paredão, alguns já pedem o goleiro na seleção. Esses jogadores são a esperança do clube para sair dessa seca de títulos, já são mais de 10 anos sem levantar nenhum título.

A temporada do Grêmio até aqui

O time de Renato Gaúcho começou a temporada muito bem, foi campeão do campeonato Gaúcho, vencendo o Caxias do Sul na final, vinha muito bem na libertadores, até a eliminação para o Santos nas quartas de final, o time que sonhava com o tetra e o bi de Renato Gaúcho, viu o sonho ir por água abaixo. 

No Brasileiro o time estar entre os 8 primeiros dês do começo da temporada, e hoje é o 5 ° colocado com 45 pontos, 2 a menos que o rival internacional, porém o tricolor gaúcho tem um jogo a menos. 

O time jogou a  Libertadores desse ano por tanto entrou na copa do Brasil  direto nas oitavas de final, e para chegar à semifinal passou por juventude e Cuiabá, nas oitavas e quartas respectivamente.  

O confronto de hoje

O time de São Paulo deve entrar sem Pablo e Luciano que sentirão problemas e são dúvidas para o jogo, já o Reinaldo não entra em campo hoje, pôs estar suspenso por causa do terceiro cartão amarelo:

 Volpi; Juanfran, Bruno Alves, Arboleda, Léo; Luan, Daniel Alves, Gabriel Sara e Igor Gomes; Brenner e Luciano (dúvida) Técnico: Fernando Diniz. 

O time do Grêmio que poupou jogadores contra o Atlético Go no fim de semana, deve vir com força total para o jogo decisivo dessa quarta, porém Geromel e Orejuela estão lesionados e não entram em campo hoje. 

 Vanderlei; Victor Ferraz, Rodrigues (Paulo Miranda), Kannemann e Diogo Barbosa; Matheus Henrique e Darlan (Lucas Silva); Alisson, Jean Pyerre e Pepê; Diego Souza. Técnico: Renato Gaúcho

Além de Gerson, BH também vai processar o jogador Ramires por racismo


O Flamengo contratou especialista em leitura labial que apontaram xingamentos racistas contra BH, proferidos por Ramires

André Lucas

Durante o jogo entre Bahia e Flamengo o jogador Gerson afirmou ter sofrido racismo, segundo o camisa 8 da gávea as ofensas vieram do jogador do Bahia, Juan Pablo Ramires. Depois da confusão dentro de campo o jogador do Flamengo deu uma entrevista explicando sua alteração no campo.  

“Ele falou bem assim: Cala a boca, negro. Eu estou vindo aqui, eu nunca falei nada disso porque eu nunca sofri, mas isso daí eu não aceito. Eu não aceito. O Mano (Menezes) até falou “Ah, agora você é vítima, não é? O Daniel Alves te atropelou e você não falou nada. Claro, porque teve respeito entre eu e ele. Eu nunca falei de treinador, mas o Mano tem que saber respeitar. Estou vindo falar aqui por mim e por todos os negros do Brasil.” 

A partida terminou 4×3 para o Flamengo, no Maracanã, e deixou o time vivo no Campeonato Brasileiro. A próxima partida do time carioca é contra o Fortaleza, no Castelão, no próximo sábado (26). O jogo acontecerá às 19:00 horas, vale pela 27º rodada da competição nacional. 

Após o jogo o jogador rubro negro prestou depoimento contra o jogador do Bahia na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi) do Rio de Janeiro, ontem, dia 22 de dezembro. Gerson não falou sobre o caso com a imprensa na delegacia, mas se manifestou mas redes sociais.

“Vim falar sobre o ocorrido, mas não vim falar apenas sobre mim. Quero deixar bem claro que falo pela minha filha, que é negra. Pelos meus sobrinhos, que são negros. Meu pai, minha mãe, amigos .. por todos os negros no mundo. Hoje tenho status de jogador de futebol e voz ativa para poder falar e dar força às pessoas que sofrem racismo ou outros tipos de preconceito”

 O inquérito foi aberto na segunda feira e estar em processo de apuração dos fatos. Além dos atletas Gerson e Ramires, o técnico Mano Menezes e o juiz da partida,  Flávio Rodriguez de Souza.  

O jogador do Bahia nega as acusações, em vídeo publicado pelo clube baiano Ramires fala sobre o mal entendido durante o jogo,  que o atleta rubro negro confundiu o que ele disse por conta do idioma, e que o jogador Bruno Henrique, do Flamengo, ofendeu ele, “ me chamou de gringo de merda”.

“Em nenhum momento fui racista. Nem com Gerson e nem com outra pessoa. Quando fizemos o gol, levamos a bola para o meio para reiniciar o jogo rapidamente. Bruno Henrique segura. Eu começo a correr e digo a ele: “Jogue rápido, irmão. Joga sério”. Ele joga a bola para trás. Gerson me diz algo, mas eu não entendo muito o português. Não entendi o que falou e disse: “Joga rápido, irmão”. Não sei o que ele entendeu e ele começou a me perseguir. E eu sem saber o que tinha acontecido. Eu saí por trás porque não queria brigar com ninguém. Ele disse que eu falei “cala a boca, negro”. Eu não falo português tão fluentemente. Estou há um mês no Brasil. Sobre o fato de ser racista, não estou de acordo. Em nenhum momento falei isso, uma palavra tão ruim”, disse Ramírez. 

O Clube de Regatas do Flamengo enviou imagens da discussão entre Ramires e BH ao Instituto de educação de surdos. Na análise dos especialista o jogador do Bahia disse ao jogador rubro negro “Está falando muito, seu negro”. O clube anunciou que vai abrir processo no STJD acusando o jogador do Bahia de ter sido racista com o Bruno Henrique. 

– O Flamengo encomendou a especialistas do INES – Instituto de Educação de Surdos, uma leitura labial da situação do Ramirez com o Bruno Henrique momentos antes do que se passou com o Gerson. A prova revelou que teria havido a ofensa, vamos apresentar ao STJD e entregar a polícia – anunciou o vice-presidente jurídico do Flamengo, Rodrigo Dunshee de Abranches, nas redes sociais. 

O caso está sendo investigado, qualquer nova atualização o Carvalho News (CN) leva até você.

Flamengo vence em jogo com 7 gols, e segue na briga pelo título.


O time rubro negro venceu por 4 a 3 em jogo com polêmicas, acusações de racismo e muitos gols.

André Lucas

Jogo do Flamengo foi “confuso e acelerado”, essa foi a definição de um torcedor nas redes sociais. O Fla entrou em campo ontem ( 20/12) pela 26 rodada do campeonato Brasileiro, o time carioca buscava uma vitória para se aproximar do São Paulo que é o líder do campeonato, a Vitória veio em um jogo eletrizante com 7 gols, 2 viradas, 2 grandes polêmicas e uma denúncia de racismo.   

Índio Ramirez (E) e Gerson, combate intenso e acusação de racismo. Foto: divulgação

Um jogo doido que terminou com o Bahia tendo mais pose e tocado mais a bola, com 52% de bola para o time baiano e 48% para o rubro negro. O Fla abriu o placar cedo, aos 5 minutos do primeiro tempo, com um golaço de Bruno Henrique, em uma bela jogada de contra ataque, a bola foi enfiada para o melhor jogador da libertadores do ano passado, que dominou, cortou para o meio e acertou um belo chute na gaveta. Aos 10 minutos Gabigol caía na área do adversário nada foi marcado, e o 9 do time revoltado falou uma palavrão para o juiz, e foi expulso direto, essa a primeira polêmica do jogo. Aos 33 o lateral Isla fez o segundo, e trouxe tranquilidade para o time da casa, que encaminhava bem a vitória mesmo com um a menos, pelo menos até o segundo tempo. O Fla ganhava de 2 a 0 e tudo corria muito bem parecia um Vitória muito bem encaminhada. O jogo vai para o intervalo, e quando volta, volta o segundo tempo mais intenso de toda a campanha do Bahia na temporada 2021, primeiro aos 5 minutos o meio campo Ramirez faz o primeiro, um bonito gol com um corte dentro da área e a finalização por baixo do goleiro Diego Alves, e diminui para o Bahia. Depois aos 11 minutos do segundo tempo foi a vez do atacante Gilberto acertar um golaço com G maiúsculo, de muito longe ele acerto no ângulo, sem chances para o geleiro rubro negro, e empatou o jogo para o time baiano. O atacante Gilberto que já virou carrasco do Flamengo, também foi o autor do terceiro gol, aos 14 do segundo tempo o 9 do Bahia subiu e fez de cabeça Bahia 3 Flamengo 2. O time do Nordeste fez 3 gols em um intervalo de 9 minutos, voltou elétrico para o segundo tempo. A reação do time da casa veio com o atacante Pedro aos 38 do segundo tempo, o camisa 21 da uma voadora na bola e empata tudo. Aos 90 minutos um herói improvável aparece para virara o jogo, o camisa 11 da gávea Vitinho recebeu um passe lindo de Pedro e ficou na cara do gol, finalizou por cima do goleiro e fez o quarto para o Flamengo, o gol da virada, dos três pontos. E terminou assim, Flamengo 4 x 3 Bahia.  

Polêmica da expulsão do Gabigol.

Logo aos 9 minutos o jogo teve um interferência direta pela arbitragem. Após um lance próximo a área do Bahia, o camisa 9 da Gávea reclamou de uma falta do meio campo Gregore, o Juiz mandou o jogo seguir, o atacante do Fla ficou indignado e xingou um palavrão, e tomou um cartão vermelho direto pelas reclamações. Na sumula o Juiz da partida Flávio Rodrigues de Souza   afirmou ter expulsado o atacante por ele ter desrespeitado o árbitro. Gabigol inconformado demorou mais de 5 minutos para deixar o campo, em entrevista o jogador disse Agora eu mando mesmo. Como eu vou jogar futebol assim?   

A denuncia de racismo contra o Gerson

A maior polêmica do jogo foi a denuncia de Gerson contra o jogador Índio  Ramirez, segundo o camisa 8 rubro negro,  jogador do Bahia disse ‘cala a boca seu negro.” A denuncia estar na mão da CBF, que vai definir a punição para o jogador. O Bahia afastou o jogador Índio Ramirez até o final da apuração e demitiu Mano Menezes. O clube baiano declarou apoio a Gerson nas redes sociais. 

“O Esporte Clube Bahia vem a público se manifestar sobre a denúncia de racismo feita pelo atleta Gerson, do Flamengo, ocorrida na noite deste domingo (20).

O atleta Índio Ramírez nega veementemente a acusação e a ele está sendo dada a oportunidade de se defender de algo tão grave.”

O Flamengo ganhou o jogo e garantiu os 3 pontos, foi a 48 e se aproximou do líder São Paulo que estar com 53 pontos, com um jogo a menos contra o Grêmio (partida adiada), o Fla ver possibilidade de colar de vez no time paulista e retomar luta pelo título Brasileiro:

Próximos jogos do Flamengo: 

Flamengo x Fortaleza – sábado – 19:00 (26/12)

Flamengo x Fluminense – Quarta feira – 21:30 (06/01

Flamengo x Ceará – Domingo – 16:00 – (10/01) 

Super quarta de futebol, Santos avança para a Semi e Fluzão se distância do G6


Quarta feira dia de futebol, o Santos atropelou o Grêmio e o Fluzão perdeu para o Atlético Goianiense em jogo feio em Goiânia

André Lucas

Santos

Na Libertadores da América o confronto entre brasileiros foi bem diferente de todas as previsões, nem o santista mais otimista acreditaria que no primeiro tempo o Santos já estaria ganhando de 2 a 0 com domínio total dentro de campo.

Aos 11 segundos do primeiro tempo, o Peixe já fazia o primeiro com Kaio Jorge, numa lambança da saga tricolor. Aos dois minutos, uma bola na trave do Santos. Até ai o Grêmio já estava abatido, sentiu o golpe, o psicológico e emocional falaram mais forte, aos 16 minutos. O peixe fazia o segundo com ele, Marinho o astro do time o 11 que deveria usar a 10, o ex artilheiro do time paulista na libertadores.

O Grêmio ainda se recuperava do golpe, o time desligado e perdido em campo, o experiente Renato Gaúcho não conseguia organizar o time, somente no intervalo depois de uma provável conversa aos berros, Gaúcho ajeitou o time para o segundo tempo. 

O Grêmio igualou o jogo ao decorrer do segundo tempo, recuperou a posse e ficou mais intensivo, passou perto do gol duas vezes com Diego Souza, mas não acertou nenhuma, teve quase 70% da posse de bola teve mais que o dobro dos passes de bola, igualou os chutes a gol estava ficando competitivo dentro de campo. Mas, aos 54 mais um golpe, o alvinegro praiano fazia o terceiro. Mais um dele Kaio Jorge, agora o novo artilheiro do time na libertadores, o 5 dele na competição, o 3 do Santos e o segundo dele no jogo. Ainda deu tempo do tricolor de Porto Alegre fazer um aos 80 minutos, o meio campo Thaciano descontou, dois minutos depois o cruel e impiedoso Santos fez mais um, o zagueiro Laércio entrou no segundo tempo e fez o quarto gol, para acabar com qualquer esperança de reação do time gaúcho, se caso existisse alguma. O time do sul voltou para casa com um sentimento de frustração e humilhação, é a segunda vez em 2 anos que o time chega na semifinal e toma uma goleada no segundo jogo. Já o time do litoral de São Paulo ver o sonho do tetra bem próximo, o time estar na semifinal e pega o Racing ou Boca Jr na semifinal da liberta. 

Fluminense

O Fluminense vive um ano de altos e baixos, título no carioca, eliminação na sul americana, entrou no G4, caiu na copa do Brasil, ganhou bem do Inter e do Atlético Paranaense e já estava quatro jogos sem perder nessa temporada de Brasileirão, agora perde para o  Atlético Goianiense em jogo sem criatividade e sem vontade nenhuma. Ontem quem não dormiu assistiu um jogo feio do Fluzão e uma derrota que afasta o tricolor de jogar a liberta no ano que vem. O time com essa derrota se mante em sétimo lugar com 40 pontos 1 a menos que Grêmio, Inter é Palmeiras respectivamente. Palmeiras e Grêmio tem 24 jogos, dois a menos que o time carioca já o Inter tem 25, um jogo a menos. O jogo de ontem era importantíssimo para o Flu voltar ao G4, mesmo que simbolicamente já que os outros times tem jogos a menos, ainda colocava o time vivo para brigar pelo G6, alvo que virou Objetivo do clube na temporada, mas a irregularidade do time se mostra um grande desafio. O Flu segue em frente na campanha rumo a liberta 2021, porém só tem pedreira nos próximos jogos.

Flu x São Paulo – sábado 26/12 – 21:00 

Flu x Flamengo – quarta-feira –  06/01 –  21:30

Flu x Corinthians – quarta-feira – 13/01 – 21:30

Copa do Nordeste de 2021 tem data definida para início da fase de grupos; saiba mais


Me desculpe – sorriso 

Reinventar – Belo 

Insegurança – Pixote

Thais Paim

Perfil oficial da organização anunciou que a Copa do Nordeste de 2021 tem data definida para iniciar a fase de grupos. A informação foi confirmada na madrugada desta terça-feira (15). 

Segundo publicação, torneio regional será iniciado no dia 27 de fevereiro. Após confirmação, o Nordestão vai iniciar próxima temporada sem tempo para descanso de alguns clubes. O motivo é que as equipes que disputam a Série A (Ceará, Fortaleza, Bahia e Sport) terminam o calendário no dia 24 de fevereiro, sendo três dias antes do previsto para início da competição.

Copa do Nordeste. Foto: Lucas Figueiredo

Datas com a tabela detalhada e definição de todos os participantes ainda serão divulgadas de forma mais completa. 

A competição inicia uma fase eliminatória para definir os últimos classificados à chave de grupos com a disputa entre Atlético-BA x Botafogo-PB nesta quarta-feira (15). A partida de retorno vai acontecer no próximo dia 22.

Os outros confrontos eliminatórios são entre Altos ou River-PI x Globo FC, Itabaiana x Santa Cruz e Moto Club x CSA.

Confrontos da fase preliminar do Nordestão: 

Santa Cruz x Itabaiana

CSA x Moto Club

Botafogo-PB x Atlético de Alagoinhas-BA

Globo-RN x Representante do Piauí

Clubes garantidos na fase de grupos do Nordestão: 

Alagoas – CRB

Bahia – Bahia e Vitória

Ceará – Ceará e Fortaleza

Pernambuco – Salgueiro e Sport

Paraíba – Treze

Maranhão – Sampaio Corrêa

Rio Grande do Norte – ABC

Sergipe – Confiança

Botafogo faz péssima partida e toma goleada do líder do campeonato São Paulo


Domínio total do São Paulo, além de não chegar na área do adversário, o alvinegro foi bombardeado pelo time paulista

André Lucas

A vida do Botafogo não esta fácil! O time tinha um jogo a menos, entrou para fazer um ponto e melhorar um pouco a situação, mas tomou uma goleada do líder do campeonato, afundando um pouco mais no campeonato Brasileiro.

Um ponto que poderia colocar o alvinegro carioca na cola do Curitiba. E, começar a ensaiar uma recuperação, porém o objetivo do time não foi alcançado. Completamente dominado o Botafogo viu o São Paulo ter 2 terços da posse de bola, 66%, o time do Diniz deu 31 chutes ao gol, enquanto o time do Mercier De Lucena apenas 8. Diego Cavalieri ainda fez duas grandes defesas que poderiam deixar o placar ainda mais largo.

O Botafogo além de não conseguir se defender, também não conseguia atacar, o time não tem transição da defesa para o ataque, não conseguia botar a bola no chão, entregou a pose de bola e o campo para o São Paulo, e quando subia para o contra ataque não conseguia chegar perto da área do adversário. Esse péssimo sistema tático nos últimos 11 jogos foram 8 derrotas e 3 empates, resultados que deram ao Fogão a penúltima colocação da tabela, a um ponto do lanterna Goiás. Essa dificuldade do time de atacar não foi só no jogo de ontem, o time tem uma transição muito lenta, o astro Honda, responsável por ligar a defesa ao ataque e fazer a transição não encaixou no time, e já demonstrou estar infeliz com o clube. A ultima Vitória do Clube carioca foi no dia 11 de outubro, exatamente 60 dias atrás.

A campanha do Botafogo não é nem perto de satisfatória. O time não chegou em nenhuma final nas competições estaduais desse ano, na taça Guanabara não foi nem a semi final. Na copa do Brasil caiu nas oitavas para o Cuiabá, e no Brasileirão em 24 rodadas o time só ganhou 3.

A péssima temporada do ano passado deixou o Bota fora de uma competição continental, bastava a 14 colocação para conquistar a vaga na sul americana, além disso as cotas televisiva do time caiu esse ano, e o time despencou em patrocínio nos últimos 4 anos, no ano passado a verba de patrocínio foi 11 milhões, a metade de 2017. Com esses resultados o clube não teve investimentos esse ano, trouxe Honda e Kalou de graça, e teve esperança do meia e o atacante acerta o time, porém nenhum dos dois deu muito certo no clube e a temporada estar sendo um desastre.

O Botafogo precisa de reforços e isso é um fato que todos sabem, mas para ter reforços precisar de dinheiro, e o clube não consegue ser rentável, pelo contrário o time é deficitário a muito tempo o que explica a divida enorme do Clube. No cenário mais otimista o time se acerta, se recupera, sai da zona de rebaixamento e quem sabe alcança a vaga na competição Continental. Na pior hipótese o time é rebaixado joga a serie b ano que vem, a receita despenca ainda mais e o time se afunda na segunda divisão igual o Cruzeiro atualmente. 

A grande esperança do clube

Existe no senado hoje uma lei que permite que clubes se tornem empresas, o texto já passou no congresso e espera votação no senado, a demora ocorre muito por conta da pandemia, o congressos tem muitas pautas relacionado a crise sanitária e acaba não tendo espaço para que outros projetos sejam votados. O clube carioca ver a venda do clube como única forma de pagar a dívida e investir forte no time. A diretoria afirma que 40 investidores estão em diálogo com o clube. Resta agora o Senado aprovar a lei. 

Os próximos jogos do Botafogo:

Inter: 12/12 sábado ás 19:00 

Curitiba: 19/12 sábado Ás 21:00

Corinthians 27/12 domingo ás 16:00

Pilotos que correram no Autódromo contam histórias de uma Brasília veloz


Pilotos que correram no Autódromo Nelson Piquet relembram histórias marcantes do centro esportivo e lamentam a desativação

Júlia Vitória

O autódromo internacional Nelson Piquet está fechado desde dois mil e quatorze, muito elogiado pelos pilotos que correram por lá, ainda não tem previsão de abertura. Enquanto a reforma que é necessária não ser concluída as lembranças de momentos marcantes. Em Brasília passam diversos pilotos de formula 1 Nelson Piquet, Alex Dias Ribeiro são alguns nomes que iniciaram sua carreira  mesmo lugar a capital do Brasil. Antes de tudo o autódromo era considerado uma pista a céu aberto, e junto ao sonho do presidente da época o automobilismo nascia no Brasil.

Alex Ribeiro, vice campeão inglês de formula 3 chegou a idade livre em mil novecentos e cinqüenta e sete, naquela época Brasília era conhecida como terra de oportunidades e nela ele sonhou em ser piloto  e chegar as istas de corrida, ele se encantou pelo automobilismo na primeira corrida na capita em mil novecentos e sessenta. E começou a correr na formula 1 em mil novecentos e setenta e seis.

Em mil novecentos e sessenta e sete ele e os amigos marcaram quinhentos quilometro de Brasília com o protótipo construído, com o eu restou de um fusca.  Ele largou em ultimo lugar  chegou em segundo este fato fez com que as portas automobilísticas se abrissem para ele trabalhou com Robert Moreno um mecânico que ele fala ser muito bom. Em numero 1 no ranking dos pilotos brasileiros   em mil novecentos e setenta e três o automobilismo ganhou Brasília como nenhum outro esporte fez.

No Centro Integrado de Ensino Médio CIEM da Universidade de Brasília João Luiz conheceu Ribeiro e lá ambos estudaram técnico de mecânico. Com três semanas para os quinhentos quilômetros de Brasília os estudantes fazendo um trato com o presidente da confederação Brasileira de automobilismo da época, e fizeram um carro com as normas da corrida. Na garagem da Asa Sul, um protótipo do Planalto Central surgia. Eles pegavam varias peças no ferro velho e foram montando o carro com as próprias mãos, que ficou pronto três dias antes da corrida. O carro foi construído com algumas pecas doadas de uma mecânica desativada.   

Roberto Pupo é apaixonado por moto e nunca pensou que morando em Brasília conheceria o tricampeão de formula 1 Nelson Piquet.  O ex piloto passou a freqüentar a Camber depois de voltar da escola e apesar de Nelson Piquet ser mais velho que Roberto ele o apresentou ao kart.  Ele dói o primeiro piloto a sair do kart e ir para o automobilismo isso ocorreu quando o tricampeão o aconselhou a sair do Brasil e tentar carreira no exterior.

Com as novas gerações Brasília tem vários pilotos na formula 1 alguns seguindo os caminhos de seus pais. A reforma do autódromo não será feita com dinheiro publico, mas com o auxilio de patrocinadores. Mas alguns orçamentos visam somente a parte lucrativa e não o concerto da pista em si.  Devido a situação atual do país o espaço de padocks do autódromo está abrigando moradores de rua o local pode abrigar 200 pessoas e começou  a operar em abril e abrigou 792 pessoas em situação de rua. O espaço abrigará os moradores até primeiro de janeiro de dois mil e vinte e um depois o instituto Tocar acolherá os moradores.