Instituto oferta vagas para 11 cursos gratuitos; saiba como participar


Inscrições são voltadas para pessoas em vulnerabilidade social 

Thais Paim

Para quem sempre está buscando uma oportunidade de se profissionalizar e adquirir mais conhecimento, essa pode essa a oportunidade ideal para você. O Instituto Centro de Ensino Tecnológico (Centec) está com inscrições abertas para 11 cursos gratuitos online. 

As vagas foram disponibilizadas nesta segunda-feira (11) e terminam amanhã ou até o término das vagas. Para participar é só acessar o site do instituto.  

As formações são voltadas para cearenses a partir de 16 anos em situação de vulnerabilidade social – desempregados, com renda mensal de até um salário mínimo e/ou beneficiários do cartão Mais Infância. 

Se você se interessou e gostaria de saber um pouco mais sobre os cursos ofertados, confira abaixo: 

Técnicas de negociação e vendas

Eletricidade básica residencial

Excelência no atendimento ao cliente

Noções de liderança e gestão de pessoas

Técnicas do assistente administrativo

Ferramentas digitais

Noções de higiene e segurança no trabalho

Formação inicial em Linux

Fundamentos do empreendedorismo

Noções de informática

Prevenção e controle de verminoses em ovinos e caprinos

A escolaridade necessária varia entre ensino fundamental e ensino médio.

Requisitos para participar 

Os alunos que desejam participar precisam ter acesso a um computador ou celular com internet. Apenas os cursos de Formação inicial em Linux e Noções de informática só podem ser realizados pelo computador. 

Só é permitida uma inscrição por pessoa. A relação dos aprovados será divulgada na sexta-feira (16). Após a divulgação, o professor de cada curso entrará em contato com os alunos por e-mail, para fornecer informações sobre as aulas.

Os cursos são ofertados pelos Centros Vocacionais Tecnológicos (CVTs) do Centec em 12 cidades do Ceará, em parceria com a Secretaria Estadual da Ciência, Tecnologia e Educação Superior (Secitece). Como são formações remotas, é possível participar de qualquer município.

Fonte: Diário do Nordeste