Operação da PF apura desvios nos Correios


A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira a Operação Postal Off II, para desarticular uma organização criminosa que subfaturava valores devidos à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT), além de desviar para si clientes no seguimento de postagem de cartas comerciais. De um total de 12 mandados de busca e apreensão em São Paulo, Praia Grande, São Vicente e Rio de Janeiro, em residências de investigados e sedes da EBCT, seis foram cumpridos no Rio. Na residência de um dos investigados no Rio foi encontrado R$3,5 milhões. Também foram expedidos mandados de afastamento de funcionários dos Correios de suas funções e deferidas medidas cautelares diversas da prisão.

A investigação, iniciada em novembro de 2018 em Santa Catarina, em razão do primeiro indício de crime encontrado, mostrou a atuação do grupo em São Paulo e Rio de Janeiro, o qual contava com a participação ativa de funcionários dos Correios, fazendo com que grandes cargas de seus clientes fossem distribuídas no fluxo postal sem faturamento ou com faturamento muito inferior ao devido.

Dados obtidos durante a investigação indicam que a organização criminosa causou um prejuízo ao patrimônio público estimado em 94 milhões de reais, sendo que a recuperação destes valores se encontra parcialmente garantida pelas medidas cautelares deferidas judicialmente na primeira fase da operação, que levaram ao bloqueio de bens dos investigados em valor aproximado de 55 milhões de reais, entre os quais carros de luxo, um iate, um avião, imóveis de alto padrão e contas bancárias com altos valores em depósito.

Nos autos do inquérito policial em andamento os investigados foram indiciados, conforme a atuação de cada um, em crimes como corrupção passiva e ativa, estelionato, violação de sigilo funcional e formação de organização criminosa.

Prefeitura de Ilhéus: prefeitura criará programa de auxílio para beneficiar fazedores de cultura do município


Com apresentações suspensas e shows cancelados devido ao novo coronavírus, a Prefeitura de Ilhéus propôs a criação do programa de auxílio emergencial para ajudar a classe artística da cidade. O projeto de Lei, que será encaminhado à Câmara Municipal, tem o objetivo de socorrer os profissionais que passam por dificuldades financeiras em razão da pandemia. Segundo informações da Secretaria de Cultura e Turismo (Secult), será formada uma comissão exclusiva de implantação, análise e acompanhamento para elaboração das diretrizes do programa.

A Secult informou que mesmo recebendo outros auxílios, o profissional pode ter direito ao benefício municipal. Contudo, as demais condições para acesso ao auxílio ainda serão apresentadas para conhecimento do público-alvo. A verba é oriunda da parceria entre a Prefeitura e a Câmara Municipal, tendo como origem a quantia devolvida para o Executivo a título de repasse do duodécimo, acrescida de recurso proveniente do Fundo Municipal de Cultura.

O Executivo destacou que essa foi uma das maneiras menos burocráticas, considerando as exigências da lei federal, para que os recursos possam contemplar os profissionais que atuam com cultura no município. De acordo com a Secult, uma plataforma de cadastro será lançada no mês de agosto. Os trabalhadores do segmento cultural, enquadrados nos requisitos da Lei Aldir Blanc, também poderão recorrer ao auxílio emergencial do Município.

Itabuna: loja de utilidades foi multada ontem


A equipe de Indústria e Comércio, flagrou uma loja de utilidades aberta na tarde de segunda-feira, 20, durante fiscalização para assegurar o cumprimento do Decreto N. 13.738, o qual determina que as lojas do comércio devem estar fechadas às 15 horas.

O estabelecimento fica no Calçadão da Rui Barbosa e foi multado em R$ 511,00. “Essa foi a única loja a descumprir a medida. Às três horas todas as lojas já estavam fechadas, o que significa que o nosso trabalho estás surtindo efeito”, comemorou Edvaldo Alves, diretor de Indústria e Comércio.

Toque de recolher
A Secretaria de Indústria e Comércio permanece fiscalizando estabelecimentos também no horário do Toque de Recolher, que é das 18 às 5 horas.

Beneficiários do Bolsa Família já tem data para começar a receber a 4ª parcela do auxilio emergencial


Após a divulgação do calendário feita pelo Governo Federal, os beneficiários do Bolsa Família já sabem quando o pagamento da quarta parcela do auxílio emergencial vai começar. De acordo com o calendário, o saque começa a ser feito no dia 20 de julho e segue o Número de Identificação Social (NIS) de cada inscrito para receber o auxílio emergencial. O dinheiro será efetuado através da poupança social digital e também em agências da Caixa Econômica Federal.

 

Calendário da quarta parcela o auxílio emergencial

Confira o calendário da quarta parcela do auxílio emergencial do Bolsa Família (de acordo com o número final do NIS)

Número final do NIS / Data de pagamento

  • NIS final 1 / 20 de Julho
  • NIS final 2 / 21 de Julho
  • NIS final 3 / 22 de Julho
  • NIS final 4 / 23 de Julho
  • NIS final 5 / 24 de Julho
  • NIS final 6 / 27 de Julho
  • NIS final 7 / 28 de Julho
  • NIS final 8 / 29 de Julho
  • NIS final 9 / 30 de Julho
  • NIS final 0 / 31 de Julho

Veja se você pode ser excluído da quarta parcela do auxílio emergencial 

Apesar de não ser necessário um novo registro, os beneficiários do auxílio emergencial irão passar por uma nova análise, de acordo com o Ministério da Cidadania. Portanto, para que o seu direito de receber o auxílio emergencial seja mantido, é preciso estar dentro de todos os requisitos. Clique aqui e confira quais são os requisitos para ter direito à quarta parcela do auxílio emergencial.

Para saber mais:

  • auxilio.caixa.gov.br
  • Central de Atendimento CAIXA – 111
  • Central de Atendimento do Ministério da Cidadania – 121
  • twitter.com/caixa
  • facebook.com/caixa
  • instagram.com/caixa

youtube.com/user/canalcaixa

Itacaré: vacinação contra sarampo irá até o dia 31 de agosto


Através da Secretaria Municipal de Saúde, a Prefeitura de Itacaré estará realizando até o dia 31 de agosto a Campanha de Vacinação contra o Sarampo. O público alvo são pessoas na faixa etária de 20 a 49 anos. O objetivo é imunizar um número cada vez maior de pessoas contra a doença. Em Itacaré a vacinação está disponível na Unidade Básica de Saúde Otto Alencar, no centro da cidade, e nos postos de saúde dos bairros da Passagem e Santo Antônio. Já no distrito de Taboquinhas a vacinação está sendo feita no Posto de Saúde Maria de Lourdes.
O sarampo é uma doença viral aguda, considerada uma das mais contagiosas, com potencial para ser extremamente grave, afetando principalmente crianças menores de 5 anos, especialmente as mal nutridas e bebês não vacinados, mas que pode acometer também pessoas em qualquer idade não vacinadas. A única medida efetiva de prevenção contra o sarampo é a vacina Tríplice Viral, distribuída gratuitamente nos postos de saúde e que também imuniza contra caxumba e rubéola.
 Os sintomas iniciais apresentados pelo doente são: febre acompanhada de tosse persistente, em geral seca e irritativa, irritação ocular (sensibilidade à luz), corrimento do nariz, dores pelo corpo e manchas vermelhas na pele. Entre as complicações da doença, que podem advir da doença, estão: infecções respiratórias, inflamação nos ouvidos, encefalite com dano cerebral, surdez e lesões severas de pele. Em gestantes, o sarampo pode provocar um aborto ou um parto prematuro.

Itabuna: SAS realiza atendimento por agendamento para o Cadastro Único


A Secretaria Municipal de Assistência Social de Itabuna segue realizando atendimentos por agendamento, como forma de dar continuidade aos serviços disponibilizados para o cidadão, sobretudo aqueles de baixa renda. Para as pessoas que necessitam de atendimento relacionado ao Cadastro Único (CAD Único), o atendimento está sendo feito por agendamento, das 08 às 14 horas.

O serviço está sendo disponibilizado para pessoas que estão com dificuldades no cadastro quando se trata de nascimento, óbito, inconsistências no Cad, tarifa social/Coelba para quem já tem CAD, NIS para escola, além de informações sobre o Auxílio Emergencial. Mais detalhes podem ser obtidos pelos telefones (73) 9 9964-0667 / 9 8119-5848.

Ilhéus: bloqueios nas rodovias de acesso começam hoje (13)


A Prefeitura de Ilhéus inicia na noite desta segunda-feira (13) a ação de bloqueio em rodovias de acesso ao município e rondas noturnas na cidade, por meio da atuação da Secretaria Municipal de Meio Ambiente durante um período de 8 dias, das 21h às 5h, em conjunto com órgãos de fiscalização. Essa medida restritiva adotada pelo município, tem como objetivo evitar a disseminação do vírus na região, a contribuir com a prevenção e contingenciamento à Covid-19.

“Todos sabemos sobre o cenário Covid-19 de cidades vizinhas e na região sul, por isso, se faz necessária essa medida restritiva com o objetivo de diminuir a circulação do vírus na nossa cidade. Conto com a consciência e colaboração de cada cidadão para que não saia de casa sem necessidade, principalmente das 21h às 5h, a fim de contribuir com a proteção da própria saúde e de todas as pessoas”, destacou o prefeito Mário Alexandre.

Para o bloqueio em rodovias, integram a fiscalização efetivos da Superintendência de Transporte, Trânsito e Mobilidade de Ilhéus (Sutram), a Guarda Civil Municipal (GCM), as 68ª, 69ª e a 70ª Companhias Independentes de Polícia Militar (CIPM). Já para as rondas na cidade, além da PM, Surtam e GCM, fiscais de posturas, fiscais ambientais e a Companhia Independente de Policiamento Ambiental (Cippa) colocarão suas equipes nas ruas para o monitoramento.

Gilmar Mendes critica omissão do Exército em relação a pandemia do coronavírus no Brasil


” O Exército está se associando a esse genocídio” declarou o ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF).  A  declaração foi dada no último sábado. Mendes avalia como não aceitável o vazio no comando do Ministério da Saúde em meio à pandemia de coronavírus e afirmou que, se o objetivo de manter um militar à frente da Pasta é tirar o protagonismo do governo federal na crise. O Brasil ultrapassou 1,8 milhão de casos confirmados de Covid-19 e 71,5 mil mortes por conta da doença, segundo o último boletim do consórcio de veículos de imprensa, formado por O GLOBO, Extra, G1, Folha de S.Paulo, UOL e O Estado de S. Paulo.

Sem titular desde a saída de Nelson Teich, em 15 de maio, que ficou menos de um mês no cargo após substituir Luiz Henrique Mandetta, o Ministério da Saúde está sob o comando do número dois da Pasta, general Eduardo Pazuello, sem, no entanto, ser efetivado no comando. A experiência do militar está ligada à área de logística e não à saúde.

 Gilmar Mendes fez a crítica quando falou sobre o direito à boa governança. Ele participou de uma live promovida pela revista Isto É no sábado, na qual estavam também Mandetta e o médico Drauzio Varella.

– Não podemos mais tolerar essa situação que se passa no Ministério da Saúde. Pode se ter estratégia e tática em relação a isso. Não é aceitável que se tenha esse vazio no Ministério da Saúde. Pode até se dizer: a estratégia é tirar o protagonismo do governo federal, é atribuir a responsabilidade a estados e municípios. Se for essa a intenção é preciso se fazer alguma coisa. Isso é ruim, é péssimo para a imagem das Forças Armadas. É preciso dizer isso de maneira muito clara: o Exército está se associando a esse genocídio, não é razoável. Não é razoável para o Brasil. É preciso pôr fim a isso – disse o ministro do STF.

Mendes, que disse na live estar em Portugal, citou que o Brasil está com a imagem ruim no exterior.

– Acho que, de fato, somos uma nas maiores nações do mundo. Vejo aqui em Portugal toda hora notas ruins em relação ao Brasil e em relação ao nosso processo civilizatório. É altamente constrangedor, as pessoas perguntam o que conteceu com o Brasil – disse, completando: – Agora, o Brasil é muito mal visto.

Mandetta reclamou do que chamou de aniquilação do Ministério da Saúde e afirmou que a União é a grande ausente na pandemia.

– Eu disse a eles: troquem o ministro, mas não troquem o corpo técnico porque ele é muito bom. Mas, parece que, na minha sucessão, trocaram metade e, depois, trocaram absolutamente todo o corpo ministerial técnico – disse, afirmando que fala-se sobre as declarações do ex-ministro Sérgio Moro sobre a intervenção na Polícia Federal, mas é preciso falar sobre a ingerência no Ministério da Saúde: – Acho muito importante que averiguemos a ingerência na Policia Federal. Agora, o desmanche do Ministério da Saúde na maior pandemia do século, e não é nem uma interferência, é uma aniquilação do Ministério da Saúde, é uma uma ocupação militar do Ministério da Saúde… Um Exército que, lá atrás, definiu nas suas bases pela ciência e pelo iluminismo não é esse Exército.

O ex-ministro disse ainda que “desligamos as luzes e estamos passando pelas grandes trevas da ciência”.

Vacina contra a gripe será liberada para o público geral em Itabuna


A vacina contra a Influenza e a Gripe H1N1 prossegue em Itabuna com baixa adesão dos grupos prioritários. Vale ressaltar que a Campanha Nacional de Vacinação foi prorrogada várias vezes pelo Ministério da Saúde, mas mesmo assim gestantes, crianças, adultos com idade entre 55 e 59 anos e puérperas não tem comparecido as unidades de saúde para se imunizar contra a gripe.

De acordo com a Coordenação de Imunização da Secretaria de Saúde de Itabuna, a campanha segue até o dia 24, mas a partir de segunda-feira (13) a vacina estará liberada para o público em geral, conforme estoque disponível. A imunização está sendo feita nas unidades de saúde de segunda a sexta-feira. Vale ressaltar que as pessoas devem comparecer a unidade mais próxima a sua casa, levando a caderneta de vacinação. É indispensável o uso de máscaras de proteção e adoção das medidas de segurança, como o uso do álcool em gel e manutenção do distanciamento social.

Itabuna: três lojas foram multadas neste sábado por aglomeração


Fiscais da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio, multaram três lojas neste sábado por descumprirem o Decreto 13.738, que proíbe a abertura de estabelecimentos comercias aos sábados e domingos.

De acordo com Edvalado Alves, diretor de Indústria e Comércio, as lojas foram autuadas. “Foram duas lojas de acessórios e uma de confecções”, disse.

A fiscalização acontece desde a quinta-feira, 09, primeiro dia de reabertura do comércio. “Na quinta e na sexta-feira, 10, nosso trabalho foi também de orientação. Pedimos para os lojistas usarem álcool em gel, máscara e evitarem aglomeração nos espaços”, explicou Edvaldo Alves.

Toque de recolher
Na noite de deste sábado,11, fiscais de Indústria e Comércio, Polícia Militar e Guarda Municipal estarão realizando uma blitz para fechar os bares que estão infringindo o Artigo 7, do Decreto N. 13.738 , que determina o toque de recolher das 18h às 5 horas do dia seguinte. “Só é permitido o funcionamento de farmácias e hospitais”, disse Edvaldo Alves.