Enem: estudante tem até o dia 17 para solicitar a isenção da taxa de inscrição


Estudantes fiquem atentos! Iniciou ontem (6) e vai até o dia 17 de abril o prazo para solicitar a isenção do pagamento da taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020). Nesse mesmo período, poderão ser realizadas as justificativas de ausência dos participantes inscritos que faltaram ao exame em 2019 e desejam ter isenção novamente neste ano.

Esses procedimentos não garantem a inscrição no Enem 2020. Todos os interessados em realizar esta edição do exame, inclusive os que tiverem as solicitações aprovadas, deverão fazer a inscrição para o Enem 2020 de 11 a 22 de maio, na Página do Participante.

Pode solicitar a isenção da taxa quem cursa a última série do ensino médio em 2020 em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar; tenha cursado todo o ensino médio em escolas públicas ou como bolsista integral na rede privada, e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio; declare estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda, inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), que requer renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Ausências – Os candidatos que tiveram a isenção da taxa de inscrição do Enem 2019 e não compareceram aos dois dias de prova deverão justificar a ausência para pedir uma nova isenção em 2020.  O processo deve ser feito pela internet também na Página do Participante.

Cadastro – Para justificar a ausência em 2019 e/ou solicitar a isenção em 2020, os participantes deverão ter o login único do governo federal, pelo portal gov.br. O acesso poderá ser realizado pela Página do Participante do Enem. A senha deverá ser memorizada ou anotada em local seguro, pois será necessária para acompanhar todas as etapas do exame, desde a solicitação de isenção da taxa de inscrição até a consulta dos resultados, em 2021. Os resultados dos pedidos de isenção e das justificativas de ausência serão divulgados em 24 de abril.

Cantores organizam lives para tornar a quarentena um pouco mais animada


 

Em tempos de isolamento social, vale tudo quase tudo para se divertir!

LIVE SHOWS

MARÍLIA MENDONÇA LIVE SHOW
QUANDO: 8 de abril às 20h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UCwfEOn0O1DWcyTgzVVu28ig

PÉRICLES LIVE EM CASA COM PERICÃO
QUANDO: 9 de abril às 20h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UCOUqW2QqiOFK9fXA5cAOENA

Gusttavo Lima Foto:divulgação
Gusttavo Lima Foto:divulgação

BRUNO&MARRONE LIVE SHOW
QUANDO: 9 de abril, a partir das 21h
ONDE: https://www.youtube.com/user/BrunoEMarrone

MARCOS E BELUTTI LIVE SHOW
QUANDO: 10 de abril às 19H
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UC605s7hMHDSDaUx3txHckGQ

GUSTTAVO LIMA LIVE SHOW
QUANDO: 11 de abril
ONDE: https://www.youtube.com/user/gusttavolimaoficial

PRISCILA SENNA – BAR DA PRISCILA LIVE
QUANDO: 11 de abril às 18h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UCbXjjB9GqhWlEja3k10UEgA

ZÉ NETO E CRISTIANO LIVE SHOW
QUANDO: 12 de abril às 18h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UCRRu9OXVYd5clj2Bs29gUVQ

WESLEY SAFADÃO LIVE SHOW (DVD EM CASA 2)
QUANDO: 18 de abril, a partir das 20h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UCciJLMuECsXuOyhA4FO48Sg

FERRUGEM LIVE SHOW
QUANDO: 19 de abril às 16h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UCx3UiE1K-wb7yVNPL1FzWPA

HENRIQUE E JULIANO LIVE SHOW
QUANDO: 19 de abril às 18h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UCfLTxnQboSLcoSakgONmukQ

LUAN SANTANA LIVE SHOW
QUANDO: 25 de abril às 20h
ONDE: https://www.youtube.com/channel/UC6rwiIxv0w2fbmmr66wl1rA

INSS disponibiliza simulador de aposentadorias com as regras da reforma da Previdência


O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) atualizou o serviço de simulação de aposentadorias com as novas regras previdenciárias. Foram quase cinco meses após a promulgação da reforma da Previdência. Entretanto, apesar de a nova calculadora ter sido liberada na sexta-feira (dia 3), o sistema para concessão de aposentadorias ainda não está pronto. A previsão é que seja liberado ainda este mês.

Uma fonte no INSS informou, porém, que as análises dos pedidos de aposentadoria pelas regras da Emenda Constitucional 103 (reforma da Previdência) devem começar a ser feitas na semana que vem.

O simulador traz o cálculo das regras de transição para os segurados que já estavam na Previdência antes das mudanças. E também simula se havia direito adquirido pelas regras anteriores à reforma.

No total, o simulador realiza até sete tipos de cálculos: dois de aposentadoria por idade e cinco de aposentadoria por tempo de contribuição.

De acordo com o INSS, a calculadora irá valer em breve também para quem começou a contribuir após a promulgação da reforma, ou seja, a partir de 13 de novembro de 2019. E futuramente voltará a calcular também quanto vai ser o valor estimado da renda do cidadão ao se aposentar.

Como acessar o serviço

O Meu INSS é acessado pela internet (gov.br/meuinss) ou pelo aplicativo para celulares, nas versões para IOS e Android. O serviço “Simulação de Aposentadorias” aparece já na tela inicial do aplicativo, do lado direito. Mas se ainda não consegue visualizá-lo, sugere-se a atualização do aplicativo ou que aguarde até aparecer atualizado no seu celular.

O cadastro no Meu INSS pode ser feito pelo próprio aplicativo ou pelo site dos seguintes bancos: Banco do Brasil, Banrisul, Bradesco, Caixa, Itaú, Mercantil do Brasil, Santander, Sicoob e Sicredi.

Por meio do Meu INSS o cidadão pode pedir aposentadorias, pensões, benefícios assistenciais, atualizar dados cadastrais, bloquear empréstimo consignado, excluir desconto de mensalidades associativas e, em breve, enviar atestado médico para pedidos de auxílio-doença.

 

Idosos e mulheres da mesma família terão prioridade para receber auxílio


Parte da população aguarda com muita expectativa que o auxílio emergencial enfim entre em vigor. Já está definido que trabalhadores idosos e mulheres terão prioridade para receber o pagamento de R$600,00 nas famílias com renda até três salários mínimos (R$ 3.135), segundo minuta do decreto presidencial que trata do tema. A lei permite que duas pessoas por família possam receber o benefício.

Na sequência de prioridades, vêm os membros com menor renda individual e , por fim, considerando a ordem alfabética no primeiro nome, se necessário, para fins de desempate. O decreto faz parte do processo para permitirá a distribuição dos recursos para trabalhadores autônomos e informais, possivelmente a partir da próxima semana.

O texto determina que a autodeclaração dos trabalhadores informais que não aparecem nos cadastros do governo não garantirá a esses trabalhadores direito automático ao recebimento do auxílio emergencial. Eles serão obrigados a aguardar a análise dos dados prestados para pôr a mão no dinheiro. A exigência consta da minuta do decreto que traz os detalhes da implementação da medida. Por isso, eles serão os últimos a serem contemplados

O decreto define trabalhador informal como qualquer pessoa inscrita no Cadastro de Pessoa Física – CPF com idade superior a 18 anos, seja empregado, autônomo ou desempregado, de qualquer natureza, inclusive intermitente inativo e que tenha feito inscrito no CadÚnico ou que for fazer a autodeclaração. Neste caso, serão contemplados, trabalhador por conta própria; empregado sem carteira de trabalho assinada; trabalhador doméstico sem carteira de trabalho assinada; ou desempregado que não tenha direito ao programa do seguro-desemprego.

No caso da mulher provedora da família — que tem direito a duas cotas do auxílio — o decreto esclarece o grupo familiar não pode ter cônjuge ou companheiro, com pelo menos uma criança ou adolescente, independentemente dos demais componentes da família, se houver.

O pagamento do auxílio será feito exclusivamente pela Caixa Econômica Federal. A Caixa terá que oferecer um aplicativo, como plataforma digital, para que os interessados possam se apresentar. Caberá ao banco informar se essas pessoas podem receber o auxílio e disponibilizar o telefone para orientar as pessoas a auxiliar o uso do aplicativo. O Ministério da Cidadania vai ser comandar o pagamento e a Dataprev, fazer o cruzamento de dados dos beneficiários.

Regina Duarte é alfinetada por artistas e atacada por Olavo de Carvalho


Regina Duarte definitivamente vem atravessando um logo “inferno astral”. A ex-namoradinha do Brasil vem defendendo abertamente todas as atitudes e posicionamentos polêmicos do presidente Jair Bolsonaro. E, em contra-partida, vem sendo detonada em todas as redes sociais. Até mesmo os aliados do “Mito”, como por exemplo o astrólogo Olavo de Carvalho, também não apoiam a presença da atriz no governo.

Recentemente, a atriz Julia Lemmertz reagiu a uma postagem feita pela ex-colega da Globo na manhã desta quinta-feira (02/04). Regina, que é a atual secretária de Cultura do governo Bolsonaro compartilhou uma imagem do presidente no Instagram. “Triste realidade. Bolsonaro enfrenta uma barreira para governar, enquanto governos anteriores tiveram liberdade para roubar e para saquear nosso país. Eu apoio Bolsonaro”, escreveu na foto.

Em uma entrevista para a Rádio Jovem Pam, o astrólogo afirmou que a atriz interpretou de maneira errada o ambiente da secretaria ao assumir o comando da pasta. “Ela chegou falando de tirar a ala ideológica da secretaria. A Regina Duarte está gagá. Usou o termo ‘facção’. Facção é a p…. Ela nem veio procurar diálogo comigo”, relatou.

Olavo que já tinha elogiado Regina Duarte, mostrou arrependimento. “Eu a recomendei. O presidente me deu a honra de perguntar o que eu achava dela. E eu disse que achava uma boa pessoa. Eu recomendei a desgraçada. E ela vem me dizer que estou querendo tirar o cargo dela. Não, ajudei a dar o cargo. Mas ela não sabe nada e sai falando do que não sabe”, afirmou. #CarvalhoNews_Oficial #ReginaDuarte #OlavodeCarvalho

Governo convoca profissionais de saúde para combater avanço do coronavírus


O Ministério da Saúde publicou portaria hoje (2) instituindo o programa “Brasil Conta Comigo”. A iniciativa vai organizar a atuação de trabalhadores da área da saúde em ações de apoio à prevenção e ao combate à pandemia do novo coronavírus (covid-19).
São abarcados no conceito de “profissionais de saúde” os trabalhadores das seguintes carreiras: serviço social, biologia, biomedicina, educação física, enfermagem, farmácia, fisioterapia e terapia ocupacional, fonoaudiologia, medicina, medicina veterinária, nutrição, odontologia, psicologia e técnicos em radiologia.

Profissionais dessas áreas serão colocados em um cadastro geral, que poderá ser consultado pelas autoridades de saúde para o planejamento de suas iniciativas. A informação sobre esses trabalhadores deverá ser repassada pelos respectivos conselhos profissionais. Essas entidades também deverão orientá-los a preencher o formulário do programa.

Eles serão capacitados nos protocolos clínicos do ministério da Saúde, e vão contribuir nas ações de combate ao novo coronavírus. A capacitação será realizada por meio de atividades de educação a distância (EAD).

O programa ficará ativo durante o todo o período de estado de emergência em saúde pública. A portaria, contudo, não deixa claro como esses profissionais atuarão e como será garantida a qualificação profissional necessária para o atendimento adequado às demandas do sistema de saúde.

Fonte: Agência Brasil

Filipino que violar quarentena por conta do coronavírus será fuzilado, garante Duterte


O presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, autorizou as Forças Armadas e as autoridades policiais a matarem as pessoas que violarem a quarentena imposta pelo governo por conta da pandemia de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus. O anúncio foi feito durante um pronunciamento na televisão nesta quinta-feira, 2, pelo líder filipino, cujo perfil autoritário e contrário aos direitos humanos já foi atestado em outros episódios.

“Morto. No lugar de causar problemas, te enviaremos à tumba”, disse Duterte, que culpou grupos de esquerda por protestos realizados sem a permissão da polícia em Manilla, a capital do país, no qual os manifestantes pediam por ajuda do governo. “Minhas ordens para a polícia e os militares são que, se houver problemas e houver um momento em que suas vidas estiverem em perigo, atirem para matar”.

O país se encontra em estado de calamidade por conta da pandemia. Cidadãos mais pobres foram os mais prejudicados pelas regras de confinamento impostas pelo governo. Apesar de ter aprovado um programa para enviar dinheiro para essas pessoas, como vários países pelo mundo, inclusive o Brasil, estão fazendo, a proposta ainda não entrou em vigor. Por isso, os cidadãos vão às ruas protestar e pedir agilidade das autoridades e acabam por contrariar as regras de quarentena do país.

Duterte, presidente da Filipinas promete rigor extremo com quem violar quarentena Foto: divulgação
Duterte, presidente da Filipinas promete rigor extremo com quem violar quarentena Foto: divulgação

No pronunciamento, Duterte afirmou sobre a importância de que todo mundo coopere com as normas de confinamento para frear a propagação do vírus e evitar o colapso do sistema de saúde do país. “A situação está piorando. Por mais alertos para a seriedade do problema, todos devem escutar”, disse. As Filipinas tem 2.633 casos confirmados de Covid-19 e 107 mortes. Cerca de 50 milhões de pessoas estão em quarentena.

O projeto aprovado pelo Congresso visa distribuir cerca de quatro milhões de dólares para 18 milhões de famílias. O governo, porém, segura a entrada em vigor da proposta até elaborar “uma base de dados consolidada” sobre os beneficiários. Duterte também recebeu dos parlamentares novos poderes para lidar com a crise, como controle sobre hospitais privados e meios de transportes e de realocar partes do orçamento.

O presidente é conhecido por seu autoritarismo e falas que não teriam lugar em outros países pelo mundo. Duterte já assumiu ter realizado um assassinato, ter agredido sexualmente uma mulher e ter encorajado a morte de bispos católicos, além de prometer renunciar caso alguém fizesse uma “selfie” com Deus.

 

Estudo revela que coronavírus é facilmente transmitido em fase inicial da doença


O coronavírus é transmitido com muita facilidade na fase inicial da doença, quando os sintomas são leves e às vezes nem incluem febre. Foi que constatou um estudo detalhado realizado com nove pacientes alemães que se infectaram com o novo vírus.

Essa análise acaba de ser publicada no site da revista cientifica Nature, reforçando a necessidade de evitar o contato entre pessoas com quaisquer sintomas e a população em geral para retardar o avanço da doença.

O estudo foi coordenado por Christian Drosten, do Charité Universitätsmedizin Berlin, um dos mais importantes hospitais universitários da Europa. Drosten e seus colegas acompanharam os pacientes a partir do fim de janeiro de 2020, quando a primeira onda de casos da covid-19 foi detectada em Munique. Todos os doentes foram acompanhados no mesmo hospital da cidade, capital do estado da Baviera (sul da Alemanha).

De modo geral, o grupo de pacientes teve manifestações brandas da doença, com sintomas como febre, tosse, dor de cabeça e, mais raramente, sinusite e diarreia. Um deles não manifestou sintoma algum, enquanto dois chegaram a ficar com pneumonia.

O resultado principal dessa bateria de análises foi a constatação de que há um pico de produção do vírus no organismo nos primeiros cinco dias de sintomas, com uma concentração do parasita nas vias respiratórias superiores (nariz e garganta). Também havia grande quantidade do vírus em amostras de escarro, o que significa que ele também é capaz de “descer” rumo aos pulmões, conforme indicado pelos casos de pneumonia desencadeados pelo Sars-CoV-2, causador da doença.

Uma possível boa notícia oriunda das análises é que o grupo não conseguiu detectar o Sars-CoV-2 no sangue e na urina dos pacientes alemães, e as fezes, embora contivessem grandes quantidades de material genético viral, não abrigavam a forma do vírus com capacidade de replicação (reprodução). Dos nove pacientes, quatro também tiveram perda temporária do olfato e do paladar, outro efeito relativamente comum da covid-19, conforme têm mostrado outros relatos.

Além de reforçar a importância do confinamento, os dados trazem indicações importantes para o trabalho dos hospitais e para o desenvolvimento de vacinas. Numa situação em que os sistemas de saúde do mundo ameaçam colapsar, a análise dos pacientes alemães sugere que, no décimo dia após o início dos sintomas, quase não há mais potencial para a transmissão do vírus, o que permitiria a liberação desses pacientes com relativa segurança (desde que não sofram complicações).

Além disso, foi possível acompanhar passo a passo a formação de anticorpos contra o vírus. Metade dos pacientes tinham desenvolvido boa quantidade de anticorpos no sétimo dia após o início da doença, e todos tinham chegado a esse estágio 14 dias após as primeiras febres e episódios de tosse.

 

Mensalidades de escolas particulares devem ser pagas durante suspensão de aulas orienta o Procon


Em período de suspensão de aulas em virtude da quarentena, um dos principais questionamentos dos pais de estudantes de escolas públicas é referente à cobrança de mensalidades. De acordo com o superintendente do Procon da Bahia, Filipe Vieira, durante o período sem aulas, os pagamentos das mensalidades da rede privada de ensino devem permanecer. Segundo Vieira, é importante que os responsáveis e as instituições particulares busquem uma forma de negociação das mensalidades, caso não haja o desejo de pagamento integral.

“Nós estimulamos que o contrato seja mantido em sua natureza, tanto na parte do aprendizado, quanto na parte da preservação das mensalidades, mas recomendamos a negociação em qualquer caso”, afirmou o superintendente.

No entanto, mesmo com os serviços de aulas presenciais suspensos, o Procon-BA recomenda a regularidade no pagamento das mensalidades uma vez que não há supressão no serviço ofertado pela escola, mas, sim, um ajuste de cronograma.

Os estabelecimentos poderão realizar a reposição das aulas posteriormente ou ministrar aulas de forma virtual, como foi autorizado pelo Ministério da Educação para o ensino superior. “Esses contratos de escolas e universidades são de lido continuado, ou seja, são quando perduram por um certo tempo. Então, um serviço que porventura não puder ser prestado nesse momento, deve ser prestado em um outro momento, através de reposição de aulas ou, segundo autorização do MEC para o ensino superior para a substituição de aulas presenciais para online”, disse.

Outra dúvida frequente no meio acadêmico particular é: com a mudança para aula online, automaticamente não reduziria o valor da mensalidade, por não estar usufruindo do espaço físico da instituição? O superintendente do Procon explica que não, pois há, nesse momento, também, um investimento por parte das escolas e universidades em plataformas digitais para manutenção das aulas, além dos custos com salário de professores e contas da unidade, que continuam sendo cobradas, mesmo fechadas.

“Os pagamentos devem ser mantidos na normalidade possível, pois as instituições precisam manter o fluxo de caixa, pagar salários de funcionários, que é um ponto que preocupa muito esse momento”, disse.

Comunicado 
Em comunicado que será encaminhado aos pais  e mães de alunos de aproximadamente 40 escolas  de Salvador, o Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado da Bahia (Sinepe-BA) diz que  o  decreto municipal (que suspende as aulas por mais 15 dias)  não significa que as escolas estejam nem ficarão sem atividades.

“Ao contrário, para a manutenção de um ensino de qualidade que nos fez merecer a escolha de milhares de pais, professores e o corpo funcional, é preciso que estes tenham seus salários mantidos e estejam a postos para executar todo o planejamento para que as aulas sejam retomadas assim que houver autorização das autoridades”, diz a nota.

A entidade lembra ainda que a depender das características de cada instituição, muitas escolas estão oferecendo esquemas alternativos não presencias de geração de conteúdos disciplinares para seus alunos, que vão do ensino à distância até a recomendações de formatos e módulos para que os alunos prossigam estudando de suas casas.calculando gastos

“As escolas particulares estão perfeitamente afinadas com as diretrizes definidas pelo Procon-BA a respeito da necessidade de que as mensalidades dos alunos sejam pagas em sua integralidade dentro das datas acordadas nos contratos”, diz o comunicado.

O que dizem as instituições
O diretor presidente da Associação Baiana de Mantenedoras do Ensino Superior (ABAMES), Carlos Joel, concorda com o superintendente do Procon. Segundo ele, a entidade era a favor da suspensão das aulas desde o início da chegada da pandemia em Salvador.

“Achamos que, enquanto durar essa situação de indefinição, dos riscos que a sociedade pode correr, devem continuar suspensas as atividades nas instituições, pois é um local propício para aglomerações. Concordamos com o decreto inicial e com a prorrogação. Muitas escolas estão ofertando as aulas remotamente, isso gera custos”, explicou.

Carlos disse que entende o caso comece a surgir reclamações por parte de alunos e pedidos de descontos ou redução de mensalidades, mas garantiu que as entidades estão se esforçando para ofertar o mesmo serviço de antes aos alunos.

“Nesse momento, não há necessidade de redução de mensalidades, nem de ofertas de descontos, até porque muitas delas estão ofertando os serviços por plataformas na internet. Toda a parte teórica está sendo ofertada online, com monitoria de professores. Todas as instituições de ensino estão atuando conforme sua sobrevivência, as despesas não pararam, pelo contrário, elas continuam, são os mesmos custos”, pontuou o diretor.

Coronavírus faz terceira vítima fatal na Bahia


Um idoso de 88 anos é a terceira vítima fatal do coronavírus no Estado da Bahia. A informação foi confirmada, hoje, (02). O homem estava internado no Hospital da Bahia e segundo informações da unidade de saúde, o paciente estava internado em unidade de terapia intensiva desde o dia 23 de março. 

Ainda segundo o hospital, o paciente apresentava diversas comorbidades. Era diabético e cardiopata, com uso de marca-passo além de ter sido fumante por 40 anos. Além do idoso, outros dois pacientes já morreram por conta do coronavírus no estado. Um homem de 74 anos, também internado no Hospital da Bahia e um paciente de 64 anos que estava em tratamento no Hospital Aliança. As mortes aconteceram no inicio desta semana.